Início / Notícias / Gurus / Por que ser um franqueado?

Por que ser um franqueado?

Por que ser um franqueado?

Compartilhe:   

Já imaginou ter que construir um negócio tendo como retaguarda uma marca que nunca foi ouvida, vista e reconhecida por alguém? Começar do zero? Por outro lado, já pensou em iniciar seu negócio com uma marca consagrada no mercado, percebida positivamente, com altos investimentos em marketing e comunicação?

A vida é feita de escolhas. Pode-se optar por caminhos mais seguros ou mais aventureiros. A escolha de ser franqueado de uma marca já estabelecida no mercado tem muitas vantagens que podem fazê-lo chegar na frente e mais rápido. Mesmo assim, não se engane: estar à frente do negócio vale para qualquer opção selecionada e para fazer toda a diferença.

Se analisarmos a definição de franquia, veremos que é uma modalidade de negócio comercial que envolve a concessão e transferência de marca, tecnologia, produtos ou serviços e consultoria operacional. É um sistema no qual o franqueador oferta a um interessado, possível franqueado, o uso da marca, com distribuição de serviços e produtos. Há desafios a serem vencidos nesta parceria entre franqueador e franqueado e também existirá sempre uma grande troca de conhecimentos que só tende a fortalecer o relacionamento entre ambos para garantir o sucesso do negócio.

Se o franqueado optar por fazer parte de uma marca que possui excelente estrutura e organização, ele pode ter acesso a benefícios incríveis que podem garantir o desenvolvimento e sucesso do seu negócio, como: treinamentos constantes, atualizações, know how, experiência e aconselhamentos que não têm preço. E mais: numa franquia, pode-se contar com a verba cooperada, além de  investimentos próprios para ações na comunidade situada no entorno do estabelecimento. As ações regionalizadas também são recomendadas.

A taxa de mortalidade em cinco anos de um negócio independente, por exemplo, é de 80% enquanto o de franquias é de apenas 15%. Este índice se deve ao fato de o franqueado não precisar começar do zero. Em um sistema de franquia, as decisões não são tomadas sozinhas, o que reduz a possibilidade de errar nas estratégias definidas. Entretanto, há regras a serem cumpridas.

O grande valor de todo esse processo é poder observar, estudar e, por fim, entender como funcionam as mentes dos consumidores.  Afinal, são para eles que os produtos são criados e são os canais de experimentação e relacionamento com os clientes, levando diversos benefícios racionais e emocionais.

Mas afinal, qual é o destaque em ter uma franquia? Além da qualidade e do reconhecimento da marca, é poder oferecer um atendimento impecável aos clientes com uma bela retaguarda profissional. Boa sorte!

Por Silvana Abramovay Marmonti, sócia-diretora da Amor aos Pedaços

 

Encontre a melhor franquia para você: Franquias por segmentos e ramos
Confira mais artigos em: Gurus do Franchising

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?