João Neto, CEO da J&A soluções, dá dicas de empreendedorismo depois de falir duas vezes e hoje comandar empresa que fatura R$ 1 Bi

Empresário catarinense reforça importância de uma gestão forte e da inovação permeando toda a estratégia do negócio para conseguir driblar crises externas

Com a pandemia, muitas empresas que não ofereciam serviços essenciais tiveram que fechar as portas ou se reinventar para conseguir driblar os impactos da crise. E é nessas horas que gestão e cultura de inovação sólidas fazem a diferença para que a companhia consiga reprogramar sua rota em meio a uma turbulência provocada por fatores externos.

 

João Neto, presidente da J&A, conglomerado de serviços financeiros que conta com 12 empresas e mais de R﹩ 20 bilhões de ativos em movimento, sabe bem o que é passar por dificuldades. Depois de falir duas vezes, o empresário de 37 anos assumiu a gestão da J&A, e conseguiu conduzir a empresa a um faturamento de R﹩ 1,1 bilhão em 2020, aumento de quase 40% em relação a 2019.

 

A J&A tem, atualmente, cerca de mil colaboradores em 26 estados do Brasil, além de uma equipe nos Estados Unidos. Aqui, o empreendedor dá 5 dicas para evitar que outros colegas passem mesma experiência negativa e tenham mais chances de trilhar apenas o lado positivo do caminho de empreender:

 

  • Pense fora da caixa: Temos apostado fortemente em tecnologia na Fontes Promotora, uma das empresas do grupo J&A, inclusive com a produção de lives diárias com conteúdos de acordo com o mercado de crédito consignado, além de campanhas internas e externas voltadas para o parceiro. Em Portugal, quando trabalhava com telecomunicações, me destaquei por atuar em um território pouco explorado pelos vendedores, a periferia de Lisboa. Em qualquer mercado: observe caminhos que não estão sendo explorados. Enxergar além do senso comum é essencial para encontrar um nicho com grande potencial de exploração.
  • Dedicação não tem prazo de validade: Eu nunca fui o melhor vendedor, mas sempre fui o mais dedicado. Em Portugal, eu não respeitava a jornada de trabalho e sempre começava antes. Quando o desejo de vencer despertou em mim, trabalhar e me destacar virou um prazer. Como empreendedor, essa dedicação precisa ser ainda maior! Seus colaboradores são seu espelho. Se você não souber fazer, não tem como cobrar.
  • O produto precisa ter aderência: É preciso acreditar no seu produto, na sua prestação de serviços, se perguntar se é um produto que você compraria, isso é essencial para continuar no mercado mesmo com todas as dificuldades. Quando você percebe que as coisas não estão indo bem, mas o produto tem aderência, você arruma fôlego para seguir em frente.
  • O que engorda o gado é o olho do dono: é importante o dono estar presente na rotina do seu negócio, pois, os funcionários percebem que existe um propósito e se motivam também. O distanciamento dos negócios pode gerar o entendimento de que o criador não acredita na sua própria proposta.
  • Crie uma estratégia contra a negatividade: Os pensamentos negativos vêm quando menos esperamos, é preciso desenvolver um plano para reconhecer os pensamentos negativos e colocar em prática sempre que perceber que está mentalizando coisas ruins. Quando sentir que está tentado pela negatividade, é só dizer "Chega!" Mantenha o queixo erguido, respire fundo e tente pensar em algo bom. Um exemplo desse tipo de planejamento é o campeão olímpico de natação Michael Phelps. Ele usou esse plano durante a Olimpíada de Pequim, em 2008, quando rumo à oitava medalha de ouro, seus óculos se encheram de água assim que ele mergulhou na piscina para iniciar a prova. Praticamente cego, o nadador ativou seu plano e começou a contar suas braçadas. Ele sabia exatamente quantas precisava para chegar ao outro lado da piscina. O nadador permaneceu calmo, focado e conquistou a medalha de ouro.

Sobre a J&A Holding

 

A J&A Holding é um dos maiores conglomerados econômicos do país, com mais de R﹩ 20 bilhões de ativos. O grupo, atualmente, tem 12 empresas, entre elas a Fontes, a maior correspondente bancária do Brasil. Este ano, o grupo espera um crescimento de 20%.

 

A J&A tem atualmente cerca de mil colaboradores em 26 estados do Brasil, além de uma equipe na Flórida (EUA).

 

Sobre a Fontes Promotora

 

A Fontes é a maior empresa do canal correspondente bancário do Brasil e referência no mercado de crédito consignado por sua inovação em soluções financeiras, como fintech full service. A companhia, que faz parte da holding J&A, tem mais de R﹩ 20 bilhões de ativos em sua carteira, 25 mil parceiros comerciais e 3 milhões de clientes finais.

 

CONHEÇA A FRANQUIA IDEAL PARA VOCÊ

  

Encontre a melhor franquia para você: Franquias por segmentos e ramos
Confira mais artigos em: Gurus do Franchising

Encontre a melhor franquia para você