A importância do Big Data para as redes de franquias

Tecnologia de análise de dados é aliada para captar clientes e franqueados

Criar estratégias para se destacar no mercado vai muito além do capital financeiro. Conhecer clientes e entender quem é o público-alvo, além de detectar quais as regiões que geram maior faturamento são pontos cruciais para expandir os negócios. Cada rede possui seus métodos próprios para analisar seus consumidores, porém o Big Data caiu nas graças dos empreendedores nos últimos anos.

Emails de SAC, formas de pagamento, relatórios de vendas, ferramentas de geomarketing entre outras são atalhos para a interpretação de dados estruturados e não-estruturados que existem sobre uma determinada marca. Muitas empresas se especializaram em filtrar e analisar essas informações relevantes visando proporcionar a melhor experiência para seus clientes.

A upLexis, companhia com expertise em tecnologias de busca de informação retiradas de grandes volumes de dados (Big Data) extraídos da internet e outras bases de conhecimento através de soluções personalizadas, disponibiliza serviços de inteligência para grandes empresas como Ambev, Walmart, GPA e Carrefour.

Segundo o CEO, Eduardo Tardelli, plataformas do Big Data são essenciais para obter dados complexos importantes para franqueadores. "Big Data traz uma vasta onda de informação imensa por ter dados complexos e dispersos da população, isso se torna uma fonte de informação importante para os franqueadores pois podem de acordo com uma análise de seu público (já existente ou aquele ideal) procurar locais onde há um público semelhante a isso, um local geográfico semelhante às características ideais de seu estabelecimento ou até dados de consumo mesmo da população que o levem a abrir sua franquia ali", explica.

Definir quais plataformas são mais eficientes depende muito do tipo de mercado no qual a marca está inserida. Para o franchising em geral, a localização é um dos fatores de maiores relevância para gerar dados de consumidores. "Para o mercado de Franchising, o ideal são plataformas de Geomarketing, como o upMap, pois trazem dados de forma já organizada, organizados em filtros facilmente identificáveis", afirma Tardelli.

A Propz é outra empresa que utiliza tecnologia robusta e um sistema próprio para entregar aos clientes uma segmentação analítica combinada com a personalização de ofertas em múltiplos canais, permitindo que as lojas possam prever os comportamentos e influenciar vendas para consumidores no momento de decisão de compra. "O mercado de franquia, dado seu conceito de decisões distribuídas, demandam padronização e processos de governança objetivos para que uma estratégia efetiva de relacionamento com o consumidor funcione", conta Danilo Nascimento, sócio-diretor da companhia.

"A aplicação de conceitos de Big Data convergem para práticas de alta performance de armazenamento e processando de dados, tanto estruturados, quanto não estruturados. Este modelo de arquitetura fornece flexibilidade e capacidade para suportar aplicações sofisticadas de diagnósticos e apoio a decisão, fundamentada em dados, que demandam alta produtividade de processamento de dados", diz Nascimento.

O Big Data funciona como base para a grande maioria de estratégias de marketing de muitas redes, sejam elas do varejo ou não. A publicidade por si só é um universo a parte com muitos temas, conceitos e tópicos. Uma das mais importantes é o CRM, focado em relacionamento produtivo e personalizado com o consumidor. "Mais do que um diferencial, tomar decisões fundamentadas em dados e viabilizar o relacionamento produtivo e personalizado com os consumidores, passa a ser um item de necessidade para que um varejista amplia suas vendas com rentabilidade. Fazer uso de conceitos de Big Data e CRM assume um papel de sobrevivência e não mais um diferencial competitivo", afirma o sócio-diretor da Propz.

A Pello Menos, rede especializada em depilação à cera utiliza o big data para captação de clientes e franqueados há dez anos. Uma ferramenta de geomarketing e um sistema interno fornecem dados em tempo real de maneira rápida e dinâmica.

A análise de dados também proporciona aos franqueados uma melhor visão de negócio filtro de informações de clientes por unidade, permitindo um estudo preciso do perfil do consumidor e, consequentemente, ações estruturadas de marketing.

Confira algumas oportunidades: Franquias por Segmentos e Ramos

Saiba mais: Como abrir uma franquia 

Fonte: Sua Franquia - www.suafranquia.com

Encontre a melhor franquia para você