Nova rede de franquias premium para implantes dentários chega ao mercado com modelos de negócios a partir de R$ 45 mil

Nova rede de franquias premium para implantes dentários chega ao mercado com modelos de negócios a partir de R$ 45 mil

 

Conforme a vacinação avança e o estado pandêmico vai apresentando um cenário mais positivo, muitos setores seguem reagindo e consolidando números bastante otimistas. Como é o caso do mercado de franquias, que solidificou uma recuperação no último ano. De acordo com o levantamento da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o faturamento das franquias no Brasil passou de R$ 167,187 bilhões em 2020 para R$ 185,068 bilhões em 2021, registrando um crescimento de 10,7%. Mais unidades também foram abertas na comparação entre os dois anos, com um aumento de 9,1%.

 

Outro mercado que também segue em ascensão no país é o de implantes dentários. Diferentemente de muitos setores, por ser considerado um serviço essencial, não se viu muito afetado na crise causada pela pandemia do coronavírus. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 39 milhões de pessoas usam prótese. Com base nesses panoramas e know-how de mais de 10 anos na área, a Catarinense Implantes, com sede em Joinville (SC), decidiu apostar em um modelo de franquias que será lançado oficialmente no dia 30 de março.

 

 

Com três clínicas já consolidadas no formato franquia em Joinville e uma em Jaraguá do Sul, a empresa lança seu projeto de franchising com a meta de franquear 30 unidades até o final de 2023. “A Catarinense Implantes avança em uma nova fase de sua expansão para todo o país, com um sistema de franquia profissionalmente estruturado, visão estratégica, de marketing, tecnologia e muita experiência. Em mais de uma década, construímos grandes diferenciais gerando um ticket médio atrativo, sólidos resultados e conquistando uma posição de referência na região metropolitana de Joinville”, explica o sócio, Arthur de Camargo Zatiti.

 

A quinta unidade já está em andamento e tem previsão de inaugurar em Florianópolis no mês de maio. De acordo com o sócio, outros consultórios próximos à Capital também já estão em processo de estruturação. “Pretendemos crescer de maneira vigorosa, alcançando uma posição de destaque no cenário de redes de clínicas odontológicas premium com especialização em implantes e próteses dentárias”, destaca Zatiti.

 

Como funciona o modelo de franquia

O franqueado pode optar por três modelos: o Rubi, que tem taxa inicial de R$ 45 mil; o Safira, no valor de R$ 50 mil; e o Diamante, que possui um investimento de R$ 60 mil. Ambos contemplam a utilização da marca e todo o padrão visual, mercadológico e operacional, bem como suporte para estruturação do negócio por meio de treinamentos e consultorias, desde a parte administrativa até a compra de materiais.

 

O primeiro plano inclui três consultórios. O segundo, de quatro a cinco; e o terceiro, seis consultórios. “Para ingressar no negócio, o franqueado passa por uma entrevista, assim como é feita uma análise do ponto comercial que ele deseja obter para instalar a franquia. Inicialmente, é preciso aplicar R$ 20 mil na assinatura do pré-contrato e, mediante aprovação do perfil e de toda a documentação dos sócios e do espaço, o candidato assina o contrato de locação, constitui a pessoa jurídica que irá operar o estabelecimento franqueado e conclui o restante do pagamento da taxa inicial”, detalha o sócio da Catarinense Implantes.

 

Outro benefício da franchising é que os royalties são calculados com base no faturamento bruto base de caixa da unidade, ou seja, permite que a remuneração da franqueadora seja calculada de maneira proporcional aos recebimentos da clínica. Há também um desconto de 17% para quem efetuar o pagamento dentro do prazo.

 

Raio X da franquia:

Investimento inicial: a partir de R$ 508 mil, incluindo projetos, mobiliário, equipamentos, instrumentais, utensílios, uniformes, software, estoque inicial mínimo de insumos e despesas pré-operacionais;

Unidades em operação: 4 unidades;

Taxa de franquia: a partir de R$ 45 mil;

Capital de giro: a partir de R$ 50 mil;

Ticket médio: R$ 5 a R$ 6 mil por paciente;

Royalties: 6% do Faturamento Bruto Base Caixa (FBBC). Mediante adimplência e pontualidade da unidade franqueada, há um desconto de 17% no valor dos royalties percentuais, totalizando 4,98% do FBBC;

Taxa de marketing: 2% do FBBC da unidade franqueada, a ser pago mensalmente à franqueadora;

Investimento em marketing local: Nos primeiros 12 meses de operação, 15% do FBBC (por mês). A partir do 13º mês de operação, o valor recomendado é de 8% do FBBC, mas com a opção do mínimo de 4% do FBBC;

Faturamento médio mensal bruto: entre R$ 200 e R$ 400mil;

Prazo de retorno: 22 a 36 meses;

Duração do contrato: 5 anos.

 

Sobre a Catarinense Implantes

Há mais de 10 anos no mercado, a Catarinense Implantes é uma rede de clínicas odontológicas especializadas em implantes dentários, mas que oferece um amplo portfólio odontológico: próteses móveis e fixas, endodontia, tratamentos estéticos (lentes de contato, facetas, clareamento, restaurações), ortodontia, cirurgias em geral, periodontia e harmonização orofacial. Atualmente, são três unidades em Joinville e uma Jaraguá do Sul, ambas com estrutura premium e tecnologia de ponta.

 

Catarinense Implantes

Joinville Clássica - Rua Engenheiro Niemeyer, 15, 1º Piso

Joinville Centro - Rua Nove de Março, 398, 1º Piso

Joinville Iririú - Rua Iririú, 1647, térreo

Jaraguá do Sul - Rua José Albus, 50, Centro.

 

CONHEÇA A FRANQUIA IDEAL PARA VOCÊ

 

 

Encontre a melhor franquia para você