Notícias / Gurus / Por que o Brasil se transformou em um celeiro de franquias e bons franqueados?

Por que o Brasil se transformou em um celeiro de franquias e bons franqueados?

Compartilhe:   

Na última Feira de Franquias de São Paulo, a ABF Expo Franchising, tive a oportunidade de recepcionar no estande de nossa marca um executivo interessado em abrir o seu primeiro negócio próprio. Pesquisando diversos segmentos, o empresário me contava os motivos que lhe fizeram procurar o setor de franquias: o bom desempenho nos últimos anos e a segurança e estabilidade financeira que o negócio poderia gerar a ele e sua família. Em minha concepção, a conversa com esse futuro empreendedor ilustra o protagonismo do franchising na nova realidade. 

Vejo dois cenários complementares impulsionando o setor de franquias no Brasil. O franchising se tornou atraente para um grande número de executivos que, por conta do potencial de crescimento do setor e oportunidades de investimento com retorno seguro, buscam na franquia uma nova perspectiva para as suas carreiras.  Por outro lado, a maior facilidade de acesso ao crédito beneficiou o consumidor final e os empreendimentos que lidam diretamente com este público, caso da maioria das redes de franquias.

Em outras palavras, seja para empresários ou para consumidores, o setor de franquias tem apresentado boas oportunidades. Se por um lado há um número cada vez maior de empreendedores dispostos a investir e um contingente enorme de pessoas dispostas a consumir, por outro o franchising proporciona ao consumidor ampla variedade de opções de boas marcas no mercado. Esse cenário é corroborado ao analisarmos os números recentes do setor. Entre 2002 e 2012 o número de empreendimentos operando sob a chancela de uma marca praticamente dobrou, saltando de 56 mil para mais de 104 mil. No mesmo período, o faturamento do franchising quase que quadriplicou, saindo de R$ 28 bilhões para mais de R$ 103 bilhões.

Este aumento também sustenta, em boa parte, as oportunidades de negócio que surgem no mercado de shopping centers. Esses centros comerciais, cada vez mais, se transformam nos locais preferidos pelas famílias brasileiras, quer seja para consumo ou entretenimento e lazer. 

Além dos empreendedores natos, o franchising também passou a atrair um número sem fim de novos empresários. Dentre os novos empreendedores, destacam-se os aposentados, que hoje vêm no sistema de franquias uma opção interessante para manter-se ativos. Para as franqueadoras, a chegada de pessoas com esse perfil traz uma característica muito bem-vinda dentro de novos negócios: a maturidade gerencial, uma habilidade que somente é desenvolvida após anos de experiência, seja ela como empregado ou empregador. 

O que ficou desse encontro, durante a feira, foi a certeza de que cada vez mais pessoas, com ampla experiência no mercado corporativo e bagagem comercial, têm procurado o franchising como um novo caminho de realização profissional.

Como empresário do setor, fico feliz com isso, pois estamos recebendo cada vez mais pessoas qualificadas e com o compromisso pessoal de fazer o seu negócio dar certo. Afinal de contas, o sucesso, mesmo em uma operação franqueada, depende, e muito, do total comprometimento do operador local.

 

Encontre a melhor franquia para você: Franquias por segmentos e ramos
Confira mais artigos em: Gurus do Franchising

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?