Notícias / Vestuários e Acessórios / Marisol abre loja em Portugal e Espanha

Marisol abre loja em Portugal e Espanha

Compartilhe:   

Em fevereiro próximo, a cidade do Porto, em Portugal e Madri, na Espanha, vão receber as primeiras lojas franqueadas com a marca infantil Lilica Ripilica da empresa catarinense Marisol, líder no setor de vestuário, que em 2006 faturou perto de R$ 435 milhões com a venda de mais de 20 milhões de peças.

Até o final do ano, a empresa vai inaugurar mais seis lojas, algumas delas na América do Sul, para onde pretende dirigir parte do seu esforço internacional, ainda sem uma definição de cidades. No total, já são 15 lojas no exterior, das quais apenas uma é própria. Trata-se da unidade italiana, localizada na Rua Via della Spiga, em Milão, considerada a terceira rua comercial mais importante do mundo da moda.

"Essa estratégia foi desenhada a partir de 2004, quando resolvemos optar por produções mais exclusivas e passamos a olhar o mercado externo como a saída primordial para o sucesso no futuro"", diz Giuliano Donini, o jovem diretor de marketing da empresa e filho do seu presidente, Vicente Donini, encarregado do projeto de internacionalização da marca.

A Marisol pretende que as vendas externas representem pelo menos 20% do seu faturamento até 2010 - hoje está em 7%. Para apoiar a expansão, a rede investiu R$ 3 milhões na unidade de 72 m de Milão. Aberta em setembro de 2005, a loja funciona como centro de gestão, logística e de desenvolvimento de produtos, e ainda como base para a empresa decolar com novos projetos rumo a outros países europeus e Oriente Médio.

Lilica Ripilica
Com sua vitrine cor-de-rosa e as peças coloridas, a Lilica Ripilica está próxima à megaloja Armani e é vizinha de lojas como Roberto Cavalli, Versace e Prada. ""A Itália é o berço da moda de consumo no mundo e procuramos ter relevância num só mercado, construir nossa marca por lá para vender o Made in Brasil"", argumenta Donini. Em Milão, um grupo de estilistas faz a adaptação dos produtos brasileiros para o mercado europeu que exige, por exemplo, tecidos diferentes, por causa das diferenças de clima. ""A estratégia deu tão bons resultados que, em 2006, resolvemos vender os nossos produtos adaptados para a Europa também no Brasil e foi uma tremendo sucesso"", afirma.

As marcas Lilica Ripilica e Tigor T. Tigre, utilizadas nas franquias, têm comercializado, em média, cinco milhões de peças anuais, e representam mais de 30% do faturamento da Marisol. Donini afirma a empresa quer aproveitar ao máximo o desenvolvimento por franquias e deixar à venda em lojas multimarcas para um segundo plano: ""Como 2007 sinaliza ser um ano bem menos complexo que 2006, vamos acelerar também a abertura de novas franquias no mercado brasileiro"".

A empresa pretende passar dos 119 pontos atuais das marcas Lilica Ripilica e Tigor T. Tiger para 140 unidades. A meta, porém, é alcançar 180 pontos de venda no país. ""Já a grife Rosa Chá, com 13 franquias, deve passar de 25 lojas para 45 lojas para o Brasil"", completa Donini.

A Marisol também está escolhendo um master franqueado para sua operação internacional. E de acordo com Donino, é possível que o novo candidato venha da participação da empresa em feiras internacionais: ""Temos conseguido bons parceiros participando das duas edições anuais da FIMI, em Valência, na Espanha"", explica o diretor de marketing.

Além da Itália, a empresa catarinense criou um centro de gestão internacional em Guadalajara, no México, que é responsável pela entrada em mercados da América Central e a parte dos Estados Unidos. ""É uma outra frente da internacionalização da marca. No México adotamos um sistema de gestão parecido com o brasileiro e, inclusive, levamos uma equipe de representantes comerciais do Brasil para lá"", diz Giuliano Donini.

Kicker: Líder no setor de vestuário, a empresa faturou, em 2006, R$ 435 milhões com a venda de mais de 20 milhões de peças. (Gazeta Mercantil/Caderno C - Pág. 8)(Norberto Staviski)

 

Saiba mais sobre: Franquia Marisol
Confira mais opções de franquias em: Franquias de Vestuário

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?