Cafeterias aquecem o mercado de franchising

Bebida é uma das mais consumidas pelos brasileiros

Perdendo apenas para os Estados Unidos, o Brasil é o segundo maior consumidor de café do mundo. Segundo a projeção realizada pela Euromonitor International divulgada durante o 26º Encontro Nacional das Indústrias de Café (Encafé), 2018 somou uma quantidade de 22,9 milhões de sacas consumidas em terras tupiniquins no ano passado. O número representa um crescimento de 3% a 3,5% em relação a 2017.

De acordo com a pesquisa, o Brasil responde a 16% do volume total de café consumido mundialmente. Os dados correspondem às diferentes categorias da bebida: torrado e moído, grãos, cápsulas e solúvel. O consumo médio anual per capita é de cerca de 839 xícaras de 40ml, segundo a Euromonitor.

Dentro do mercado de franquias, as cafeterias de encaixam no segmento de Alimentação, o mais representativo do franchising. Segundo o balanço divulgado pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor faturou em 2018 R$11,6 milhões e expandiu 6,7% no último trimestre em comparação ao ano anterior.

O alto consumo da bebida pela população aliado ao bom momento do mercado faz das franquias de cafeterias boas opções de negócios para investir. Sem valores muito elevados de investimento e operacional, além de demanda diária do produto, essas lojas comercializam uma bebida com baixo valor de vendas.

Confira 5 opções de franquias de cafeterias para investir:

A Mineira Cafeteria

Braço da fábrica A Mineira, a cafeteria busca equilibrar a satisfação entre clientes e franqueados. O projeto padroniza os pontos comerciais sem enlatar o franqueado, homologa parceiros e fornecedores para dar suporte nas montagens e um treinamento prático na unidade piloto.

Para abrir uma franquia do A Mineira, o investimento inicial é de R$88. 242 e retorno de investimento de 18 a 36 meses.

Clique aqui e saiba como abrir uma franquia A Mineira Cafeteria

Vanilla Caffè

Em 2008, o Vanilla Café nasceu a partir de um blend exclusivo. Cultivados a mais de 1200 metros de altitude, no sul de Minas Gerais com ponto de torra preciso, o Vanilla Caffè conquistou muitos prêmios pela excelência de seu produto.

O investimento inicial da cafeteria é de R$177 mil, com faturamento médio mensal de R$45 mil e tempo de retorno de 24 a 36 meses.

Grão Espresso

Com um sistema de franquias chancelado pela Associação Brasileira de Franchising, a Grão Espresso está entre as melhores redes de franchising nos quesitos "padrões de comercialização" e "operação". Em todas as lojas, apenas o café 3 Corações é servido visando manter a qualidade dos produtos e serviços oferecidos.

As taxas de investimentos variam entre R$110 mil e R$170 mil.

Sterna Café

Idealizado por profissionais com know-how em franquias, o Sterna Café oferece um modelo de negócio aliado a rentabilidade, ambiente arrojado e produtos de alta qualidade. A rede oferece consultoria de campo, treinamento, apoio da equipe de marketing entre outras assistências.

O Sterna Café disponibiliza três modelos de franquias: loja, bistrô, to go e quiosque. O investimento inicial varia entre R$179 mil e R$825 mil com retorno de investimento de 24 a 36 meses.

Mr. Black Café

Rede mineira fundada em 2006, a Mr. Black Café só iniciou seus planos de expansão através do franchising 6 anos depois. A marca possui unidades nos estados de Minas Gerais, Pernambuco, Goiás e Espírito Santo.

Com modelos de quiosque e loja de rua ou shopping, a rede tem investimento inicial de R$180 mil.

Clique aqui e confira mais opções de franquias de Cafeteria

Fonte: Sua Franquia - www.suafranquia.com

Encontre a melhor franquia para você