Notícias / Negócios e Serviços / Cristais de Gramado entra no Uruguai.

Cristais de Gramado entra no Uruguai.

Compartilhe:   

Caxias do Sul (RS), 26 de Dezembro de 2006 - A empresa pretende crescer por meio de franquias, mas o número de lojas não está definido. Pioneira no Rio Grande do Sul no uso da técnica de modelagem de Murano, na Itália, a Cristais de Gramado está expandindo sua atuação no Mercosul, com a abertura de uma loja de 400 m² (CA''Décor) na cidade de Punta Del Este, no Uruguai. De acordo com o diretor da empresa, Telmo de Freitas Gomes, a opção por Punta Del Este está no público qualificado e nas projeções do setor da construção covil, que deverá entrega aproximadamente 4 mil novos imóveis dentro de três anos. Ele não revela o investimento.

Além de objetos de decoração, como artesanato de animais, cinzeiros, vasos, centros de mesa, castiçais, anjos e garrafas, a CA''Décor vende mobiliário da gaúcha Signo Móveis, de Lajeado, e da paulista By Art; luminárias Broilo, de Gramado; e utensílio para casa da A. Carneiro, de Recife. A loja permanecerá aberta durante todo ano. O empresário não revela faturamento, mas informa que 2006 fechará com incremento de 16% nas vendas em relação ao ano passado. ""A meta para 2007 é expandir a Cristais de Gramado por meio de franquias.

O número de lojas não está definido, pois acabamos de contratar uma empresa especializada na formatação de franchising"", informa o empresário Gomes, que possui varejo junto à fábrica, na localidade de Várzea Grande, e uma loja em Gramado. Não contando o ponto, uma loja de 120 m² de área de exposição e mais 50 m² de depósito exigiria investimento inferior a R$ 200 mil, incluindo estoque, estima o empresário. Mesmo antes de tornar pública a decisão de expandir a empresa, Gomes conta que turistas que visitam a fábrica se mostram interessados em criar parcerias. ""Já recebi pessoas de São Paulo e Pernambuco que querem trabalhar com os nossos produtos"", revela o diretor da Cristais Gramado, que em fevereiro de 2007 vai comemorar quatro anos de atuação.

O investimento na montagem de toda a estrutura foi de R$ 600 mil. ""Até agora nós trabalhamos muito para manter o placar zero a zero, mas obtivemos o retorno do investimento com as lojas"", comenta. Desde o começo do mês, a empresa passou a operar com capacidade de 1,2 mil quilos de cristais/mês, o triplo do volume que tinha desde 2003. O aumento se deve à inauguração de mais um forno para fazer a fundição a 1,4 mil graus centígrados durante a noite e a 1,2 mil graus durante o dia na confecção dos objetos. O investimento foi de R$ 60 mil. ""O número de peças produzidas diariamente varia conforme o tamanho, mas na média o tempo gasto é de 20 minutos. Algumas demoram o dobro e outras exigem uma hora. São peças de maior valor agregado"", explica.

A técnica de Murano, ilha localizada no mar Adriático, próxima à Veneza, data do século XIII. Em 1291, Veneza possuía ""tecnologia de ponta"" para trabalhar com vidros transparentes. A Corte, porém, com a desculpa de que a qualquer momento poderia ocorrer um incêndio numa das tantas fábricas, e dessa forma, provocar um incêndio grandioso por toda Veneza, transferiu as fábricas para a ilha, ""prendendo"" os mestres. Caso um deles fosse pego tentando fugir, o destino era a forca. (Gazeta Mercantil/Gazeta do Brasil - Pág. 3)(Guilherme Arruda).

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?