Não+Pelo Brasil reiventa-se com diversas ações de branding em 2020 para 2021

 

José Rocco
José Rocco, CEO da Não+Pelo/No Más Vello no Brasil desde 2020, espera a volta por cima da rede com as inúmeras ações de branding desenvolvidas em 2020

O ano de 2020, motivada pela crise sanitária global que perdura até os dias atuais, foi marcado não somente pela revolução digital, pelo home office, pelas mudanças de hábitos de consumo, mas também por ações de branding. Colocar os holofotes somente no desempenho digital é ocultar toda uma estratégia que as empresas realizam para gerenciar crises, muitas vezes, sobrenaturais. 

 

Na crise, o gerenciamento de estratégias de branding são fundamentais para a manutenção das vendas e fidelização dos novos clientes. Muitas marcas repaginaram-se para o ano de 2021. No meado do ano passado, uma pesquisa realizada pela empresa Lucidpress "State of brnad consistency", as ações coordenadas e constantes da marca podem gerar receitas 23% maior que a concorrência. Um dos argumentos do estudo é a aceitação das campanhas de marketing para apresentações de novos serviços e produtos. É preciso consistência na apresentação para maior confiabilidade de um público que busca novos experimentos. O branding é uma relação que consiste nas experiências pessoais agregada ao mundo digital. 

 

Edina Soares
Edina Soares, franqueada de Brasília: Engajamento digital entre julho outubro, antes da ção de vendas Black November da Não+Pelo/Nop Más Vello, fez com que ela superasse a média de faturamento médio mensal em três dos quatro meses mais críticos da Pandemia em 2020

Dentre as ações de branding adotadas pela Não+Pelo, atuante no segmento de Beleza, Estética, Saúde e Bem-Estar, no franchising nacional, uma delas foi a oportunidade de unir o nome original da marca - No Más Vello - à logomarca no Brasil. A ação surtiu efeito no ano passado quando a rede estipulou uma meta de dez inaugurações e contratos assinados e fechou o ano com 12 comercializações de franquias, sendo cinco a serem inauguradas até maio - Juiz de Fora, Guaporé, São Paulo (bairro Cantareira), Campo Mourão e Maringá. 

 

A rede também está implantando serviços e produtos nos respectivos porftólios da empresa. Serviços como Pro Skin e Limpeza Facial e dez novos cosméticos - cinco para mulheres e cinco para homens - complementam as ações de branding realizadas em 2020. Outras novidades das rede são as metodologias a laser (Três Ondas - Diodo, Alexandrite e ND Yag) e Sun&Safe, inovação que traz a segurança na execução do serviço sem riscos de queimaduras e danos dermatológicos para o público negro de tonalidade de pele bem escura e o público que carrega consigo a cultura de praia e corpo bronzeado. A operação no Brasil reformulou sua logomarca deixando os consumidores e investidores cientes que a Não+Pelo é uma marca internacional presente em 15 países na Europa. Esta ação de branding foi fundamental para a rede superar em 20% sua perspectiva de comercialização de unidades diante de um segmento no franchising altamente competitivo. 

 

No campo digital, a rede apresentou um software de gestão em tempo real das 205 unidades em operação no país. Criou-se uma parceria com a plataforma www.benkyou.com para a criação da Universidade Não+Pelo, na qual esteticistas e franqueadas possam estar atualizando-se frequentemente, além de realizações de testes para esteticistas que trabalham na ponta no negócio a fim de detectar as melhorias na argumentação de atendimento e vendas. O site foi incrementado com uma nova arte e a criação do e-commerce que apresentou resultados que demonstram a importância da vida digital para as empresas. 

  

Encontre a melhor franquia para você: Franquias por segmentos e ramos
Confira mais artigos em: Gurus do Franchising

Encontre a melhor franquia para você