Franquias de Comunicação

As franquias do segmento de Comunicação estão inseridas no setor Comunicação, Informática e Eletrônicos. Segundo dados da Associação
Brasileira de Franchising - ABF no último ano o setor arrecadou R$5.103 bilhões, um crescimento de 7,8% em relação a 2016. O setor como um todo apresenta excelente previsão para 2018 e a tendência é de crescimento e nicho comunicação também acompanha o ritmo. Prova disto é a profusão de redes que nascem todos os anos nesse segmento.

Dentro do segmento, as redes de marketing digital têm se destacado assim como as redes que oferecem aplicativos ter surgido. Normalmente, elas possuem um investimento baixo, atuam em modelo home based e são uma porta de entrada para as pessoas no mercado de franquias.

Nos últimos anos, a crise econômica e a alta do desemprego, mesmo sendo problemas, acabaram por criar também um cenário fértil para que as pessoas que tinham interesse em trabalhar no próprio negócio tivessem coragem - vinda da necessidade - para investir em novas unidades de franquia e tornarem-se independentes economicamente.

As redes de marketing digital oferecem serviços de a criação de sites personalizados, desenvolvimento de lojas virtuais para resultados,
campanhas de otimização de sites, links patrocinados e remarketing, mídias sociais hospedagens de sites, entre outros serviços de consultoria.

As possibilidades são grandes e o perfil do franqueado exige que ele seja antenado, proativo e organizado - as agências funcionam home based e organização do tempo é um dos grandes segredos de sucesso de quem trabalha de casa - e também tenha consciência que redes de investimento baixo tem um retorno mais lento também. O investimento sempre será compatível com o tempo de retorno.