Franquia de diaristas inaugura no bairro Tucuruvi, em São Paulo

Mary Help, uma das maiores redes do segmento, expande na capital paulista

A partir deste mês, o bairro Tucuruvi, na Zona norte de São Paulo, recebe uma das maiores redes de diaristas do Brasil, a Mary Help, que é pioneira para intermediação no serviço de diaristas que podem ser solicitadas com facilidade a partir do site, telefone ou mesmo pelo aplicativo exclusivo da marca.

 

Além de limpar e cuidar da casa ou da empresa implanta no bairro a gama de serviços que podem ser contratados e vai além das faxineiras. Em poucos cliques, é possível agendar e contratar os serviços de lavadeira, passadeira, cozinheira, copeira, cuidadores de idosos e até garçons e churrasqueiros para festas e eventos.

 

O diferencial da marca é que todos os profissionais são selecionados por suas habilidades e preferências de funções confirmadas através de seu histórico profissional que também é checado. Além disso, os profissionais Mary Help passam por treinamento. Desta maneira, é possível garantir a segurança e a excelência dos serviços prestados. Após a conclusão da diária, também é feito um trabalho de pós venda com o cliente, no qual é perguntado sobre o serviço que lhe foi prestado. 

 

A franquia surgiu da necessidade de seu fundador, José Roberto Campanelli, que precisou dos serviços de uma diarista para sua casa, mas não sabia como entrar em contato com uma profissional com referência de maneira prática e rápida. O negócio aproxima quem precisa de prestadoras de serviço à quem necessita de serviço de maneira fácil e rápida. Nas quase 120 unidades da rede, são feitas quase 500 mil diárias por ano. Hoje são cerca de 4 mil diaristas que oferecem seus serviços e se destacam via Mary Help.

 

A unidade no Tucuruvi chega pelas mãos de Juliana dos Santos Galvão Raineri, que investiu R$ 60 mil para abrir a franquia. “Conheci a Mary Help em uma feira de negócios e foi o negócio que eu mais me identifiquei. O atendimento foi muito claro e ágil e a missão e valores da franquia são similares aos meus. Além disso, também tive a aprovação da franquia por parte do meu marido que é consultor de gestão de pequenas e médias empresas”, conta Juliana

A agilidade com que a rede passou as informações para ela ajudou na decisão final. “Já tínhamos o plano de negócios em mãos e marcamos uma reunião com o franqueador no dia seguinte. Analisamos o plano e, além de terem o propósito bem definido de um cuidado com as profissionais e com o atendimento com o cliente, o negócio é bem rentável. Como já haveria um treinamento para novos franqueados na semana seguinte, decidimos aceitar o desafio”, explica.

 

Juliana diz que a procura de clientes interessados no serviço e de profissionais que buscam oportunidades de trabalho já é muito satisfatória mesmo a franquia estando perto da inauguração. “Nossa expectativa é que conseguiremos fazer bons atendimentos para as festas de final de ano. Estamos otimistas para a entrada de 2020”, conclui a franqueada. 

Formada em Administração de Empresas e pós-graduada em Marketing Digital, Juliana trabalhou no Banco Itaú na área de produtos de cartão de crédito, fazendo toda estratégia para novos lançamentos de cartões e melhor experiência do cliente, antes de ser franqueada da Mary Help.

 

Sobre a Mary Help

 

A rede oferece serviços de limpeza e conservação de residências, escritórios, clínicas, consultórios, entre outros espaços com contratação de profissionais através de telefone, e-mail ou aplicativo. Os franqueados ficam responsáveis pelo recrutamento, seleção, assessoramento e treinamento dos profissionais que executam os serviços. Para se abrir uma unidade da rede o investimento inicial varia entre R$40 mil e R$60 mil. Já o faturamento médio mensal é estimado entre R$ 30 mil e R$ 150 mil.

Fonte: Fonte: Assessoria - www.suafranquia.com

Encontre a melhor franquia para você