My Gloss se destaca no setor de acessórios femininos

O mercado de acessórios no Brasil cresceu de forma considerável nos últimos anos. O setor voltado ao público feminino está inflando significativamente a cada dia e as mulheres buscam moda a preços competitivos. Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o segmento de acessórios pessoais é um dos que mais cresce no setor de franquias. O comércio de bijuterias está inserido nesse segmento que no ano de 2012 apresentou um faturamento de R$ 4.842 bilhões e crescimento de 29,9% em relação à 2009. Diante este cenário, a My Gloss se diferencia da concorrência por ser uma rede que aposta em acessórios realmente de moda, algo até então não usual neste mercado.

As coleções da My Gloss apresentam uma atmosfera mais descontraída e alegre, porém nada é encontrado semelhante no mercado. O grande diferencial que atrai milhares de consumidoras no país é o fato das criações fugirem da bijuteria como ‘imitação’ de joias e sim apostar em criações que traduzem as principais tendências de moda. “É um potencial pouco explorado, onde a maioria das redes de acessórios entra com produtos “comprados” por terceiros e em sua grande maioria são imitações de joias”, enfatiza Rodrigo Stocco.

Os próprios lojistas do mercado começaram a perceber que o acessório poderia ser um excelente complemento de venda, ou até mesmo a venda principal. Outro fator importante é o crescimento exponencial do consumo o que potenciou os negócios da família Stocco.

O empresário ainda ressalta que apostou neste nicho, pois sua irmã, Kátia Stocco, é estilista e entrou no projeto com as criações. “Apresentamos cada vez mais oportunidades e produtos com propostas altamente criativas, tornando o setor mais atraente”, completa.

A empresa fornece aos franqueados os produtos, garantindo a exclusividade. E conta com uma equipe de estilistas que aplica em suas peças o que há de mais novo na moda. “O modelo de suprimentos foi inspirado na Arezzo. Fazemos a criação e temos uma empresa responsável pelo gerenciamento desta produção junto às fábricas parceiras” ressalta Stocco.

A rede possui seis pontos de vendas: quatro na capital paulista, Shopping Pátio Paulista, Shopping Ibirapuera, Shopping Mooca e Shopping Anália Franco; e outros dois em Campo Grande (MS), Shopping Norte Sul e Shopping Campo Grande. Segundo Stocco, até o final do ano serão 10 lojas e a meta é e fechar 2012 com faturamento de R$ 9 milhões, 200% a mais do que em 2011. Para 2013 a expectativa é encerrar o ano com 32 lojas em cidades com mais de 400 mil habitantes.

A MyGloss custa R$ 275 mil fora o ponto comercial. A taxa de franquia é de R$ 45mil com projeção de retorno de aproximadamente 24 meses e faturamento médio mensal de R$ 70 mil. A loja deve ter cerca de 30 a 45 m², com seis funcionários por ponto. O investimento inclui instalação da unidade, estoque, treinamento e ferramentas para gestão do negócio.

Além de se tornar um referencial no Facebook, sendo a primeira rede de franquias a utilizar a internet como principal compartilhamento de moda na internet. Hoje a marca conta com quase 1 milhão de pessoas na rede social.

>> Conheça outras franquias de acessórios

Encontre a melhor franquia para você

-->