Máster franqueado pode ser peça-chave para expandir no franchising

Redes de franquias apostam em máster franqueados para viabilizar o crescimento nacional e facilitar a operação do negócio

As redes de franquias adotam muitos caminhos diferentes para expandir. Um dos que vem se tornando mais conhecidos ao longo dos últimos anos é expandir por meio de máster franqueados. Expandir dessa maneira é, na prática, como se as marcas tivessem gestores responsáveis por determinadas regiões. Isso facilita o controle das operações franqueadas bem como a captação e treinamento de novos franqueados.

O Grupo Kalaes é uma holding de franquias multissetoriais com 24 anos de atuação no segmento que promove sua expansão dessa maneira. Fundada por Sidney Eduardo Kalaes, empresário com vasta experiência no franchising, o Grupo conta com as marcas Minutri, MaisLaser, Brasil Canadá e Instituto Ana Hickmann. "Todas as nossas marcas expandem por meio de máster franqueado, que são nossos sócios regionais, os representantes locais da marca e responsáveis pela expansão, operação e gestão dos franqueados", explica comenta Kalaes.

A rede de franquia Banneg também expande por meio de máster franqueados. Atualmente, a marca conta com oito máster franqueados divididos por região, entre eles, a região de São Carlos/SP, de Curitiba/PR, do Rio de Janeiro/RJ, Vale do Paraíba/SP.  

“Várias regiões do Brasil ainda possuem grande potencial de receber um máster franqueado Banneg, entre elas Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil”, conclui Edmundo Nogaroto, diretor de expansão da rede.

Para se tornar um máster franqueado Banneg é necessário que o investidor tenha perfil empresarial, capacidade de gerenciar pessoas e algum capital financeiro para o aporte inicial. Após passar por uma rigorosa avaliação e ser aprovado para comandar os negócios em sua região, o novo investidor passará por treinamento voltado a expansão e suporte da rede durante três dias, nos quais aperfeiçoará a parte técnica nestas áreas. Esta operação da marca pode custar entre R$75 mil a R$500 mil, conforme a região e o potencial de retorno.

Do mundo para o Brasil

A empresa Little Kickers possui mais de 50 mil alunos espalhados pelas 290 franquias em 27 países, como Chile, Austrália, México, Portugal, Espanha, África do Sul, etc. Para expandir em cada país aposta em máster franqueados como o casal gaúcho Everson e Michele Pergher, que trouxeram a rede para  Brasil em 2014.

"Meu primeiro contato com a rede foi na Austrália onde morei por seis anos com minha esposa. Fui contratado antes mesmo da franquia iniciar suas atividades e aos sábados minha esposa auxiliava nas aulas. Com o tempo fomos conhecendo o projeto e ficando cada vez mais encantados com as oportunidades oferecidas pela empresa, principalmente em relação ao desenvolvimento da carreira, além da rapidez em que a empresa vem se desenvolvendo ao redor do mundo. Em 2014 resolvemos fazer o caminho inverso de muitos brasileiros e retornamos ao país para empreender como máster franqueados da rede. Iniciamos um projeto piloto em Porto Alegre, já que éramos residentes de lá antes da mudança de país, para facilitar na nossa adaptação e por conhecermos melhor o mercado local. Após seis meses de aulas vendemos a nossa primeira franquia para a área sul/ centro de Porto Alegre. Atualmente, a rede conta com mais de 4.000 crianças matriculadas em suas sedes, condomínios, clubes e escolas entre as 29 áreas de franquia no país", comenta Everson Pergher. 

Aposta inicial

Ainda pouco utilizado pelas franquias em início de expansão, o sistema de máster franqueado regional permite que um franqueado se torne diferenciado no sistema e tenha a concessão para transmitir o know-how de implantação, operação e comercialização da linha de produtos ou serviços de uma franquia.

Nesse caso, esse profissional, por força contratual, passa a deter o direito de subfranquear as unidades de negócio, atuando como substituto da franqueadora. Para ter esse direito, normalmente ele faz um investimento maior junto à franqueadora e proporcional ao potencial do território que assumirá. O máster franqueado repassa à rede um percentual de todas as taxas que recebe pela concessão de subfranquias. Esse é o modelo de expansão adotado pela rede de imobiliárias Nova Capital, fundada em 2014, para crescer nacionalmente desde que entrou para o franchising.

De acordo com Rafael Bussolaro, CEO da franquia, a escolha do sistema de máster franqueados foi definida como estratégia da rede para a expansão, devido às dimensões continentais do país e a velocidade com a qual a rede deseja chegar a todos os estados. Até o final de 2019, a rede, que possui três modelos de negócio, pretende atingir 150 unidades no Brasil.

Para isso, é necessário investir entre 300 mil a 2 milhões (o valor varia de acordo com o potencial do Estado em que o máster franqueado vai atuar) com retorno previsto do investimento em 24 meses. Na Nova capital, durante o contrato de 10 anos o máster franqueado funcionará como um sócio da franqueadora, pois receberá uma porcentagem dos royalties e da taxa de franquia. Para tanto, ele também terá vários deveres e obrigações, sendo que sua primeira função será a venda de franquias.  Após essa venda, ele deve dar todo o suporte de implantação e operação ao novo franqueado, sempre com a supervisão da franqueadora. 

Procuram-se máster franqueados

Fórmula Pizzaria que está em busca de investidores interessados em atuarem como máster franqueados da rede. A decisão da franqueadora também se deu por conta do tamanho continental do Brasil, visando obter assim novos “braços” na administração do negócio em regiões específicas. Diferentemente do franqueado comum que administra apenas sua própria franquia, o máster franqueado possui direitos e responsabilidades para toda uma região, não apenas sua unidade.

"Não é sócio da marca, mas é alguém que tem plena liberdade para opinar e tomar decisões acerca da região em que atua, ele é o representante direto da marca naquele local", explica Henrique Mol, diretor executivo da Fórmula Pizzaria, rede do segmento de alimentação. Na Fórmula, o máster franqueado atua através da modalidade Satélite, com investimentos de R$380 mil. Na maioria dos casos, é alguém que possui certa experiência no mercado de franquias e tem o conhecimento necessário para comercializar os produtos e serviços oferecidos pela marca - além de comercializar novas unidades e buscar novos franqueados,  é um ponto de suporte na região.

Para Mol, uma das grandes vantagens do máster franqueado está no suporte prestado: "Se você tem várias franquias no Ceará, por exemplo, e sua matriz fica em Belo Horizonte, é mais fácil ter um máster franqueado na região de Fortaleza para prestar suporte nessas unidades do que enviar alguém de Minas sempre que necessário", explica.

Ao todo, são 18 regiões disponíveis para atuar como franqueado Satélite pela Fórmula Pizzaria. Alguns estados, principalmente pela sua importância econômica, possuem mais oportunidades de atuação nesse modelo - é o caso da Bahia (com três regiões), Minas Gerais (quatro regiões), Rio de Janeiro (duas regiões), São Paulo (quatro regiões) e Paraná (duas regiões).

"Dar início a um plano de expansão nunca é algo simples, requer muito estudo e consultoria. É exatamente por isso que desenvolvemos o modelo Satélite, para levar nossa presença em lugares que, talvez, não conseguiríamos chegar sem um parceiro de confiança que pudesse nos dar esse respaldo", finaliza Mol.

Confira algumas oportunidades: Franquias por Segmentos e Ramos

Saiba mais: Como abrir uma franquia 

Fonte: Sua Franquia - www.suafranquia.com

Encontre a melhor franquia para você