Franquias home based crescem e são a porta de entrada para o ramo do franchising

Em dois anos, setor dobrou sua participação no mercado, superando os desafios criados pela pandemia

Franquias home based crescem e são a porta de entrada para o ramo do franchising

 

Celular, poucos equipamentos e investimento baixo. Esta é a receita básica de um modelo de negócio que permite ao empreendedor trabalhar da própria casa. As franquias home based têm chamado a atenção de pequenos e médios empreendedores e tiveram um crescimento significativo durante a pandemia. O que em 2020 representava 7,1% do mercado, passou para 14,8% em 2022 e a projeção da Associação Brasileira de Franchising (ABF) é de que continue em crescimento.

 

Uma das provas desta nova realidade é a rede de franquias de massas artesanais Sabores do Nonno. Nascida em 2020, idealizado por Cadu Moura, o empreendimento já passa de 100 unidades nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Em 2021, a empresa faturou R$ 1 milhão e a expectativa para este ano é de R$ 5 milhões. “Eu quis montar um modelo de franquia que pudesse ser trabalhada de casa e para pessoas que não podem dispor de um investimento alto”, diz o empresário.

 

A ideia de Cadu deu certo e chamou a atenção da ex-supervisora de operações, Karla Cristina Pontaldi Mattiazzo de Barros, de Bauru (SP), que até decidir abrir seu próprio negócio acumulou mais de uma década de experiência no mundo corporativo. Porém, a rotina estressante e a necessidade de mudança fizeram com que Karla buscasse novos horizontes. “A Sabores do Nonno me proporcionou exatamente o que eu precisava, pois eu tenho afinidade com a gastronomia italiana e não teria tempo para fabricar nada”, explica a empresária. O ponto de distribuição da unidade de Karla fica na casa da mãe, que cedeu o espaço para alocação do freezer onde as massas são armazenadas. Além de fazer entregas, Karla também aproveitou outras oportunidades para vender, como as feiras de rua.

 

Neste modelo de franquia da Sabores do Nonno, o franqueado recebe em casa as massas prontas, congeladas e embaladas, eliminando a necessidade de qualquer tipo de manipulação e mantendo, assim, a qualidade e os critérios sanitários de fábrica. Para atender esta demanda, a empresa possui uma fábrica de massas em Araraquara (SP), uma cozinha industrial para lasanhas e molhos em Agudos (SP) e dois centros de distribuição em Olímpia (SP) e Bananal (SP).

 

Quem também aderiu à ideia de franquia home based foi outro empresário do ramo de alimentos, Sebastião Minecelli, de 59 anos. Antes dedicado à fabricação e venda de salgados, Minecelli precisou mudar os planos devido um AVC e o trabalho em casa caiu como luva. “Eu saía todos os dias de casa para entregar meus salgados, mas fiquei quatro anos paralisado e, mesmo recuperado, tenho dificuldades para andar. Então, a Sabores do Nonno me apareceu na hora certa”, conta. Ele se juntou à filha e deram início à franquia. Tudo feito na garagem.

 

Apesar da Sabores do Nonno funcionar perfeitamente em qualquer espaço da casa onde caiba um freezer, Minecelli aproveitou outra oportunidade. Ele mora em uma rua bastante movimentada em São José dos Campos (SP) e resolveu investir em um espaço próprio para a empresa. Para isso, não foi preciso alugar um local. O ambiente de sua loja ainda é uma parte da garagem que foi fechada para receber um balcão, uma prateleira e dois freezers. Assim, Minecelli e sua filha estão preparados para receber a clientela e entregar as massas em sua região.

 

Sobre a Sabores do Nonno

Fundada durante a pandemia numa garagem em Agudos (SP), a Sabores do Nonno é uma empresa que produz e comercializa massas cozidas congeladas feitas artesanalmente. Rapidamente expandiu e tornou-se franqueadora. Atualmente, tem 100 franquias nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

 

 

CONHEÇA A FRANQUIA POR FAIXA DE INVESTIMENTO IDEAL PARA VOCÊ

 

Encontre a melhor franquia para você: franquias por segmentos e ramos

Confira mais artigos em: gurus do franchising

 

Encontre a melhor franquia para você