Está pensando em abrir uma franquia? Confira alguns modelos mais procurados

Executivo com 27 anos de experiência no mercado esclarece as principais dúvidas sobre o tema

Está pensando em abrir uma franquia? Confira alguns modelos mais procurados

 Investir no próprio negócio é um dos grandes sonhos de grande parte dos brasileiros. Para quem está interessado pelo sistema de franquias, especialistas adiantam que é a opção mais segura para empreender, pois o franqueador fornecerá know how e suporte para o crescimento e sucesso do negócio.

 

Os números do setor também são animadores. Segundo balanço divulgado recentemente pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), o faturamento das franquias passou de R$167,187 bi em 2020 para mais de R$185 bi em 2021, um crescimento acima de 10%. Retratando a consolidação do setor e a recuperação das perdas sentidas em 2020. Atualmente são mais de 2.500 redes de franquias e mais de 150 mil unidades franqueadas no Brasil.

 

Mas, para escolher a melhor opção de franquia é indicado fazer uma longa pesquisa sobre a empresa/marca para analisar os prós e contras. Tudo precisa ser levado em conta, inclusive as preferências pessoais do empreendedor. 

Nem toda franquia funciona da mesma maneira. Existem muitas opções que precisam ser analisadas antes do investimento financeiro. Julio Segala, que atua há 27 anos no setor, reforça a importância de fugir dos modismos ou tendências passageiras criadas sem uma base ou um estudo profundo do produto e do modelo de negócio.

 

“Outro ponto importante é fazer uma criteriosa avaliação financeira. Cheque o montante a ser investido e quais serão os custos fixos e variáveis, além do faturamento previsto. Considere também o tempo médio de retorno do investimento, assim você saberá quanto tempo terá que considerar para se manter com outros recursos até que possa fazer retiradas da empresa”, diz Segala que atualmente é o Vice-presidente Executivo do Kumon América do Sul.

 

Busque uma franquia que você se identifica com o produto ou serviço. Quando trabalhamos com o que gostamos, a chance de sucesso é muito grande. Converse bastante com o franqueador, visite suas instalações, visite franquias existentes, converse com vários franqueados da rede.

 

Com investimento inicial a partir de R$50 mil, é possível abrir uma unidade do Kumon, maior franquia de educação do país. O futuro franqueado não precisa ter experiência com educação, mas é exigido formação universitária. É essencial identificar-se com a área, ter conhecimento básico de matemática e português, e desejável de Inglês, vontade de trabalhar com o desenvolvimento de pessoas, facilidade em lidar com públicos diversos (de crianças pequenas a adultos) e identificação com a filosofia do método de estudo da rede.

 

Confira os tipos de franquias mais procurados para investir.

 

  • Combinada

Como o nome diz, a franquia combinada concentra várias franquias complementares em um mesmo ponto comercial. Por exemplo, o mesmo franqueado possui uma franquia de lavanderia e outra de costura para oferecer um serviço integrado.

 

  • Franquia de miniunidades

O modelo de miniunidades trabalha com pontos comerciais pequenos e versáteis, como quiosques, carrinhos ou lojas pequenas.

 

  • Shop in Shop

O franqueado instala uma franquia dentro do mesmo ponto comercial onde já tem outra franquia. Exemplo: um quiosque de cosméticos dentro de um salão de beleza.

 

  • Unitária

O franqueado pode implantar apenas uma unidade franqueada, em um local determinado pela franqueadora. Existe a possibilidade de operar com exclusividade.

 

  • Regional

O franqueado adquire o direito de implantar o negócio em uma área geográfica determinada, podendo variar o número de unidades e fazer parcerias na região.

 

  • Franquia master

Opera dentro de uma região determinada. Neste caso, porém, pode expandir os negócios abrindo subfranquias.

 

  • Pura

É o tipo de franquia mais conhecido. A franqueadora oferece todo o suporte para a abertura e funcionamento da unidade, e é remunerada com a taxa de franquia e royalties sobre a rentabilidade do negócio.

 

  • Mista

Trata-se de um modelo parecido com o anterior, porém a empresa franqueadora também atua como fornecedora (pense no setor de alimentação). Com isso, há uma taxa de fornecimento, além da taxa de franquia e os royalties.

 

  • Franquia de distribuição

Neste caso não são cobrados royalties, como acontece em grande parte das franquias. A empresa franqueadora é remunerada pelos produtos e serviços distribuídos, o que diminui os custos iniciais, mas aumenta os gastos posteriores com impostos e taxas.

 

 

Sobre o Kumon 

Criado no Japão em 1958, pelo professor Toru Kumon, o método utiliza os chamados exercícios-guia para que o aluno realize as atividades com o mínimo de intervenção do orientador. Somente após absorver totalmente a informação, avançam para os níveis subsequentes. O método de estudo está presente em mais de 60 países e reúne mais de 3,5 milhões de estudantes. No Brasil são mais de 1.500 unidades em quase 580 cidades, somando mais de 175 mil alunos, de aproximadamente 200 mil estudantes na América do Sul. Mais informações no site http://www.kumon.com.br/franquia ou pelo telefone 0800 728 1121. 

 

grupo do whatsapp sua franquia

 

CONHEÇA A FRANQUIA POR FAIXA DE INVESTIMENTO IDEAL PARA VOCÊ

 

Encontre a melhor franquia para você: franquias por segmentos e ramos

Confira mais artigos em: gurus do franchising

 

Encontre a melhor franquia para você