Notícias / Negócios / Com dificuldades na fala durante a infância, empresário criou startup focada no desenvolvimento de crianças autistas

Com dificuldades na fala durante a infância, empresário criou startup focada no desenvolvimento de crianças autistas

Genial Care desenvolve ferramentas para ajudar crianças com TEA e a seus familiares

Compartilhe:   

A startup Genial Care, fundada no Brasil pelo norte-americano Kenny Laplante, trabalha de forma multidisciplinar no cuidado e evolução de crianças autistas e suas famílias, conectando tecnologia e embasamento científico às pessoas. A empresa tem o compromisso de criar ferramentas para ajudar no desenvolvimento de crianças com TEA (Transtorno do Espectro Autista) e capacitar e apoiar pessoas cuidadoras nessa jornada.

”Acreditamos em uma ideia simples, mas fundamental: toda criança merece atingir seu máximo potencial. Assim como aqui dentro: cuidamos e desafiamos nossas próprias pessoas a se tornarem a melhor versão de si mesmas”, ressalta o fundador da Genial Care, Laplante.

Uma pesquisa feita em 2020 pela startup com mais de 500 cuidadores de crianças de até 12 anos diagnosticadas com autismo mostrou que as mães são as principais responsáveis pelo cuidado do filho (86% dos casos). Quase 70% dos entrevistados disseram que precisam de ajuda para planejar o futuro a longo prazo da criança e 57% gostariam de orientação sobre o fazer e como agir diante de situações desafiadoras.

A ideia para o negócio veio da soma das experiências de Laplante como investidor no fundo de investimentos General Atlantic, que investe no Brasil em companhias como QuintoAndar e Gympass, e voluntário nos postos de saúde brasileiros, enquanto buscava um nicho para atuar em saúde infantil. “Percebi que desde o diagnóstico até a intervenção, há muitas carências relacionadas ao autismo no país”, diz o empreendedor.

Atualmente, a Genial Care conta com mais de 100 colaboradores dispostos a transformar a vida das famílias que convivem com autismo no Brasil. A startup alcançou o top 5 do recém-divulgado ranking Top 100 Impact Startups to Watch, realizado pela consultoria holandesa Dealroom.co. A lista concentra as 100 melhores startups de impacto em ascensão no mundo, com base no Dealroom Signal. A Genial Care é a número 1 da América Latina no ranking e única do Brasil no top 5. A lista completa tem apenas duas empresas brasileiras.


Inovação para uma sociedade mais inclusiva

O diferencial da startup é o foco nos cuidadores. “O pai e a mãe são os professores mais naturais que qualquer criança pode ter, eles têm muito potencial para serem protagonistas, mas são ignorados nos processos”, explica Kenny.

A Organização Mundial da Saúde estima que, em todo mundo, uma em cada 160 crianças tenha autismo. Nos Estados Unidos, um levantamento divulgado em 2020 diz que uma a cada 54 crianças do país está no perfil de Transtorno de Espectro Autista (TEA). O Censo do IBGE 2022 coloca, pela primeira vez, o autismo no radar das estatísticas como forma de mapear quantas pessoas vivem com o transtorno e quantas podem ter, mas ainda não tiveram diagnóstico. No Brasil, estima-se que existam dois milhões de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) - porém, esses dados estão extremamente desatualizados, e por este motivo o IBGE passará a incluí-los no novo Censo.


Além de auxiliar as famílias, a Genial Care também é parceira de alguns dos principais planos de saúde do país, e busca expandir essa parceria, facilitando o tratamento em todas as pontas. “Oferecemos um serviço de qualidade onde entregamos o máximo de desfecho clínico, a partir de mensuração de dados, com menor custo aos planos de saúde. A nossa rede de excelência para crianças com autismo engloba avaliação integrada, intervenção da criança em domicílio, em locais de atendimentos próximos e nas nossas unidades próprias - a Casa Genial, e treinamento parental. A Genial Care tem como diferencial a multidisciplinaridade, e através de avaliação direcionamos a intervenção ideal para cada caso, em três disciplinas complementares: Terapia Ocupacional, fonoaudiologia e ABA (Análise Comportamental Aplicada). Fazemos tudo isso através de pessoas e tecnologias focadas no cuidado e desenvolvimento de crianças com autismo e suas famílias”, finaliza Laplante.

Fonte

Divulgação

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?