Início / Notícias / Inovação e tecnologia / Drogaria Araujo lança canal oficial de atendimento via WhatsApp e quer R$ 1 Mi em vendas pelo App

Drogaria Araujo lança canal oficial de atendimento via WhatsApp e quer R$ 1 Mi em vendas pelo App

São mais de 10 mil produtos com entrega em até 90 minutos. A técnologia ficou por conta da Take Blip

Drogaria Araujo lança canal oficial de atendimento via WhatsApp e quer R$ 1 Mi em vendas pelo App

Compartilhe:   

A Drogaria Araujo, rede de drogarias de Minas Gerais, se uniu com a empresa de tecnologia Take Blip para oferecer aos consumidores a possibilidade de compra via WhatsApp. A solução permite navegação pelo catálogo para a escolha de produtos, com o pagamento sendo realizado ainda fora do aplicativo e os pedidos efetuados serão entregues em apenas 90 minutos após a confirmação da compra.


“Fomos os primeiros a adotar o modelo de drugstore, o serviço de drive-thru e a oferecer plantão 24 horas na cidade. Agora, estamos inovando mais uma vez com as vendas por whatsapp, certos de que a digitalização no atendimento é um importante passo para alcançarmos o nosso objetivo, de manter o crescimento sustentável tendo como base a inovação e o pioneirismo, características que tornaram a marca uma referência no mercado” destaca André Giffoni, Diretor de Estratégia Digital e Cliente da Drogaria Araujo.  A expectativa da Araujo é de que, com o novo canal, as vendas ultrapassem a marca de R$1 milhão já no primeiro ano.


A rede já possui uma assistente virtual, a Jô, lançada em 2018, que ajuda os clientes na tomada de decisão do que comprar. Com um catálogo de produtos que conta com mais de 10 mil itens, a primeira fase do lançamento do chatbot da Drogaria Araújo não disponibilizará a venda de remédios, que ainda não são autorizados para este formato no segmento.


"Com a liberação pela Meta do uso do WhatsApp Business API para drogarias e farmácias, com restrição apenas da comercialização de medicamentos, esse segmento dá origem a uma nova etapa. As oportunidades são extremamente relevantes pois, grande parte das empresas deste segmento tem seu faturamento com itens de conveniência, suplementos, cuidados pessoais, perfumaria, dentre outros produtos permitidos para venda, superiores ao faturamento gerado por medicamentos”, afirma Luiz Marcelo, Diretor de Retail, CPG e Services em Take Blip.


Para o executivo, o mundo empresarial está cada vez mais atento ao enorme impacto do mercado conversacional e as empresas de diversos segmentos já se atentaram para a importância de saírem na frente com um atendimento, vendas e engajamento que vai muito além do omnichannel. “O A.I. First é uma tendência que atingirá todas as companhias, das bigtechs até os comércios de bairro. As pessoas estão presentes diariamente no Whatsapp e querem ter seus locais de compra favoritos na palma da sua mão, prezando pela praticidade e bom atendimento”, pontua o Diretor.


Pagamento


O pagamento de compras direto no aplicativo WhatsApp Business ainda não é possível, mas a expectativa é que essa funcionalidade seja lançada em breve. Hoje, após a escolha do produto, forma de recebimento e preenchimento dos dados pessoais, o cliente recebe o link de pagamento. “Ao clicar no link, o browser do celular do usuário abre com os campos do cartão de crédito a serem preenchidos. Com a confirmação do pedido, o cliente deve realizar a ação de retornar ao whatsapp. Dentro de alguns minutos, é enviado o status de pagamento, por meio de uma notificação ativa”, explica Luiz Marcelo.

Fonte:

Divulgação

 

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?