Planos de expansão: conheça os tipos existentes e os critérios das redes para escolhê-los

Entre os planos de expansão mais usados pelas redes de franquias estão por meio de máster franqueados, por regiões e em espiral.

A expansão de redes de franquias é planejada, em geral, com base na complexidade da operação das marcas e seus modelos de negócios, que podem requerer ou não planejamentos de logística. Dessa forma, entre os planos de expansão mais comuns no setor de franchising estão as estratégias de crescimento em espiral – a partir de um ponto central, por meio de máster franqueados ou mesmo por regiões ou estados. 

A Dídio Pizza, por exemplo, iniciou sua expansão com estudo de mercado, buscando regiões com menor concorrência e grande potencial. “Começamos em São Paulo pela Zona Oeste, depois Sul, Leste e Norte. Na sequência fomos para ABC, Osasco, Jundiaí, Valinhos, Campinas e, agora, estamos com expansão para região de Sorocaba, Americana, santos, Guarulhos e Mogi das Cruzes”, explica Elidio Biazini, fundador da rede. Segundo ele, expandir em espiral, apresenta três principais vantagens: maior apoio ao franqueado, menores custos e manter o padrão com os mesmos fornecedores parceiros homologados e ganho em escala. “Ou seja, franqueado, fornecedor e franqueadora ganham”, ressalta Biazini. A rede atualmente possui 24 unidades e pretende atingir a meta de 130 nos próximos 5 anos. 

Já a rede de franquia Nova Capital, do ramo de imobiliárias, traça seu plano de expansão por meio de máster franqueados. “Trabalhamos com máster franqueados, pois conseguimos dar um suporte maior para nossos franqueados tendo um representante da franquia sempre na sua região. Também é um modelo de expansão mais rápido devido a você descentralizar as vendas, pois o máster franqueado tem uma equipe que dá suporte ao franqueado e também uma equipe de vendas”, diz Rafael Bussolaro, diretor da marca.

A expansão da rede começou através da cidade Sinop/ MT e evoluiu para região.  “Como tivemos um grande sucesso nessas primeiras franquias, resolvemos expandir para o Brasil todo através de estudos resolvemos adotar o modelo de máster franquia. Nem todas as redes usam essa maneira, mas nós resolvemos assim devido à localização geográfica que estamos (MT) e pelo tamanho do Brasil, mas principalmente porque achamos a melhor maneira de dar um suporte presencial aos nossos franqueados e expandir a franquia”, complementa. Até o final de 2019 a empresa tem a meta de chegar a 150 unidades franqueadas. Para isso, conta com três modelo de negócios e busca como candidatos imobiliárias, corretores e investidores 

Planejamento

Para Maria Selma Mata, dona da rede Champion Fried Chicken e Champion Empada & Café, é necessário planejar adequadamente a expansão de uma rede de franquia com base em alguns pontos importantes. “O primeiro passo é você ter um produto diferenciado dos demais, com menor custo, mas sempre com o propósito firme de preservar a  qualidade. Também deve ter lojas padronizadas, com comunicação visual no qual o cliente consegue entender muito rápido o que você vende e sentir que tem um padrão alto de qualidade. O terceiro é ter um desempenho na sua rede visando aberturas de lojas com um produto que se identifique com o perfil seu consumidor. E, por último, deve-se buscar treinamento sempre para manter um padrão de atendimento e de excelência”, esclarece Maria Selma.

A Experimenta Casual Food, atualmente com 15 unidades, é uma nova rede de franquias que aderiu ao modelo de negócio o novo conceito Casual Food, bem comum no mercado americano e que não possuem serviço de mesa. Para expandir, a marca recorre a mapeamento de regiões através do geomarketing, que consiste na análise da população, faixa etária e renda no entorno de 3km das unidades franqueadas.  “Já que um dos focos é delivery, para garantir a qualidade do produto, a escolha do franqueado é minuciosa. Fazemos o acompanhamento de perto da implantação de cada projeto, o que diminui muito os custos iniciais da operação”, declara Marcelo Boechat sócio da marca Experimenta Casual Food, com modelos de negócios com a partir de R$100 mil de investimento total.

O consultor em expansão de franquia da MemoCash Soluções, Carlos Diego Oliveira, também aponta a necessidade de cuidados ao planejar a expansão de uma rede. “Elaborar cuidadosamente o perfil do investidor para que seja o mais alinhado possível com o negócio inclusive prevendo o longo prazo e não se deixar levar pelo investidor que apenas tenha o capital disponível para o investimento. A franqueadora também deve verificar o seu raio de abastecimento, se esse for o caso, para que não inaugure unidades fora desse raio, proporcionando atrasos na entrega e queda de qualidade de seus produtos. E, ainda, estar preparada para os processos iniciais que envolvem o novo franqueado, treinamento iniciais, implantação da unidade, etc, afinal muitos franqueadores se preparam para expandir, mas não para implantar”, comenta.

A EMAGRECENTRO é uma das maiores redes de clínicas de emagrecimento e estética do Brasil e que oferece modelos de negócio para investir a partir de R$ 59.500 e também possui um planejamento bem detalhado para expandir. “No Brasil planejamos a expansão primeiramente nas capitais e grandes cidades dos estados brasileiros, mas que havendo o interesse de franqueados também fazemos a expansão para cidades menores, a partir de 50 mil habitantes”, indica Edson Ramuth, fundador da empresa, que também visa novas unidades nos Estados Unidos e Portugal.

Clique aqui e saiba como abrir uma franquia Emagrecentro

Confira algumas oportunidades: Franquias por Segmentos e Ramos

Saiba mais: Como abrir uma franquia 

Fonte: Sua Franquia - www.suafranquia.com

Encontre a melhor franquia para você