Início / Notícias / Empreendedorismo / 5 dicas para quem quer trabalhar com empreendedorismo de impacto social

5 dicas para quem quer trabalhar com empreendedorismo de impacto social

Nelson Andreatta, CEO da Eats for You, destaca pontos de atenção para atuar em parcerias com outras empresas ESG e conectadas com causas sociais

5 dicas para quem quer trabalhar com empreendedorismo de impacto social

Compartilhe:   

O empreendedorismo de impacto social acontece quando uma ou mais pessoas escolhem contribuir ativamente com questões relacionadas ao bem-estar da população, entre elas, saúde, habitação, alimentação, educação e inclusão de diversidade. São iniciativas focadas em promover a transformação de uma realidade social, causar resultados positivos em uma comunidade ou ampliar as perspectivas de pessoas marginalizadas pela sociedade.

As razões que levam empreendedores a implementar negócios de impacto social são diversas. Para Nelson Andreatta, CEO da Eats for You, foodtech de impacto social, a inspiração vem da infância. “Minha mãe mudou a própria história e da minha família empreendendo, além de exercer atividades sociais em instituições nas proximidades de Jataí, Goiás, minha cidade natal. Crescer com esta referência me faz acreditar que o empreendedorismo é uma das chaves capazes de emancipar o indivíduo e é isso que busco fazer ao impactar diariamente o sistema de produção, comercialização e logística de alimentação em nosso país”, observa o publicitário que, hoje, atua ativamente para gerar renda para donas e donos de casa, além de viabilizar o acesso à refeições de alta qualidade com valores acessíveis ao trabalhador brasileiro.

Para inspirar novos empreendedores interessados em seguir na área de impacto social ou mesmo quem já é do ramo e busca atuar em parceria com empresas conectadas com causas ESG, Nelson Andreatta selecionou cinco dicas importantes:

1 – Tenha uma conexão direta com a causa social escolhida

Essa modalidade de empreendedorismo tem por premissa envolver pessoas e empresas com uma causa. Para isso, é essencial conhecer bem de perto a questão social que você deseja resolver. Procure vivenciar essa realidade e desenvolver uma real conexão com o assunto. Esse envolvimento emocional e quase “visceral” em querer gerar melhores condições para um grupo de pessoas é que irá mobilizar o time, empresas e investidores em prol da causa.

2 – Guie seus passos por um propósito genuíno

Além de conhecer a realidade, conduza suas ações com propósito. Busque entender a fundo sobre a causa e mapeie os diferenciais, as fortalezas e as fraquezas para que possa desenvolver estratégias assertivas conectadas ao propósito da sua causa. Planejamento ligado a propósito é fundamental nesta jornada.

3 – Apresente uma proposta de valor muito clara

Embora o empreendedorismo de impacto social não tenha como objetivo principal dar lucro, você quer ver a sua empresa crescer e que tenha potencial para ajudar ainda mais pessoas em situação de vulnerabilidade, certo? Afinal, esta é a única maneira de gerar impacto de forma sustentável. Então, apresente sempre uma proposta de valor clara e engajadora, fundamentada em uma estratégia capaz de direcionar a sua empresa para onde de fato deve ir. Para isso, gerar soluções sociais inovadoras e com capacidade de ser escaláveis.

4- Seja transparente com todos os envolvidos

Transparência é a palavra de ordem em empreendedorismo de impacto social. Crie processos confiáveis e bem estruturados e apresente periodicamente para todos os stakeholders envolvidos na ação. Faça isso pró ativamente , tenha sempre métricas claras e apresente ao seu time e parceiros periodicamente.

5 – Mais do que resiliência, exerça a antifragilidade

Você vai ouvir muitos “nãos”, mas seja persistente. Mais do que desenvolver resiliência, exerça a antifragilidade. Esse conceito é explorado no livro “Anti frágil”, de autoria de Nassim Nicholas Taleb. Segundo o autor, enquanto ser resiliente é aguentar toda a pressão, viver na antifragilidade é se transformar perante situações imprevisíveis. É abraçar desafios e questões aleatórias para ganhar energia e seguir em frente.

Fonte

Divulgação 

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?