Início / Notícias / Serviços / Diante de expansão imobiliária, minimercados autônomos se destacam como diferencial na escolha pelo condomínio

Diante de expansão imobiliária, minimercados autônomos se destacam como diferencial na escolha pelo condomínio

Fenômeno de verticalização abrange todo o Brasil e tende a incentivar a valorização de hub de serviços em prédios residenciais

Diante de expansão imobiliária, minimercados autônomos se destacam como diferencial na escolha pelo condomínio

Compartilhe:   

Estimativa do Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP), indica que o lançamento de imóveis pode crescer até 5% ao longo de 2023 e a venda de imóveis entre 5% e 10% no período. Tais dados indicam que, aos poucos, o País volta à normalidade e quem quer atrair o consumidor tem que se diferenciar dos concorrentes. 

O mesmo ocorre com empreendimentos já entregues, que precisam entender o perfil de seus moradores e sempre pensar em soluções aos condôminos. Uma tendência que tem agradado aos moradores são as lavanderias compartilhadas e os mercados autônomos, ambos como soluções rápidas para as necessidades desses moradores. 

Para Murilo Specchio, cofundador e responsável pela expansão comercial da Honest Market Brasil, franquia de minimercados em condomínios residenciais, ter essa opção dentre os hubs de serviços de um empreendimento ajuda na aquisição de um imóvel. “O aumento na quantidade de lançamentos de prédios trouxe a exigência de um ecossistema que possa ser partilhado entre o condomínio e seus moradores. O hub de serviços dentro de um edifício é o fator chave para atender um consumidor de forma ágil, simples e rápida. Conveniência é a palavra do futuro e é exatamente isso que está sendo procurado”.  

O especialista reitera que, as construtoras devem pensar na inserção dos mercados autônomos antes mesmo da entrega das chaves e usar essa comodidade como atrativo benéfico aos futuros moradores. “Prever o espaço antes é excelente. Assim, podemos desenhar um projeto customizado respeitando as características da estrutura, o que exige menos adaptações.” 

A fim de tranquilizar os síndicos e responsáveis condominiais, Murilo garante que a instalação de serviços como os minimercados tem o propósito único e exclusivo de auxiliar a gestão: “Os síndicos já têm muitos desafios cotidianos. Nosso modelo de negócio foi criado justamente para evitar qualquer trabalho ou envolvimento do mesmo e de outros gestores. É simples e facilitado desde a implantação até o abastecimento de produtos e compartilhamento de resultados. Aos incorporadores e construtoras, recomendo visualizarem a possibilidade o quanto antes para garantir que os próximos lançamentos já sejam previstos com essas soluções, valorizando os imóveis e proporcionando conveniência aos futuros moradores”, finaliza.

Fonte

Divulgação 

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?