Matrículas no ensino integral crescem 18% e aulas complementares têm destaque na região Sudeste

Escolas particulares têm procurado redes para fornecer estudo especializado dentro dos colégios

Nos últimos anos ganhou relevância no Brasil a maior presença de alunos estudando em período integral nas escolas. Dados do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) mostram que, em 2018, houve um crescimento de 18% nas matrículas de período dobrado em colégios na comparação com o ano anterior. Este movimento tem refletido diretamente em oportunidades para franquias de educação, como as redes Ensina Mais Turma da Mônica e Pingu's, que integram o portfólio da MoveEdu – grupo de franquias de educação e líder nacional no segmento profissionalizante -, graças ao aumento na procura por aulas complementares à grade escolar como inglês e robótica. Em 2019, a empre sa já registrou 11 novos contratos assinados pelas redes no formato in school, isto é, escola dentro da escola – destas, sete estão na região Sudeste.

Em apenas dois meses do ano, a Ensina Mais Turma da Mônica assinou quatro contratos de operações de ensino para atuação em escolas cariocas. A marca responderá por aulas de robótica em instituições localizadas na Barra da Tijuca, em Freguesia, Mesquita e Niterói.

"A tecnologia aplicada à educação torna o ensino mais fácil e dinâmico. As escolas têm percebido isso e estão correndo atrás de complementar suas aulas com metodologias inovadoras", diz Mário Bianchi, franqueado da Ensina Mais responsável pela unidade na Barra da Tijuca, que passou também a atuar em uma escola particular no mesmo bairro e que projeta concretizar outras cinco parcerias neste formato in school até o final de 2019.

"Os colégios têm dificuldade em implantar um modelo específico de ensino e veem em nossas redes, que têm uma metodologia lúdica e diferente da ensinada em sala, a oportunidade de ampliar a oferta e a experiência de aprendizado de seus alunos", explica Camilo Carvalho, gerente de expansão da MoveEdu. "Por isso, têm buscado apoio em quem tem anos de expertise lidando com a área. Além disso, para as escolas é um modelo de fácil implantação, já que o custo é baixo", comenta.

Inglês lúdico também cresce

Quanto mais cedo as escolas adotarem metodologias inovadoras, maiores as chances de sucesso. Assim, a Pingu's English, líder mundial em ensino de idiomas infantil que já ajudou milhões de pessoas em 60 países a aprenderem inglês, tem tido destaque. Com o ensino do idioma aliado a inovações que ajudam no desenvolvimento de habilidades sócio emocionais, solução de conflitos, trabalho em equipe e outros, a marca já implementou sete operações para escolas só nesse início de ano, sendo três delas em Belo Horizonte, Minas Gerais, nos bairros Floresta, Sagrada Família e Ipiranga. As demais estão no Ceará (duas), Campinas (SP) e no Distrito Federal (Brasília).

Um segundo destaque se deu, também, por conta da mudança da base curricular, implementada no ano passado, que passa a exigir a maior presença de tecnologias na grade curricular. "Investir em um ensino diferenciado traz maiores chances de se ter um resultado positivo", explica Débora Calais, franqueada da Pingu's que conseguiu levar a metodologia de ensino no formato in school para três escolas particulares nesse início de ano e que planeja concretizar o dobro de operações até o final de 2019. "A nova base curricular fez crescer as demandas dos colégios por um ensino que prepare o estudante e o qualifique no uso de novas ferramentas desde cedo, seja em matérias tradicionais, como matemática e português, ou em idiomas estrangeiros", comenta.

"De fato, o Sudeste ainda é a região com maior destaque na procura pelo ensino in school. A procura das escolas por esses serviços tem tomado a dianteira nos estados que o compõem", comenta Camilo. "Mas a tendência é que essas contratações se pulverizem para todo o país, já que a demanda pelo ensino integral tem crescido nos últimos anos", comenta.

Como é a oferta das aulas nas escolas

As aulas que complementam o ensino integral nas escolas podem ser implementadas de duas maneiras: junto à grande escolar (intracurricular) ou como atividades ofertadas separadamente (extracurricular). Para o primeiro caso, fica definido entre o colégio e a rede de ensino qual o valor que passará a complementar a mensalidade do colégio. Já no segundo caso, paga-se o tíquete como uma aula extra que o aluno fará. O valor médio de aula na Ensina Mais é de R$ 150; no caso da Pingu's, o valor de ensino é cerca de R$ 350.

Ensina Mais Turma da Mônica

Rede de apoio escolar, em parceria com a Turma da Mônica. Trabalha com crianças e adolescentes nas disciplinas de português, matemática, robótica, inglês e informática. A rede surgiu em 2012 da necessidade de melhoria na educação de base das crianças e jovens brasileiros, que chegam hoje ao ensino médio com desempenho muito aquém do necessário para ingressar em uma boa universidade.

Pingu's English

A Pingu's English School é um avançado modelo educacional que chegou para revolucionar o ensino da língua inglesa para crianças de dois a dez anos. Baseado no famoso personagem dos desenhos infantis Pingu™, a Pingu's English chegou ao Brasil por meio de uma parceria da MoveEdu, um dos maiores e mais premiados grupos de redes de franquias educacionais do Brasil, com a inglesa Linguaphone Group, líder mundial em ensino, com mais de 100 anos de experiência e desenvolvedora do método.

Sobre a MoveEdu:

A MoveEdu detém as maiores redes de cursos profissionalizantes do Brasil: Prepara Cursos, Microlins, People e SOS. Com mais de 30 anos de experiência no setor, 500 mil alunos ativos e milhões formados e cerca de 1,2 mil unidades no país, as marcas oferecem mais de 90 opções de capacitação profissional em diversas áreas. A MoveEdu também detém as marcas Programas Educacionais Ensina Mais Turma da Mônica, hoje uma referência em complemento escolar de Português, Matemática, Inglês e Robótica no Brasil, e as recém-lançadas marcas de idiomas English Talk, focada em inglês para adultos e a Pingu's English, escola internacional de inglês para a primeira infância. Com a aquisição da plataforma Prospere ITB, em dezembro de 2018, a MoveEdu passou também a ofertar mais de 200 cursos de Ensino à Distância (EAD), todos aprovados pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC). A MoveEdu tem a tecnologia em seu DNA. A metodologia adotada pelas suas marcas é o ensino híbrido, que une o melhor da tecnologia da educação, como aulas digitais interativas e ensino inteligente individualizado, com o acompanhamento de educadores em atividades face a face, permitindo que o aluno desenvolva suas habilidades no seu ritmo e com alto desempenho.

 

Encontre a melhor franquia para você: Franquias por segmentos e ramos

 

Fonte: Assessoria - www.suafranquia.com

Encontre a melhor franquia para você

-->