5 dicas para quem vai abrir uma franquia de educação

No Brasil, as instituições de ensino enfrentam o desafio de converter o ensino em sala de aula em cursos online durante a noite - uma forma sem precedentes para muitas instituições de ensino.
 
Quase um ano depois, os retornos face a face ainda são mistos ou incertos em muitas cidades: em outras palavras, o investimento ainda é necessário e a "ficção" está longe de chegar ao capítulo final. Mas em um ambiente corporativo, qual é a situação? Muitas empresas continuam treinando em ambientes virtuais, mas estão usando a tecnologia certa? Recursos, especialmente a realidade virtual e aumentada, podem ser usados ​​para garantir uma porcentagem maior de sucesso no aprendizado, mas poucas pessoas o fazem.
 
São investimentos com retorno garantido, mas demoram para serem implementados. 2020 é basicamente sobre a extinção de incêndios e a recuperação do tempo perdido o mais rápido possível.

 

 

1) Pesquise sobre o mercado de educação que vai atuar

Quanto mais qualificado você estiver futuro franqueado(a) mais são as chances da sua franquia lhe dar um retorno financeiro mais rápido. Além disso, você conseguirá entregar um serviço de qualidade e bem planejado para os estudantes.

2) Atenção ao ponto escolhido para a escola

Veja o tráfego de pessoas, a distância de outras escolas desse ponto, se essas escolas atuam também com idiomas, e etc. Pesquise também os meios de transporte para chegar a unidade escolhida e também se há empresas e outros negócio no entorno.

3) Tenha um fundo de reserva

É meio óbvio, mas a maioria dos negócios" quebram" porque o investidor não se conta com os imprevistos que podem acontecer no caminho. Por mais que faça um bom planejamento financeiro é importante ter um fundo de reserva. Ou seja, não colocar todo o aporte no negócio.

4) Tenha sócios

Uma escola envolve um investimento de 250 a 300 mil reais. Ou seja, dividir esse aporte com outros sócios lhe garante ter um fundo de reserva. Além disso, você consegue dividir as responsabilidades da unidade. Afinal os colaboradores vão se inspirar nos seus gestores. Assim, investigue qual o perfil de cada sócio e atribua a função correta a ele. Uma escola tem 3 grandes áreas - Marketing, Administrativo e Pedagógico- perceba em qual setor o sócio se enquadra para ser o responsável Master.

5) Invista em treinamento

Por mais que no começo de um negócio tendemos a frear os gastos não devemos poupar com o treinamento dos colaboradores. Pode ser feito por uma plataforma online e\ou presencial, mas é de suma importância que aconteça periodicamente. Além disso, o Feedback deve ser mensal e o clima organizacional deve favorecer o diálogo. Lembre-se: a sua escola terá sucesso se você tiver colaboradores que amem o que fazem e faça bem feito!

 

 

Encontre a melhor franquia para você

-->