Notícias / Negócios e Serviços / Gigatron Franchising apresenta modelo de negócio container durante 26ª ABF Franchising Expo

Gigatron Franchising apresenta modelo de negócio container durante 26ª ABF Franchising Expo

Apostando em um investidor arrojado e no mercado de Certificado Digital aquecido, a rede de serviços em tecnologia apresenta inovação

Compartilhe:   

Gigatron Franchising apresenta modelo de negócio container durante 26ª ABF Franchising Expo: Apostando em um investidor arrojado e no mercado de Certificado Digital aquecido, a rede de serviços em tecnologia apresenta inovação e grandes chances de negócio durante aquele que é considerado o maior evento de franquias da América Latina


A Gigatron Franchising, rede de franquias de serviços em tecnologia, apresenta durante sua segunda participação da ABF Franchising Expo – esse ano em sua 26ª edição, de 21 a 24 de junho, no Expo Center Norte, São Paulo (SP) –, um novo modelo de negócio. O evento, que acontece anualmente, em São Paulo (capital), reúne as mais diversas marcas do franchising do Brasil e milhares de visitantes assíduos por novos negócios, oferecendo ótimas opções de investimento nos mais variados segmentos da economia. E a Gigatron, que registrou um crescimento de 173% ano passado, agora coloca em prática mais uma de suas ações de expansão, marcando presença na feira. 

“O objetivo é atrair novos investidores. Profissionais que buscam soluções de tecnologia, em meio a um ambiente fértil para atualização de novos negócios, networking e, o mais importante, mostrando as inovações que farão a sua empresa crescer cada vez mais”, afirma Marcelo Salomão, diretor executivo da rede. 

Ele conta que a expectativa para esse ano é ainda maior que foi ano passado. A marca estima um crescimento de cerca de 35% de visitantes no estande, durante os quatro dias de eventos, o que deve viabilizar um crescimento de 50 % em volume de negócios. “É uma das melhores oportunidades do ano para quem quer divulgar e expandir sua empresa”, reforça Salomão. A marca espera conseguir 200 leads diários e cerca de 15 novas franquias fechadas.

 

Novidade à vista! 

A Gigatron já oferece duas modalidades de negócios aos franqueados: uma na área de emissão de Certificado Digital e outra na área de comercialização de Softwares para gestão empresarial. E, agora, chega a ABF Franchising Expo 2017, apresentando em primeira mão um novo formato de negócio – o de container. “É um modelo que segue as mesmas especificações da proposta do negócio de Certificado Digital. No entanto, ele apresenta um diferencial: o atendimento é realizado dentro de um container, que pode se locomover para diversas localidades, inclusive em eventos, o que aumenta – e muito! – as possibilidades de vendas do franqueado”, explica. 

De acordo com executivo, o modelo de loja container se tornou uma tendência no mercado de franchising, por ter um baixo custo e apresentar uma estrutura mais enxuta e prática, ideal para o modelo de negócio proposto pela Gigatron. “É um formato que proporciona resultado em grande escala. O objetivo é oferecer novas oportunidades de atendimento da franquia, de maneira ainda mais inovadora e flexível”, acredita. “Além disso, existem inúmeras cidades e regiões do Brasil com potencial para receber esse modelo de negócio”, acrescenta Salomão.  

Atualmente, o modelo tradicional de uma franquia de Certificado Digital, oferecida pela Gigatron, exige um investimento de R$15.500,00 (taxa de franquia mais taxa de instalação e capital de giro), no caso de loja física e de apenas R$4.5 mil, no formato home office. Em ambas as situações, o faturamento médio mensal estimando é de R$15 mil e lucratividade de R$3.5 mil, com prazo de retorno de investimento de três a seis meses. “Ou seja, são modelos extremamente acessíveis que se encaixam no perfil que chamamos de ‘nanofranquias’, ou seja, cujo investimento é de até R$20 mil”, lembra o diretor. 

Para a grande novidade, o container, o investimento inicial será de R$ 40.5 mil, considerando taxa de franquia mais taxa de instalação e capital de giro. “Apesar de exigir um investimento acima do que já oferecemos, as possibilidades de faturamento e lucratividade também são maiores. Afinal, a característica de mobilidade do negócio – ou seja, o franqueado pode ir até o consumidor final – facilita a escalabilidade do negócio e gera 40% mais chances de se conquistar cliente que os modelos loja física fixa ou home office”, reforça Marcelo. O faturamento bruto mensal de um franqueado no modelo container é de R$ 45 mil, com lucratividade média de R$20 mil. Enquanto o prazo de retorno do investimento está estimado entre 12 e 18 meses.

 

Certificado Digital em alta 

Quando o assunto é Certificado Digital em franquias, a Gigatron Franchising sai na frente. Quase 70% dos modelos de negócio da rede é voltado para a comercialização e emissão de certificados digitais. E um dos impulsionadores desse crescimento é a própria legislação do Brasil.  

Desde julho do ano passado, empresas do Simples Nacional que possuem mais de cinco funcionários passaram a ser obrigadas a usarem Certificado Digital para que prestar informações trabalhistas, fiscais e previdenciárias. Agora, desde o dia primeiro de janeiro, essa obrigatoriedade se estendeu à empresas do Simples Nacional com mais de três funcionários.

“Essa medida vem sendo crucial no aumento da procura por certificados, o que anima cada vez mais nossos franqueados”, afirma Salomão. “É nosso modelo de negócio que mais cresce! Finalizamos o ano passado com 84 unidades desse modelo de negócio. Agora temos 90 e nossa meta, para até o final de 2017, é chegar a 140 franquias de certificado digital”, revela o executivo.   

Por isso, as metas para novos negócios, durante os quatros dias de feira esse ano são otimistas. “Nosso objetivo é conquistar, ao menos, as oito primeiras franquias no formato container. E a expectativa é que esse número chegue a 30 até o fim do ano, em todo o Brasil”, pontua o diretor da marca. Para isso, a rede aposta inicialmente nos grandes centros urbanos, como os Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, entre outros, onde a mobilidade do container pode gerar grandes benefícios de atendimento aos franqueados.

  

RAIO X MODALIDADES:

CERTIFICADO DIGITAL

Ano de Fundação: 1998

Entrada para o Franchising: 2012

Número de unidades: 90

Modelo de negócio: Loja ou Home Office

Investimento inicial (loja física): R$15.500,00 (taxa de franquia + taxa de instalação + capital de giro)

Investimento inicial (home office): R$4.500 (apenas o valor da taxa de franquia)

Taxa de franquia: R$4.500

Taxa de Instalação: a partir de R$10.500

Capital de Giro: a partir de R$500,00

Royalties: Não Possui

Taxa de publicidade: Não Possui

Taxa de Administração: 40% do Salário Mínimo 

N° de funcionários: 1

Lucro médio (líquido) mensal: R$ 3.500,00

Faturamento bruto mensal: R$15.000,00

Retorno de investimento: de 3 a 6 meses

Prazo de contrato: O contrato é renovado de 30 em 30 dias (automaticamente)

 

CERTIFICADO DIGITAL: CONTAINER

Número de unidades: 0 (*lançamento oficial durante a 26ª ABF Franchising Expo)

Modelo de negócio: Loja Container

Investimento inicial: R$ 40.500,00

Taxa de franquia: R$ 4.500,00

Taxa de Instalação: R$ 35.500,00

Capital de Giro: R$ 500,00

Royalties: não tem

Taxa de publicidade: não tem

Taxa de administração: 40% do salário mínimo

N° de funcionários: 1

Metragem quadrada mínima: 5 x2,5 m2 (Metragem fixa do contêiner)

Lucro médio (líquido) mensal: R$ 20.000,00

Faturamento bruto mensal: R$ 45.000,00

Retorno de investimento: 12 a 18 meses 

Prazo de contrato: O contrato é renovado de 30 em 30 dias (automaticamente)

 

SOFTWARE

Ano de Fundação: 1998

Entrada para o Franchising: 2012

Número de unidades:  69 unidades (sendo 3 dessas internacionais - Portugal, Argentina e Reino Unido)

Modelo de negócio: Loja ou Home Office

Investimento inicial: R$10.860,00 (taxa de franquia + taxa de instalação + capital de giro)

Taxa de franquia: R$10.000,00

Taxa de Instalação: a partir R$500,00

Capital de Giro: a partir de R$360,00

Royalties: Não Possui

Taxa de publicidade: Não Possui

Taxa de administração: 40% do Salário Mínimo

N° de funcionários: 1

Lucro médio (líquido) mensal: R$ 12.000,00

Faturamento bruto mensal: R$30.000,00  

Retorno de investimento: 01 a 12 meses 

Prazo de contrato: O contrato é renovado de 30 em 30 dias (automaticamente)

 

SOBRE A GIGATRON FRANCHISING

Fundada em 1997, na cidade de Birigui, interior de São Paulo, a Gigatron Franchising se destaca pela inovação e qualidade de seus produtos e serviços dentro da área de Tecnologia da Informação, oferecendo duas modalidades de negócios. Uma delas é o Certificado Digital, que atua com a venda de certificados para pessoas físicas e jurídicas e representa quase 70% da rede. Com ela, o franqueado pode atuar de duas formas: PA (Ponto de Atendimento) e AGR (Agente de Registro). A outra modalidade é a de Softwares, segmento que oferece a implantação de mais de 20 soluções em softwares para empresas de varejo e prestadores de serviços, que faturam até 3,6 milhões por ano, em diversas áreas de atuação.  Atualmente, a rede possui 160 unidades, sendo três dessas, internacionais (Portugal, Argentina e Reino Unido).

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?