10 perguntas obrigatórias antes de investir em uma unidade franqueada

Confira os principais pontos sugeridos por especialista do franchising para escolher entre uma entre as mais de 2800 redes de franquias do país

O setor de franchising, segundo a Associação Brasileira de Franchising, projeta um crescimento em 2018 de cerca de 7% em faturamento e de 5% em unidades franqueadas. Já o volume de redes em operação no país deve se estabilizar na casa das 2800 redes de franquias.

Com esse imenso leque de modelos de negócios e marcas para investir no setor, torna-se ainda maior a dificuldade dos empreendedores em escolher uma para fechar negócio e ter uma unidade franqueada para chamar de sua.

Para auxiliar empreendedores nesse processo de escolha, o portal SuaFranquia.com solicitou ao Sidney Eduardo Kalaes, presidente do Grupo Kalaes, que elaborasse uma lista de 10 perguntas obrigatórias que futuros franqueados devem fazer às franqueadoras antes de fechar o investimento.

O Grupo Kalaes é uma holding de franquias multissetoriais com 24 anos de atuação no segmento, que acelera franqueadoras já existentes no mercado, tornando-se sócia delas. Entre as marcas que holding tem participação estão Brasil Canadá, MaisLaser, Dr. Shape, Instituto Ana Hickmann e Minutri. 

Veja, então, a seguir 10 perguntas obrigatórias sugeridas por Sidney que empreendedores devem fazer antes de investir em um modelo de negócios de uma rede de franquia:

1 - Qual o investimento total na implantação da franquia?

A franqueadora precisa apresentar ao franqueado um plano de negócios detalhado com valores bem definidos, como taxa de franquia, verba necessária para uma reforma e adequação do imóvel, valor total para compra de equipamentos. O futuro investidor precisa saber dessas informações em detalhes para não ser pego de surpresa.

2- Quais as receitas previstas de faturamento no primeiro ano de operação?

Essa projeção precisa ser bem realista, caso contrário, poderá haver um desiquilíbrio entre receitas e despesas, o que pode provocar mais necessidade de capital de giro do franqueado. 

3 - Quais as despesas previstas no primeiro ano de operação dessa franquia?

A franqueadora precisa estimar com base real as despesas mensais da franquia, pois qualquer projeção fora do esperado poderá significar mais capital de giro.

4 - Qual é o perfil necessário para ser um franqueado da rede?

O franqueador precisa esclarecer os pré-requisitos necessários para o investidor se tornar um franqueado de sucesso, como atividades que exercerá como franqueado, exigências técnicas e operacionais.

5 - Quais são as regiões livres para implantar a franquia?

Esse ponto é muito importante, pois a franqueadora poderá ter regiões de expansão muito longe da residência do investidor, talvez até outra cidade, o que pode dificultar a operação por parte desse investidor.

6 - Como é o suporte da franqueadora ao franqueado?

Como a franqueadora ajuda o investidor na procura de ponto, obra, contratação de equipe e posteriormente no suporte do dia a dia. Isso é vital! Sem suporte presente e contínuo, uma nova franquia pode demorar a deslanchar e isso representa aumento no capital de giro inicial, fato relevante.

7 - Quanto tempo de atividade a franqueadora tem no mercado?

Um novo negócio pode significar um tempo de maturação maior, o que representa uma possibilidade de mais tempo para recuperar o capital investido, lucro mensal e ponto de equilíbrio (quando as despesas empatam com as receitas). 

8 - Como está a satisfação dos clientes?

A satisfação do cliente espelha a qualidade do produto ou serviço oferecido. Essa satisfação deve ser total, com qualidade, atendimento, valor do produto e ou serviço oferecido, versus como o cliente recebeu como grau de qualidade.

9 - Como está a tendência do mercado escolhido?

Existe uma curva crescente de aumento de consumo no setor escolhido ou há um recuo de compra? A escolha certa do setor também representa uma necessidade prévia por parte do investidor antes que sua decisão aconteça.

10 - Como funciona o marketing da franquia?

Em geral, o franqueado paga uma taxa de marketing, mas cada marca tem um modelo de marketing na rede, ações de divulgação local e controles diferentes. É essencial entender como é administrado o fundo de marketing institucional.

Confira algumas oportunidades: Franquias por Segmentos e Ramos

Saiba mais: Como abrir uma franquia 

Fonte: Sua Franquia - www.suafranquia.com

Encontre a melhor franquia para você