Notícias / Especial / Frida Underwear: a franquia que estimula o empreendedorismo e o empoderamento feminino

Frida Underwear: a franquia que estimula o empreendedorismo e o empoderamento feminino

A marca Frida Underwear, que comercializa peças de lingeries para

Compartilhe:   

Será que a sociedade de hoje tem consciência sobre o que é o empoderamento feminino? Uma franqueadora sediada na serra gaúcha apostou em um movimento social importante ao desenvolvimento humano para ensinar mulheres a empreender e a potencializar o consciente coletivo a respeito dos direitos e do papel da mulher.

 

As franquias são concedidas pela rede com aportes que variam de R$ 10 mil a R$ 200 mil, variando conforme o modelo do negócio e o estoque requerido, entre vendas porta a porta ou em lojas. A velocidade de retorno do investimento fica no entorno dos seis meses.

 

"Como já esperávamos, o nosso público-alvo é a mulher que busca independência financeira e liberdade. O que nos chama a atenção é que quando elas nos contatam solicitando informações sobre como ter uma loja Frida Underwear, as perguntas são todas relacionadas ao conceito da marca. Muito pouco se fala sobre os produtos. Ou seja, os treinamentos são intensamente voltados para como empreender. O empoderamento de todas elas vem na sequência. Ensinamos as mulheres a empreenderem!", comenta a sócia Camila Reginato.

 

Na prática, o suporte inicia já na assessoria ao marketing pessoal das novas franqueadas. "Damos cursos e palestras que vão desde questões gerenciais, administrativas e técnicas de vendas até ao comportamento que reflete na imagem percebida daquela mulher que se respeita e é empoderada", comenta. O trabalho resultou no Instituto Frida, que acompanha e auxilia na jornada do desenvolvimento por meio de materiais e vídeos online com especialistas em áreas diversas (finanças, coaching, psicólogas, etc.).

 

‘Todas as franqueadas são Frida’

Fundada em Dois Irmãos/RS, cidade de origem germânica, o conceito de frida é ancorado na cultura local. Ele origina de fridu ou frid, que significa "paz". Adaptando ao conceito e ao posicionamento da marca, reflete o isolamento às forças externas que afetam a vida das mulheres e a transmutação em favor da prosperidade pela rede da franquia.

 

"Todas as franqueadas são Frida! Todas somos empoderadas ao empreender, ao se respeitar, ao se autoconhecer, ao ir e vir na liberdade do tempo. Todos somos fridas, mulheres batalhadoras que, calcadas no empoderamento, são paz, amor e dignidade. Para isso e por isso estamos crescendo", completa Camila Reginato, que no livro biográfico "Poderosa, empresária, sou frida" conta a trajetória de todos os envolvidos na história da Frida Underwear.

 

A obra foi lançada no Dia Internacional da mulher, 8 de março, e está disponível na Amazon: https://www.amazon.com.br/dp/B09QQKTP69.

 

Modelos reais lapidam o conceito Frida Undewear

Em entrevista às mulheres que posaram como modelos às campanhas de divulgação da marca Frida Undewear, o testemunho geral é de que as lingeries vestem perfeitamente os corpos. "Os tecidos, cores, cortes e costura valorizam qualquer mulher real", enfatizou, aos 67 anos, Elizabeth Coelho.

 

"Trabalhamos com mulheres reais, mesmo. Nossos fotos não são com modelos tradicionais, são com fãs da marca", observa a sócia Camila.

 

O empoderamento feminino

As clientes da Frida Underwear levam a diante o conceito da marca: "empreendendo, se empodera". Mas o que de fato é uma mulher empoderada nos dias de hoje? Além do fator independência (que é a base da autoestima e da liberdade), escutando as histórias delas, pode-se destacar dez características que libertam e pacificam o corpo, a mente e a alma.

 

Exemplo de empoderamento, do Brasil para o mundo

Tanto estímulo ao empoderamento feminino está repercutindo o Instituto Frida da franqueadora de langeries em Dubai e na Índia. Mulheres destas regiões buscam o empreendedorismo feminino como meio de independência financeira. "É uma questão de sobrevivência para muitas. Estamos sendo exemplo de inspiração e possibilidades, por meio de lives e palestras online periódicas que já estamos fazendo para o público de fora do Brasil", comemora a sócia Camila Reginato. "Estamos cumprindo o propósito da Frida".

 

Convite à imprensa

Se o segmento de varejo cresce no Brasil - 0.8% em janeiro ante dezembro de acordo com Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE) - o varejo de beleza, perfumaria e saúde explodem com mais de 15% ao ano em algumas praças. O motivo são os novos hábitos de compra online, um dos modelos de negócios da Frida Underwear. Outro fator é o resgaste da autoestima no pós-pandemia, com investimentos diversos em bem estar.

 

Aliada às tendências de expansão dos segmentos de varejo, beleza e bem-estar, está a Frida Underwear. A rede, quem detém as características que a posicionam como uma das melhores para se investir (essencialmente por ser de valor acessível, lucrativa e fácil de operar) fará uma coletiva de imprensa no dia 28 de março, à partir das 8h30, visando apresentar dados e métricas do mercado aos participantes. O evento será no Hotel Plaza São Rafael, em Porto Alegre/RS. Terá, na sequência, a sessão de fotos que resultarão na campanha do Dia das Mães da marca. Informações e reservas: WhatsApp (51) 99954-5591 (Aline Wolff).

 

Sobre a Frida Underwear:

A Frida Underwear iniciou em um projeto de especialização da idealizadora, Camila Reginato, em 2017. Em 2020 foi constituída como uma rede de franquias a partir da entrada do Grupo Wichmann à sociedade. O business foi maturado em mestrado de negócios internacionais pela Flórida, nos Estados Unidos, no mesmo ano. Hoje é percebido pelo mercado como uma fomentadora ao empreenderorismo e ao empoderamento feminino.

 

 

CONHEÇA A FRANQUIA IDEAL PARA VOCÊ

 

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?