20 dicas para empreendedores escolherem uma franquia com o seu perfil

Conheças as dicas de dois consultores e duas franqueadoras para fazer uma boa escolha no franchising

O setor de franchising oferece tantas ofertas de modelos de negócios que torna-se comum a dúvida do investidor para investir. Para facilitar a escolha, o Portal SuaFranquia.com selecionou 20 dicas para ajudar futuros franqueados a se sentirem realizados e seguros com suas escolhas, não esquecendo sempre de consultar um advogado. 

Para Sueli Campos, consultora especialista em franquias, há 10 pontos de atenção nesta etapa de pesquisa da melhor opção para o seu perfil:

  1. Identifique o modelo de negócio desejado, com base nas opções disponíveis no mercado
  2. Estude a respeito da marca escolhida e seus concorrentes. Busque visitar o máximo possível de unidades abertas, inclusive em horários e dias diferentes, sempre conversando com os franqueados das unidades visitadas.
  3. Pesquise nos órgãos competentes a situação fiscal da marca e pesquise se há litígios cíveis entre franqueados e franqueadora.
  4. Solicite e verifique com atenção os balanços consolidados da franqueadora. E, caso esteja comprando uma unidade em operação, peça os balanços daquela unidade.
  5. Leia com muita atenção a COF – Circular de Oferta de Franquia e o contrato de franquia, principalmente identificando as garantias quanto a rentabilidade do negócio.
  6. Verifique contratualmente se a franqueadora facilita o repasse do negócio, caso seja de seu interesse. Em caso positivo, peça inclusão de cláusulas de rescisão do contrato, caso a operação não atenda as expectativas do franqueado (rescisão).

Agora, Alberto Roitman,  Chief Creative Officer na Nexialistas, há ainda outros aspectos que devem ser analisados:

7 - Identifique se a franquia escolhida concilia com seu propósito de vida. Ou seja, não basta gostar de comer pizza para querer abrir uma pizzaria. É necessário estar conectado com a filosofia de prover alimentos de qualidade e promover bem estar ao cliente.

 8 - Verifique o ramo de atuação da franquia tende a crescer ou diminuir nos próximos meses e anos.

 9 – Faça uma relação entre a rentabilidade do negócio frente ao investimento inicial. É fundamental ser um pouco pessimista (e não otimista) nos cálculos de retorno de investimento.

10 - Avalie o posicionamento do marketing necessário para acelerar o faturamento. Alguns negócios só vivem se o marketing existir de forma muito estruturada. Para isso, recomendo avaliar parcerias com agências de publicidade pequenas ou contratar pessoas capacitadas. Vale a pena entender o que o franqueador disponibiliza neste sentido.

11 -  Verifique como é a dependência da marca de fornecedores de matérias primas, se devem ser compradas da própria franqueadora ou de fornecedores específicos. Isso afeta diretamente a margem do negócio e pode acelerar ou diminuir o alcance do break even.

 12 - A famosa frase de "o olho do dono é o que engorda o porco" é verdadeira em partes. Avalie quem você poderá colocar para gerenciar o negócio e qual o tempo de dedicação você mesmo terá que dedicar ao negócio.

 

Opinião de franqueadores

O portal SuaFranquia.com também consultou representantes de duas franqueadoras para conhecer suas dicas. Confira a opinião de Marcelo Salomão, diretor executivo da Gigatron Franchising:

13 - Teste de aptidão: Muitos profissionais ainda têm dúvida sobre o que desejam fazer ou qual negócio começar, fazer um teste de aptidão é muito interessante para ajudar a focar em qual setor da economia deverá ingressar.

14 - Escolha: Depois de feito o teste de aptidão, escolha algum segmento que você realmente tenha paixão. Fazer algo que gosta pode poupar algumas frustrações, principalmente a falta de lucro nos primeiros meses.

15 - Marca: Busque por uma marca na qual você se identifica, principalmente pelo propósito do negócio. Depois que você ingressar na rede é de extrema importância vestir a camisa e compartilhar dos mesmos ideais.

16 - Faturamento: Muitas marcas garantem faturamento imediato, já outras marcas garantem retorno rápido. O objetivo aqui é ter um negócio duradouro e não algo que retorne rápido e morre em seguida, busque por redes que apresentam consistência em seus franqueados.

Já para Julio Monteiro, CEO da Rede Megamatte, a melhor escolha será aquela que reúnanúmeros saudáveis e com o propósito com que o futuro franqueado prega em sua vida pessoal. Veja:

17 - Entenda se o suporte de consultoria da franqueadora engloba algo além de uma cobrança de padrões, por exemplo se ela pensa no seu resultado constantemente.

18 - Alinhe sua expectativa. Pode ser que você encontre o melhor negócio para uma pessoa, mas não necessariamente será o melhor para você.

19 - Conheça a estrutura de treinamento e lojas próprias da Franqueadora. Verifique se ela prega o que ela exige dos seus franqueados.

20 - Busque um negócio que trará harmonia e felicidade para você e sua família.

Confira algumas oportunidades: Franquias por Segmentos e Ramos

Saiba mais: Como abrir uma franquia 

Fonte: Sua Franquia - www.suafranquia.com

Encontre a melhor franquia para você