Escola de idiomas do sul quer dobrar número de franqueados

Franquia de escola de idiomas que investe em tecnologia de ensino e permite aos alunos alcançar fluência em inglês ou espanhol em até dois anos e meio, a Rockfeller Brasil se estabeleceu no Sul do país com 27 unidades e diversos prêmios de qualidade da ABF (Associação Brasileira de Franchising). Com duas lojas recém-abertas em São Paulo, agora a empresa aposta na consolidação no estado e expansão para outras regiões com o objetivo de dobrar o número de franqueados.

A estratégia da franquia se adequa ao momento pelo qual passa o país. Por um lado, com a crise econômica há uma tendência entre os profissionais de buscarem uma melhor qualificação. Por outro, trata-se de um setor onde os empreendedores podem fazer planos consistentes a longo prazo conforme o número de matrículas. “Nos primeiros meses do ano, já é possível ter uma ideia bem precisa de qual será o faturamento total até dezembro. A taxa de evasão dos alunos é muito baixa e pode ser estimada”, explica André Belz, diretor da empresa.

A Rockfeller se destaca por um método de ensino voltado para a conversação, com foco em inglês e espanhol atuais, e uso de recursos digitais. A escola trabalha com turmas pequenas, de no máximo seis alunos, e as unidades são equipadas com TVs digitais touchscreen, além de oferecerem jogos interativos e atividades específicas para crianças, jovens e adultos. “É um curso rápido, dinâmico e eficiente”, conta Belz.

O investimento inicial para abrir uma unidade da Rockfeller por um ano fica entre R$ 145 mil e R$ 230 mil, com retorno previsto em até 24 meses e faturamento médio mensal estimado de RS 120 mil. 

OUTRAS OPORTUNIDADES: FRANQUIAS DE ESCOLAS DE IDIOMAS

Encontre a melhor franquia para você