Franquias por investimento

Quanto custa ter uma franquia?

O custo de um negócio deve considerar desde sua abertura até a manutenção periódica e despesas com funcionários. Na prática, isso quer dizer que você terá alguns gastos principais: 

  • A taxa de franquia, que é o valor que você paga ao franqueador ao assinar o contrato com a marca que irá representar;
  • Taxas mensais e os valores acordados em contrato pelo uso da marca, como royalties e publicidade;
  • Pagamento de funcionários e fornecedores. Ainda que os fornecedores sejam os mesmos do franqueador, a gestão do espaço é sua responsabilidade;
  • Manutenção do local no que diz respeito à estrutura física, aluguel e impostos.

De modo geral, não existe um valor fechado para base e cada marca estipula os valores mínimos e máximos de investimento, bem como o valor a ser cobrado mensalmente. No mercado, é possível encontrar oportunidades de abrir uma franquia em uma variável de R$10 mil a R$36 milhões.

Para entender a variação no valor de investimento é importante entender a performance do segmento, segundo levantamento da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor faturou em 2017 cerca de R$ 163 bilhões. Outro índice positivo dentro do setor de franquias e que contraria o restante da economia em crise, foi a geração de empregos. As redes de franquias foram responsáveis pela criação de mais de 1,2 milhão de vagas diretas em 2017 gerando um crescimento de 1% sobre os postos de trabalho gerados no ano anterior. Até o final de 2018, a associação prevê um avanço de 3% na criação de empregos no setor. Entre as principais tendências que se mantém em 2018 estão a diversificação de canais com a criação de modelos de negócio mais enxutos, a interiorização e busca pelas maiores cidades do interior e também, o aumento de multifranqueados nas redes.

Ver Mais

Encontre a melhor franquia para você