Confira ramos de franquias que apresentam melhores resultados em tempos de crise

Redes de franquias dos ramos de permuta, educação e beleza apontam que tempos de recessão e desemprego conseguem obter um faturamento ainda maior

De acordo com dados divulgados em agosto pelo Banco Central, a economia brasileira caiu no segundo trimestre de 2018. O Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) registrou queda de 0,99% em comparação aos três primeiros meses do ano. E, assim, nesse cenário ainda de instabilidade econômica, há ramos de franquias que vem se destacando mais do que outros.

É o caso da rede de franquias Clube de Permuta. De acordo com a empresa, as negociações baseadas em permutas ganham destaque neste momento, já que para esta modalidade não é necessário mexer no fluxo de caixa da companhia. A empresa é uma plataforma de relacionamento que gera trocas multilaterais de produtos e serviços entre os associados. Nos últimos seis anos, a empresa já movimentou mais de R$100 milhões e prevê o crescimento de 20% até o final de 2018.

Segmento de educação

A rede de franquias Evolute Profissionalizante e Idiomas, aponta que a educação é um dos poucos setores que se fortalecem em tempos de crises. Isso porque as pessoas procuraram se especializar para não perderem seus empregos, e os que estão fora do mercado de trabalho buscam alternativas de ensino para encontrar uma nova oportunidade. A Evolute Profissionalizantes e Idiomas, rede especializada em cursos profissionalizantes, não viu o número de alunos caírem durante a crise, pelo contrário, a média de estudantes aumentou. 

“Em períodos com alto índice de desemprego e crise econômica, as pessoas sempre buscarão mais conhecimento. As instituições de ensino que concedem bons cursos e oferecem um método de aula de qualidade, se fortalecem no mercado de educação”, aponta Vinicius Almeida, fundador e CEO da marca.

Também do ramo de educação, a rede de franquias Sigbol Fashion é a única rede de escolas profissionalizantes na área de confecção e moda do setor de franquias no Brasil. A rede registrou um crescimento no faturamento de 5% no primeiro trimestre de 2018. Segundo a marca, o mercado está mesmo favorável e a crise tem impactado de forma positiva no progresso do segmento educacional, pois num momento de desemprego as pessoas estão buscando formas alternativas de gerar renda. A rede oferece a especialização necessária com baixo investimento e formação em poucos meses, transformando um hobbie, como a costura, em renda extra ou carreira profissional.

Em maio, a rede registrou um aumento de 57% na procura de cursos, em comparação ao mesmo período do ano passado. E, pensando no grupo de pessoas que desejam ter o próprio negócio para driblar a crise, o modelo de franquia de “garagem” é uma opção enxuta que pode ser operado em pequenos espaços de 16m² com investimento inicial a partir de R$ 17 mil, reforçando o conceito da microfranquia de “faça você mesmo”.

Segmento de beleza

Seja para aumentar a autoestima, sentir-se relaxado ou corrigir alguma imperfeição indesejada, o fato é que o mercado de beleza e estética não para de crescer nos últimos anos. Quando se trata desse assunto, muitos brasileiros já se tornaram experts. Não é à toa que o país ocupa a quarta posição no ranking mundial em relação ao consumo de tais produtos.        

De acordo com uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) e pelo Instituto FSB Pesquisa, o Brasil só perde para o Estados Unidos, China e Japão no ramo de procedimentos estéticos. “O brasileiro é muito vaidoso, principalmente as mulheres que cuidam muito da beleza. Mas, os homens também não ficam atrás. É cada vez maior a procura deles por tratamentos em nossa clínica. Esse é um mercado que não tem crise”, comenta Euler Carneiro, diretor da clínica Bio Estética, em Belo Horizonte.

Segundo ele, trabalhar nesse mercado é uma excelente ideia, mas exatamente por ser uma área em plena expansão é necessário ficar atento aos mínimos detalhes para atrair clientes. “Um dos principais desafios de investimento nesse setor torna-se a enorme concorrência, mas para ter credibilidade é preciso ter profissionais qualificados, espaço físico e equipamentos de qualidade como diferenciais”, garantiu.

A clínica conta com uma equipe formada por biomédicos, esteticistas e outros profissionais qualificados na área da beleza, além de uma estrutura diferenciada e equipamentos de ponta para tratamentos estéticos corporais, faciais, lasers, acompanhamento nutricional, tricologia capilar e muitos outros serviços. “Nossa expectativa é ter um plano de expansão de franquias com o mesmo padrão de qualidade da nossa unidade em outros pontos estratégicos em BH e região”, contou.

Confira algumas oportunidades: Franquias por Segmentos e Ramos

Saiba mais: Como abrir uma franquia 

Fonte: Sua Franquia - www.suafranquia.com

Encontre a melhor franquia para você