Notícias / Moda / Intimissimi Uomo lança e-commerce e logo terá lojas físicas

Intimissimi Uomo lança e-commerce e logo terá lojas físicas

A marca de itens masculinos chega ao país de forma digital, porém, prevê expansão com lojas próprias e franquias

Compartilhe:   

A Intimissimi Uomo aportou no Brasil. Em primeiro momento a marca italiana e irmã da Intimissimi lingeries vai operar via e-commerce, mas em breve, estima-se a abertura de lojas físicas, que poderão ser próprias ou franquias.

Pertencente ao Grupo Calzedonia, a Intimissimi Uomo já está com o e-commerce em funcionamento, e no canal comercializa moda íntima masculina, pijamas, moda praia, camisas r camisetas seguindo o tradicionalismo da marca: roupas fatto in italia. 

Em breve, em uma segunda etapa da expansão da marca pelo país já estão projetadas lojas, podendo ser próprias ou franquias pelo Estado de São Paulo, conforme informou em nota o Country Manager do grupo no Brasil, Alvaro Gutierrez. 
“A primeira loja online de Intimissimi Uomo chega ao Brasil com aceitação e aprovação do brasileiro, que já conhece nossa expertise, qualidade e design italiano. Acreditamos no potencial do mercado nacional e prova disso é que trouxemos uma nova etiqueta com plano de expansão sólido dentro do país. Nossa intenção é sempre ampliar nossa oferta e público sem abrir mão da nossa essência, e ser um aliado em vários momentos e necessidades do nosso cliente. Foi um passo natural usar nosso know-how e design Made in Italy para os homens e estar presente em sua vida cotidiana, trazendo opções práticas e versáteis do easywear ao sportswear”, disse o executivo.  
 

Sobre a Intimissimi Uomo   

Fundada em 2014, Uomo já mantém 200 lojas em operações em outros 19 países e tem como especialidade itens de underwear, knitwear, meias e moda praia. Atualmente, o Grupo Calzedonia soma mais de 5.300 lojas – entre operações próprias e franquias —, com presença em 56 países. Dessas mais de 5 mil lojas, 122 estão no Brasil. 
Ambas as operações registraram juntas um faturamento de R$ 290 milhões em 2022, representando um crescimento de 42% em relação ao ano anterior.

Fonte

Divulgação 

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?