Saiba como ocorre a construção de marcas brasileiras no exterior

Para levar uma rede de franquia para fora do Brasil, é importante ampliar as chances de aceitação da marca no novo mercado

Para internacionalizar uma rede de franquia é necessário elaborar um plano detalhado de expansão, mas também elaborar um processo de construção de marca em cada país foco. Para a especialista Esther Cunha, sócia do L.O. Baptista Advogados, as empresas devem levar em consideração diversos fatores antes de internacionalizar e ampliar as chances de aceitação da marca no novo mercado. 

“Além de todo o planejamento e estudo de mercado para o país ao qual se pretende a expansão, é importante que o modelo de franquia tenha sido testado com sucesso no Brasil”, diz a sócia. Esther acrescenta que países que se assemelhem culturalmente com o Brasil ou ao gosto do brasileiro podem ser mercados promissores e devem ser considerados com mais atenção. Paralelamente, aponta que se deve levar em conta incentivos, custos de operacionalização e mão-de-obra, taxas de importação, entre tantos outros aspectos considerados como em qualquer negócio.

No franchising, a construção de marcas fora do Brasil não é diferente. A SuperGeeks, primeira e maior escola de programação e robótica para crianças e adolescentes do país, busca expandir inicialmente em Portugal, Estados Unidos e regiões de língua espanhola, além de já ter demanda para expandir no Japão. A primeira unidade da SuperGeeks em Portugal está em reforma, pra ser inaugurada início de 2019.

Mesmo com mais de 50 unidades espalhadas pelo Brasil, a SuperGeeks nunca havia feito investimento na expansão da marca. Isso porque segundo Marco Giroto, fundador da marca, enquanto outras redes tiveram que focar seus investimentos na expansão e venda de franquias, a SuperGeeks focou na qualidade, no sistema de ensino e projeto pedagógico, bem como nos cursos, que por sinal é o grande chamariz para os franqueados, já que a maioria deles procurou a franquia por este motivo.

Fundada em 2014, a marca possui mais de 5 mil alunos matriculados e atende crianças entre 05 e 17 anos que fazem cursos para aprender Ciência da Computação, a partir do desenvolvimento de games, do conhecimento em Robótica, Realidade Virtual e Aumentada, Inteligência Artificial e também por meio da criação de aplicativos e sistemas web, incluindo questões de redes de computadores e servidores. A rede oferece 4 modelos de negócios com investimentos que variam entre R$ 22mil e R$200 mil.

Confira algumas oportunidades: Franquias por Segmentos e Ramos

Saiba mais: Como abrir uma franquia 

Fonte: Sua Franquia - www.suafranquia.com

Encontre a melhor franquia para você