Início / Notícias / Saúde, Beleza e Bem-Estar / 7 segredos das farmácias independentes para o crescimento no mercado

7 segredos das farmácias independentes para o crescimento no mercado

No Brasil, até o final de 2022, havia cerca de 90,9 mil estabelecimentos farmacêuticos com portas abertas, sendo que cerca 66% eram de origem independente

7 segredos das farmácias independentes para o crescimento no mercado

Compartilhe:   

O crescimento do varejo farma sempre se mostrou bastante consistente. Não apenas por questões econômicas, uma recente pandemia, a longevidade da população e o lançamento de outras moléculas, contribuem num espectro macro para esse comportamento. Se levarmos então em consideração as deficiências do sistema público de saúde no Brasil, onde as farmácias são a porta de entrada para o acesso à saúde no Brasil, isso fica mais evidente.

Basta ver que no Brasil, até o final de 2022, havia cerca de 90,9 mil estabelecimentos farmacêuticos com portas abertas, sendo que cerca 66% eram de origem independente, ou seja, sem qualquer ligação com redes de farmácias ou associações de drogarias, segundo o estudo feito pela ABCFarma (Associação Brasileira do Comércio Farmacêutico) em conjunto com o instituto de pesquisas IQVIA. Ah!!! Vale observar que só no Estado de São Paulo estão aproximadamente 15 mil lojas.

Em valores, o varejo farma obteve algo em torno de R$ 185 bilhões de faturamento em 2022. Ainda enfrentando desafios por não ter a mesma escala frente as grandes redes, abaixo listo sete bons motivos responsáveis que alavancam o sucesso das farmácias independentes, atrelado especialmente a pontos específicos de gestão:

1 - Atendimento personalizado

 São capazes de entregar isso ao cliente com mais facilidade. Além disso, constroem relacionamentos fortes com a vizinhança, oferecendo cuidados e atenção individualizados. Isso é fator preponderante para estabelecimento de relações de confiança.

2 - Presença local

Tendem a estar profundamente enraizada na comunidade que atendem, permitindo que entendam melhor as necessidades de seus clientes e adaptem suas ofertas.

3 - Mercados de nicho 

Algumas farmácias independentes se especializam em nichos de mercado ou áreas específicas de saúde, como medicamentos compostos, remédios fitoterápicos ou medicamentos especiais.

4 - Flexibilidade e inovação

 As farmácias independentes têm a vantagem de serem mais flexíveis, ágeis e inovadoras em comparação com as grandes redes.

5 - Colaboração com provedores de saúde

Farmácias independentes podem colaborar estreitamente com provedores de saúde locais, incluindo médicos e clínicas. Essas colaborações podem levar a encaminhamentos e uma abordagem bem mais ampla para o atendimento ao paciente.

6 - Serviços expandidos

Para se manterem competitivas, elas ampliaram seus serviços além da dispensação medicamentosa, oferecendo imunizações, gerenciando terapias, realizando exames de saúde (aferição de pressão e medição de glicose) e outros serviços de valor agregado.

7 - Foco no bem-estar

Ao se concentrar na promoção do bem-estar geral e cuidados preventivos, fornecem recursos adicionais como aconselhamento para capacitar seus clientes a fazerem escolhas mais saudáveis.

Mesmo diante de desafios como a concorrência de grandes redes com preços mais competitivos, custos operacionais mais elevados e complexidades regulatórias, o bom desempenho das farmácias independentes é influenciado por sua capacidade de se diferenciar, respondendo às necessidades de suas comunidades e fornecendo serviços que vão além da mera dispensação de medicamentos.

O varejo farmacêutico deve crescer ainda mais nos próximos anos e estar preparado para atender as demandas e as novas necessidades dos consumidores fará uma grande diferença. É hora de fazer a lição de casa, sem medo, mas com muita confiança.

*Luiz Muniz é mestre em Estratégia de Operações, especialista em empresas familiares e diretor da Telos Resultados.

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?