Notícias / Finanças e Consórcio / Paraná Banco abre a primeira franquia no RN

Paraná Banco abre a primeira franquia no RN

Compartilhe:   

De olho em 360 mil clientes em potencial, o Paraná Banco abriu a primeira franquia no Rio Grande do Norte, anunciando planos de expansão e a expectativa de se diferenciar da concorrência com a ajuda do varejo. Focado no aquecido mercado de crédito consignado, o banco vai, além de conceder empréstimos, financiar a compra de produtos eletroeletrônicos com desconto em folha para servidores públicos, aposentados e pensionistas. A largada para o início das operações no estado foi dada em Parnamirim, onde foi instalada a agência piloto. Até setembro deste ano a instituição deverá fincar bandeira, entretanto, também em Natal, segundo a diretora de franquias, Nile Mannrich.

Ela participou da inauguração acompanhada do diretor do banco André Luiz Malucelli e dos franqueados locais Glauber e Antônio Gentil e Bruno Alves. Durante entrevista coletiva sobre a parceria, eles disseram que, no RN, têm convênios firmados com o Estado, prefeitura de Natal e que está em curso a assinatura também com a prefeitura de Parnamirim. O judiciário e órgãos como Correios e Infraero são outros na mira da instituição, que quer, ainda, incluir na carteira de clientes funcionários de empresas privadas.

Funcionalismo público, aposentados e pensionistas são, porém, o grande filão dos negócios. Para se ter uma idéia, só o Estado movimenta mensalmente R$ 40 milhões, em média, em crédito consignado, incluindo no bolo servidores ativos e inativos, além de pensionistas inclusos na folha de pagamento. O número faz parte de um levantamento divulgado pelo sub-secretário da Secretaria de Recursos Humanos, Vital Costa, segundo o qual os juros incidentes sobre as operações são limitados a 1,84% ao mês e a taxa de administração de crédito a R$ 100. ‘‘Ao todo, 30 instituições estão habilitadas a operar no modelo em solo potiguar e cerca de 40 mil servidores públicos já recorreram a esse tipo de empréstimo’’, diz Costa.

Aquecido
Sem se prender a análises específicas sobre o Rio Grande do Norte, Malucelli reforçou que os empréstimos com desconto em folha representam o maior mercado de consumo no país, crescendo a velocidade de 35% ao ano. ‘‘De 30% a 50% dos servidores usam, é um percentual linear no país e que mostra largo espaço para crescimento’’, frisou ainda o diretor. Para garantir cada vez mais fatias nesse bolo, o banco tem investido na diversificação dos serviços. Um das apostas nesse sentido é o varejo, em que atua em parceria com Phillips, Eletrolux e Positivo Informática, financiando as linhas de produtos vindas direto das fábricas. Outra frente em que atua é na rede hospitalar, concedendo empréstimos, com descontos nos repasses feitos pelo Sistema Único de Saúde.

Também é uma das 7 instituições habilitadas no país a emitir cartões de créditos aos beneficiários do INSS. Foi a divisão de ‘‘vendas’’, porém, que encheu os olhos do empresário Antônio Gentil e o impulsionou a embarcar no ramo financeiro. ‘‘Sou vendedor de produtos. E essa é a oportunidade que sempre quis para me livrar dos estoques e do custo de mercadorias em depósito’’, confessa ele, que há 48 anos atua no comércio local e toca, junto com os filhos, a Botton e o Boticário.

Fonte: Diário de Natal.

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?