Com serviço de passadoria de roupa por até 2 reais a peça, microfranquia inaugura 63 unidades em 10 meses

Fundada por ex-consultores do Sebrae, Mania de Passar espera chegar próximo a 120 unidades até o final de 2018 mesmo em cenário de crise

Identificar uma lacuna no mercado para empreender! Essa foi a ideia de Eduardo Koji e Claudio Augusto, fundadores da Mania de Passar, microfranquia pioneira na atividade de somente passar roupa. Ex-consultores do Sebrae, os sócios resolveram tocar o projeto após sentirem falta de um serviço com esse perfil, mas que unisse praticidade, conveniência, baixo custo e que não tivesse outros serviços inclusos, como lavagem.

“Quando morava sozinho utilizava muita roupa social, em especial, camisas para trabalhar. Lavar roupa nunca foi um problema, mas sim passa-las. No entanto, o serviço das lavanderias era muito caro e não compensava contratar uma diarista apenas para passar roupa. Nessa hora tive a ideia de criar a Mania de Passar”, comenta Cláudio Augusto.

Criada no final de 2015, a rede entrou no modelo de franchising em 2016 e fechou o ano com apenas cinco unidades franqueadas. Em 2017 a rede participou do 3º ciclo de aceleração promovido pela Aceleradora Oxigênio, grupo de investimentos da PlugAnd Play, investidora da Google no Vale do Silício e a Porto Seguro no Brasil, sendo uma das startups selecionadas para receber o aporte financeiro de US$ 50 mil para o desenvolvimento do negócio, além de US$ 100 mil em investimentos indiretos. Após passar pelo processo de aceleração, responsável pela potencialização do negócio e gestão do crescimento, a rede chegou a 68 unidades em todo o Brasil em apenas 10 meses. 

“Nosso modelo de negócio teve rápida aderência porque mostrou que é possível e viável empreender com um investimento acessível, cerca de R$ 15 mil, tendo um trabalho que pode ser executado por qualquer pessoa e dentro de casa. Temos franqueados que são pais, amigos, idosos, jovens, inclusive, a maioria são homens, o que foi uma surpresa para nós”, finaliza o executivo.

A Mania de Passar oferece o sistema “Leva e Traz” através de planos de custo variável, de acordo com o número de peças enviadas.  A partir de uma taxa semanal, que varia entre 30 (15 peças) a 74 reais (40 peças), por exemplo, a unidade mais próxima da rede busca as roupas limpas e possui a opção de devolver em 1 semana ou até 48 horas.

A rede espera chegar próximo a 120 unidades até o final de 2018.

Encontre a melhor franquia para você

-->