Início / Notícias / Gurus / Como o setor de Franchising enfrenta crises e se mantém em crescimento

Como o setor de Franchising enfrenta crises e se mantém em crescimento

A instabilidade provocada pelas crises política e econômica torna complexo o entendimento sobre os indicadores recordes recentes

Como o setor de Franchising enfrenta crises e se mantém em crescimento

Compartilhe:   

Qualquer estudo quanto ao futuro é visto com ceticismo. O momento não é de projeções, mas de análise. Um dos poucos setores que está enfrentando de frente a crise e levando certa vantagem é o de Franquias. Seguem alguns fatores que contribuem para isso:

1.    Novas oportunidades: 

As perdas de emprego de altos executivos, a alta do dólar e medo de investir na bolsa, contribuíram em um aumento de 20% de consulta de interessados em estrear no mercado de franquias, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF).

2.    Opções de diferentes setores de atividades: 

O setor de franquias possui uma ampla variedade, se um setor é afetado, oportunidades com a crise poderão ser identificadas em outros setores.

3.    Baixo investimento: 

Procura por microfranquias (investimentos de até R$ 80 mil) vem crescendo e já representam 5% do mercado brasileiro. 

4.    Inovação:

O setor de franquias acompanha a tendência e negócios inovadores são facilmente adaptados. Como por exemplo, os Negócios sobre Rodas, algumas redes de franquias trocaram as lojas por unidades móveis e carrinhos, reduzindo o custo em até 70%. 

É importante destacar que grande parte das franquias são sólidas no apoio à gestão, incluindo programas de capacitação aos colaboradores e executivos franqueados, contribuindo para a prevenção de ameaças externas, a exemplo da crise.

 

Encontre a melhor franquia para você: Franquias por segmentos e ramos
Confira mais artigos em: Gurus do Franchising

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?