Notícias / Negócio Próprio / Empreendedorismo: 4 dicas para apostar no setor de franquias

Empreendedorismo: 4 dicas para apostar no setor de franquias

O empresário e sócio da rede de franquias Mega Studio Be Emotion, João Appolinário, dá dicas aos que pensam em empreender

Compartilhe:   

A economia ainda gera incertezas, entretanto, com a retomado do consumo alguns segmentos mostram mais otimismo. Um deles é o de franquias que, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF) estima que neste ano ocorra alta no faturamento de 9,5 a 12%, de 4% no número de redes e de 10% em novas unidades.

Em resumo, o franchising prospera e é um dos setores mais resilientes da economia. Mas, encontrar a franquia ideal, o ramo perfeito e a marca dos sonhos, por vezes, pode ser mais complexo do que parece.

Em contrapartida, investir em uma franquia é encurtar o caminho e sentir menos o peso do empreendedorismo, uma vez que as franqueadoras ofertam um modelo de negócio consolidado e amparam o franqueado em toda a jornada. “Iniciar um negócio próprio pode ser muito complicado, principalmente para as pessoas que não possuem experiência. Por isso, acredito que o modelo de franquias é ideal para quem está começando, pois oferece oportunidades de aprendizado constantes e práticas”, comenta João Appolinário Neto, sócio do Mega Studio Be Emotion.

 O CEO da rede de salões, que possui 16 unidades em São Paulo, sendo 11 franquias e com projeção de abertura de mais 10 espaços até o fim de 2023, listou quatro dicas para quem tem a intenção de investir em uma franquia, mas ainda tem algumas dúvidas. Confira.

Participe da comunidade da plataforma Sua Franquia no WhatsApp

1. Comece com franquia de investimento mais baixo

Ir devagar e apostar em franquias mais baratas, como as microfranquias é mais prudente aos que estão iniciando. “Por mais que esse seja um ponto que depende de vários outros aspectos, eu recomendaria começar com uma franquia de investimento mais baixo. Tem franquias que você pode investir de R100 mil até R300 mil, que são de portes menores e ideais para quem está começando”, comenta. Além disso, optar por franquias com menor investimento inicial oferece a oportunidade de aprender e crescer gradualmente no setor.

2. Busque ramos que tenham possibilidade de expansão

Pesquisar e se atentar quanto ao potencial de crescimento do ramo/segmento da franquia é fundamental, afinal, mercados crescentes podem garantir melhor rentabilidade, menor prazo de retorno do investimento, além da possibilidade de apostar em mais de uma unidade franqueada. “É comum que os empresários iniciantes se identifiquem mais com uma determinada área de atuação. No entanto, realizar uma análise de mercado aprofundada e escolher o ramo com consciência, é um grande facilitador para o crescimento da franquia, além de possibilitar que as chances de sucesso sejam muito maiores“, aconselha João.

 
3. Procure por marcas franqueadoras de confiança 

Optar por franqueadoras consolidadas e conversar com franqueados que atuam no ramo é indispensável para quem quer investir em uma franquia. “Para quem está começando, eu recomendo buscar uma franqueadora que esteja bem estabelecida no mercado e que saiba passar o ‘know-how’ para o franqueado. Também é interessante conversar com outros franqueados, para ver como são os processos e como a empresa oferece suporte para seus clientes”, complementa o sócio. 

4. Atente-se aos detalhes e tenha contatos 

Por fim, prestar atenção aos detalhes é um elemento essencial para qualquer negócio e no setor de franquias não é diferente. É preciso dedicar tempo para analisar com atenção diversos aspectos como, por exemplo, o contrato de franquia, as cláusulas e os requisitos estabelecidos. Além disso, é imprescindível estabelecer uma rede de contatos no setor, participando de eventos, feiras e grupos de discussão, a fim de obter insights valiosos e construir relacionamentos profissionais. “Em geral, é preciso estudar e analisar diversos pontos e ficar atento aos detalhes antes de começar, para ter segurança e assertividade na tomada de decisão”, finaliza o CEO.

Saiba tudo sobre o setor de franquias

Fonte

Divulgação 

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?