Início / Notícias / Casa e Construção / Saiba mais sobre as franquias imobiliárias

Saiba mais sobre as franquias imobiliárias

Saiba mais sobre as franquias imobiliárias

Compartilhe:   

O mercado imobiliário vem sendo um dos maiores destaques da economia brasileira. Nos últimos quatro anos, o faturamento do setor avançou 190%. Em São Paulo, apenas os imóveis novos movimentaram, em média, 404 milhões de reais por semana em 2013, de acordo com dados da Secovi-SP.

Para quem quer entrar nesse lucrativo setor, a franquia imobiliária é o caminho mais simples e seguro, dispensando até experiência ou conhecimento prévio na área. O modelo ainda é pouco conhecido no Brasil, mas no exterior as franquias imobiliárias já fazem sucesso há décadas. Para se ter uma ideia, nos Estados Unidos elas representam mais de 89% do mercado imobiliário.
 
Por aqui, esse mercado começa a ganhar fôlego. Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), em 2013, havia 61 redes de franquias do setor imobiliário e de construção. Juntas, elas registraram um faturamento anual de 2,8 bilhões de reais. O nicho é uma excelente oportunidade para quem quer entrar no mercado imobiliário, mas não sabe nem por onde começar, e também para quem já atua no setor, mas busca um modelo de gestão mais eficiente e uma marca sólida para impulsionar seus negócios.
 
Se abrir uma empresa é sempre arriscado, optar por uma franquia diminui consideravelmente o risco de fracasso. Os números não mentem. De acordo com os dados do IBGE, enquanto 48% das novas empresas morrem antes dos três anos de vida, apenas 5% das franquias deixam de existir nesse mesmo período de atividade. O segredo é que sua empresa já nasce com um nome forte no mercado e você já entra para o mundo dos negócios capacitado e com todo know-how necessário, que lhe será repassado pelo franqueador.
 
Outra vantagem é que muitas franquias do ramo de serviços, especialmente as de menor investimento, funcionam no sistema home based, ou seja, são administradas de casa. Ao optar pela franquia imobiliária, você vai ter uma rotina de empresário, com um escritório próprio e equipe completa. Além, é claro, das vantagens de ser seu próprio patrão, como maior controle sobre sua agenda e flexibilidade para cuidar de assuntos pessoais.
 
Além disso, a compra de equipamentos e o abastecimento de estoque são gastos comuns de um franqueado. Produtos guardados no estoque significam dinheiro parado. Mas não para quem tem uma franquia imobiliária. Suas únicas preocupações com custos fixos são com o aluguel do imóvel e a remuneração da equipe.
 
Se o custo operacional é baixo, o mesmo não se pode dizer das margens de lucro. Um imóvel tem um ciclo de venda mais longo que qualquer produto de varejo, sem dúvida, mas os valores absolutos são muito maiores. Um apartamento com um dormitório chega a custar mais de 400 mil reais em São Paulo. Tomando como base o padrão de mercado (6% de lucratividade), em apenas uma venda, a comissão é de 24 mil reais. Ou seja, uma única venda de altíssimo padrão pode representar o retorno do seu investimento inicial.
 
Além de todas essas vantagens, um franqueado do setor imobiliário tem acesso a um banco de dados com milhares de imóveis captados por toda a rede, recebendo ainda todo o suporte e capacitação para vender com mais eficiência. Pondere tudo isso e analise se este é o mercado certo para você.
 
Fonte: InformaMídia Comunicação, Germano Lerdi Neto.
 

 

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?