Notícias / Entretenimento e Brinquedos / Franquia norte-americana troca comando

Franquia norte-americana troca comando

Compartilhe:   

A Blockbuster, maior cadeia mundial de aluguel de vídeos, informou que o principal executivo, John Antioco, deixará o cargo até o fim deste ano depois que o investidor bilionário, Carl Icahn, liderou uma campanha para reduzir seu salário. Antioco, na companhia desde 1997, receberá indenização de US$ 8,04 milhões antes de sair, 62% menos do que os US$ 21,2 milhões a que tinha direito, informou a Blockbuster em comunicado distribuído ontem. Icahn, que demitiu três membros do conselho de administração em 2005 e é o maior investidor da Blockbuster, afirmou que ""John e a companhia chegaram a um ajuste que é claramente do melhor interesse dos acionistas."" A empresa enfrentou perdas desde que Antioco se tornou principal executivo, em oito dos nove últimos anos.

A Blockbuster tem sido afetada pela concorrência da Wal-Mart, maior varejista do mundo, e da Netflix, maior provedora de aluguel de filmes pelo correio, que muitas vezes vendem DVD por preços baixos. A Blockbuster reagiu fechando lojas e reduzindo despesas. A receita anual declinou nos dois últimos anos depois que Antioco pôs fim às taxas atrasadas, em janeiro de 2005. As ações da Blockbuster caíram 54% desde a oferta pública inicial (IPO), em agosto de 1999. Os papéis da concorrente Netflix subiram expressivos 49% desde o lançamento de ações, em maio de 2002.

A companhia lançou o serviço de aluguel pela internet em 2004 para competir com a Netflix, com conseqüente aumento dos gastos com publicidade. A Blockbuster está vendendo parte de suas operações no exterior e fechando as lojas menos rentáveis nos Estados Unidos. Ela fechou cerca de 9% das lojas norte-americanas no ano passado. (Gazeta Mercantil/Caderno C - Pág. 10)(Bloomberg News)

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?