Franqueado Cream Berry destaca parceria com a franqueadora e crescimento conjunto

'Gosto muito da sinergia que existe, da troca de experiências que eu tenho junto à franqueadora. Acho que é evolução para todos, não só para mim', comenta Rossi

 

Uma rede de franquias que pretende se tornar a maior no seu segmento precisa crescer junto com seus empreendedores. Com poucos meses de atuação, os franqueados da Cream Berry unidade Tatuapé, em São Paulo/SP, já atestaram isso na marca.

 

O casal Paulo Rossi e Fernanda Martins acredita, inclusive, que esse é um dos pontos mais fortes da rede.

 

"Gosto muito da sinergia que existe, da troca de experiências que eu tenho junto à franqueadora. Acho que é evolução para todos, não só para mim", comenta Rossi.

 

A Cream Berry é a antiga Akasa do Açaí, que já tem mais de 10 anos de mercado. Em 2021, porém, a rede entrou para o grupo Encontre Sua Franquia, e teve seu projeto reformulado.

 

A proposta era manter o açaí de qualidade da marca, mas preparando o negócio para uma maior expansão, com um modelo mais sólido e bem-definido.

 

Mas seu progresso a partir daí precisa ser feito em conjunto. Enquanto a franqueadora entende o mercado e define o modelo, é o franqueado que percebe o que pode melhorar no dia a dia das unidades

 

"A gente fica lisonjeado, porque trocamos ideias e a franquia acaba aderindo. Eu transmito minhas experiências positivas e a franqueadora replica para outros franqueados, para terem os mesmos bons resultados que venho tendo com a minha loja", comenta o franqueado.

 

Colaboração entre Cream Berry e franqueados é contínua

 

Paulo Rossi e os demais franqueados Cream Berry têm acesso direto ao consultor da marca e ao corpo técnico do negócio. Por isso, todos acabam colaborando para o desenvolvimento da rede.

 

Foi cooperando, por exemplo, que a marca criou um novo cardápio de inverno. É uma forma de manter a atração do público mesmo nos momentos mais frios do ano.

 

O cardápio padrão da Cream Berry tem receitas como o açaí creme ou shake, com complementos variados, e ainda cremes de frutas. Como de maracujá, pitaya e cupuaçu.

 

São receitas geladas, que vendem o ano todo, mas que perdem um pouco de força nos períodos frios.

 

Agora, porém, o cardápio da empresa também tem bebidas quentes, sobremesas no pote (como petit gateau), fondue e outros itens.

 

"Eu já estou aplicando na minha loja e tendo sucesso. É um desafio que vamos enfrentar, mas com um pouco mais de tranquilidade, porque a gente teve esse suporte e está conseguindo contornar o frio", diz Rossi.

 

O franqueado conta que essa colaboração é importante, mas também tem limites. Afinal, como é uma franquia, a rede precisa se manter padronizada.

 

Ou seja, as várias unidades devem ter o mesmo perfil, produtos, padrão de atendimento etc. Então, ao pensar em novidades para o negócio, o franqueado precisa negociar com a franqueadora.

 

Na hora de montar sua unidade, por exemplo, ele viu a possibilidade de criar um espaço instagramável. A ideia era instalar um balanço próximo à logomarca da franquia de açaí, e então permitir que as pessoas fizessem fotos ali.

 

"Tivemos que negociar com a franqueadora, mostrar a validade, e agora já está sendo replicado em outras unidades", diz.

 

Para começar uma franquia, é preciso pesquisar.

Paulo Rossi e sua esposa, Fernanda Martins, escolheram abrir uma franquia Cream Berry depois de meses de pesquisa.

 

De início, Rossi apenas sabia que queria investir em algo no ramo de alimentação. Ele conta que sempre gostou do segmento, e que percebe seu potencial. Até porque, mesmo nas crises, o setor é um dos que continua a ganhar dinheiro.

 

Franquias no segmento de alimentação e food service

 

Ele passou por diversas opções até encontrar o ramo de açaí. Então, foi hora de descobrir se este seria um negócio com faturamento contínuo.

 

O franqueado lembra, por exemplo, da moda das paletas mexicanas. Apesar do boom no começo dos anos 2010, o produto perdeu força e praticamente sumiu do mercado.

 

Assim, o objetivo de Paulo Rossi era investir em algo que não fosse "descartado rapidamente", o que é o caso de uma açaiteria. Segundo pesquisa, o consumo de açaí no Brasil aumenta 15% a cada ano.

 

Como a Cream Berry ainda tem outras receitas no mercado, ela se mostrou uma opção bem interessante para o empreendedor.

 

Rossi começou sua unidade em fevereiro de 2022, e já almeja iniciar uma segunda franquia no futuro. 

 

Segundo ele, os resultados têm sido muito bons, e são fruto de uma coleção de fatores. Tanto seu trabalho e a parceria próxima com a franqueadora, quanto a análise que ele fez lá atrás, na hora de escolher o negócio.

 

Rossi lembra que levou mais de seis meses até chegar ao ponto de selecionar a franquia em que iria investir.

 

"É importante estudar com muita calma o segmento e conferir se tem afinidade com ele", recomenda.

 

Franqueado Cream Berry tem reconhecimento da marca no mercado

 

Abrir uma franquia significa iniciar um modelo de negócio predefinido. É uma oportunidade de "cortar caminho" no mercado, pois você vai atuar com um negócio que já é reconhecido.

 

É diferente de começar um negócio totalmente novo e ainda precisar estabelecer a reputação dele.

 

Na franquia, o reconhecimento facilita atrair os consumidores, pois eles sabem o que esperar da marca. E, caso não saibam, podem pesquisar a rede e encontrar as opiniões de outros clientes sobre ela.

 

Então, a primeira coisa que você precisa fazer é pesquisar sobre a marca que pretende abrir. Quem procura pela Cream Berry hoje encontra comentários sobre a qualidade de sua estrutura e sabor dos seus produtos.

 

A partir daí, basta se planejar, organizar as finanças e entrar em contato com a marca.

 

Além disso, o franqueado Paulo Rossi lembra a importância de ter um fundo reserva. Ou seja, manter capital de giro guardado para custear o dia a dia da unidade.

 

"Sempre tenha uma reserva pronta para fazer seu negócio crescer, amadurecer e criar estabilidade. Assim, você vai operar com tranquilidade, com constância", aconselha.

 

O valor ideal é estimado pela franqueadora na COF da franquia de açaí. A COF é a Circular de Oferta de Franquia, e enviada para análise pelo empreendedor assim que ele demonstra interesse na marca. É importante dar a devida atenção às informações que o documento lista.

 

Hoje, a Cream Berry já tem mais de 50 unidades de franquias pelo Brasil, em funcionamento ou em implantação. Para iniciar sua franquia da marca, basta entrar em contato se inscrevendo no formulário da rede.

 

Visite a página exclusiva da rede de franquia

 

CONHEÇA A FRANQUIA POR FAIXA DE INVESTIMENTO IDEAL PARA VOCÊ

 

Encontre a melhor franquia para você: franquias por segmentos e ramos

Confira mais artigos em: Gurus do franchising

 

Fonte: Portal Sua Franquia - www.suafranquia.com

Encontre a melhor franquia para você