Início / Notícias / Serviços Educacionais / Tendências de 2024 para o mercado de franchising no ramo da educação

Tendências de 2024 para o mercado de franchising no ramo da educação

Em seu artigo mensal, o agora COO do Cebrac - Rogério Silva, fala sobre o que esperar do segmento ao longo deste ano

Compartilhe:   

O mercado de franchising no Brasil demonstra resiliência e dinamismo frente à economia brasileira. Com o amadurecimento deste setor, há um potencial significativo para alcançar novos objetivos. Especificamente na área da educação, observa-se uma evolução notável nos negócios, impulsionada pela crescente demanda por serviços inovadores.

De acordo com a pesquisa da ABF (Associação Brasileira de Franchising), o mercado de franquias educacionais está em alta, com crescimento projetado de 10% em 2024.

No cenário pandêmico, as empresas desse setor precisaram se reinventar, fazendo uso da tecnologia para enfrentar os desafios. Atualmente, elas estão adotando ferramentas inovadoras como parte fundamental de suas operações. A capacidade de acompanhar as últimas tendências e inovações tornou-se crucial para garantir o sucesso contínuo de uma marca. As franquias educacionais seguem esse movimento, investindo em tecnologia para se manterem alinhadas com o ritmo do mercado. 

O franchising está se tornando cada vez mais atrativo devido às inúmeras oportunidades de trabalho que oferece, além de realizar o sonho de muitas pessoas de serem seus próprios chefes. Essa modalidade de negócio proporciona uma alternativa empolgante para empreendedores em potencial, permitindo-lhes ingressar no mercado com o suporte de uma marca estabelecida.

Segundo a ABF, o número de empregos diretos gerados pelo setor no terceiro trimestre de 2023 foi de 1,645 milhão de trabalhadores. O levantamento com relação ao ‘movimento de abertura e fechamento de operações’, indicou que foram inauguradas 4,5% mais unidades em 2023 comparado ao terceiro trimestre de 2022.

O crescimento contínuo é impulsionado pela consolidação do setor, alinhando-se não apenas às metas de faturamento, mas também aos valores emergentes, como responsabilidade social e sustentável. Além disso, a expansão para regiões interioranas vem se mostrando uma estratégia eficaz, respondendo às demandas locais e promovendo o acesso à educação. Ao considerar esse contexto, é essencial, para qualquer negócio, não apenas buscar lucro, mas também construir relações sólidas com os clientes, baseadas na confiança e no compromisso com questões relevantes para a sociedade.

Se você, futuro empreendedor, está pensando em investir em educação, o segmento de franchising é ideal para colocar as suas ideias em prática. Cito aqui 4 tendências de 2024 para o mercado de franchising:

1.    Tecnologia: um suporte que flexibiliza os canais de vendas e comunicação, mantendo a interação entre marca e cliente, por meio de um aplicativo, por exemplo, para tornar a experiência do consumidor completa. Além disso, os franqueados podem contar com suporte virtual para treinamentos e cientes sobre os próximos passos sugeridos pela franqueadora;

2.    Expansão para o interior: prezando pela qualidade de vida e estabelecer laços mais estreitos com os clientes, os franqueados estão investindo também nas cidades do interior, fomentando a empregabilidade da região;

3.    Sustentabilidade e responsabilidade social: com a mudança de comportamento dos consumidores, as empresas buscam destacar seus valores através de ações mais sustentáveis, intensificando seus compromissos ambientais e sociais;

4.    Humanização das relações: para manter a humanização no relacionamento entre franqueador e franqueado, as redes estão buscando aprimorar os estilos da comunicação. Além das ferramentas jurídicas, é importante praticar a escuta ativa e a empatia. 

No Cebrac, o novo empreendedor investe em um negócio com foco em educação profissionalizante com tecnologia e inovação, visando reduzir custos, aumentar a performance e potencializar o aprendizado.

 

Rogério Silva, COO do Cebrac

*Por Rogério Silva, COO do Cebrac

 

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?