Franquias de Comida Japonesa

Franquias de comida japonesa valem a pena?

O ramo de comida japonesa já corresponde a 6,8% do segmento de alimentação, um dos mais tradicionais e que mais crescem dentro do universo do franchising, segundo a ABF. De acordo com a entidade, o mercado de alimentação faturou cerca de R$42 bilhões em 2018.

Subsegmentos como o de comida japonesa vem ganhando destaque nos últimos anos e tem aberto espaço para o surgimento de novos negócios. Ao todo, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising, já são cerca de 11,5 mil restaurantes de comida asiática operando no Brasil, 3 mil apenas na Grande São Paulo. Alguns negócios, apesar da concorrência, seguem firmes e em ritmo de expansão. Veja:

  • Faturamento do setor de alimentação em 2017: R$42 bilhões
  • Faturamento do franchising em 2017: R$163 bilhões

As melhores franquias de comida japonesa

No ramo de Comida Japonesa há muitas redes de franquia em operação, com modelos de negócios geralmente voltados para praças de alimentação em shoppings ou centros comerciais.

Entre as melhores franquias do ramo, ganha lugar de destaque a marca Gendai, uma das precursoras desse modelo de franquia, a qual já conta com mais de 62 unidades em operação. A primeira unidade da empresa foi fundada em 1994, com um serviço de sushi para viagem, no Shopping Morumbi em São Paulo/SP. E em 2008 a marca se uniu ao Grupo TrendFoods, que opera também a rede China in Box.

A Temakeria e Cia, com menos tempo de mercado, também vem crescendo bastante nesse ramo, já com mais de 17 unidades franqueadas. As temakerias são uma boa opção para quem busca investir no ramo de comida japonesa e busca atuar com um cardápio com menos itens.

Franquias de comida japonesa com baixo custo

O ramo de comida japonesa não possui modelos de negócios de baixo investimento, em razão da necessidade de investimento em mão de obra e treinamentos especializados para manipulação dos alimentos e do estoque também ter itens bens específicos da culinária japonesa.

Dentro do ramo estão as temakerias, que por serem focadas em um item apenas, tendem a oferecerem modelos de negócios com investimento mais acessíveis. 

Perfil do franqueado de franquias de comida japonesa

Para atuar no ramo de comida japonesa não é necessário ter experiência anterior, visto que a mão de obra especializada pode ser contratada. Porém, é necessário que o empreendedor interessado no ramo tenha habilidade para lidar com o público - muitas vezes exigente devido as peculiaridades do ramo - e também disponibilidade para estar no dia a dia da operação, inclusive à noite e aos finais de semana.

Habilidades para fazer a gestão administrativa-financeira do negócio e para liderar de equipe são igualmente importantes. Para reforçar essas características as redes oferecem treinamentos constantes tanto para o franqueado como seus colaboradores.

Ver Mais

Escolha a faixa de investimento