Início / Notícias / Empreendedorismo Feminino / Empreendedorismo feminino: Conheça 14 franquias comandadas por mulheres

Empreendedorismo feminino: Conheça 14 franquias comandadas por mulheres

Mulheres têm empreendido mais no Brasil, sendo que muitas, são a única fonte de renda dentro de um lar

Empreendedorismo feminino: Conheça 14 franquias comandadas por mulheres

Compartilhe:   

Empreender no Brasil não é para todos, mas as mulheres costumam tirar de letras as dificuldades. Dados do Sebrae indicam que existem mais de 9,3 milhões de mulheres que comandam negócios. Desse total, 45% delas são chefes de família, sendo a principal fonte de renda de um lar.

Para provar que empreender é para mulheres, sim, abaixo estão listadas 14 franquias fundadas e/ou lideradas por mulheres. 

1 - Calçados Bibi

Comandada pela presidente Andrea Kohlrausch, a Calçados Bibi está no mercado há mais de 70 anos. Com foco em oferecer calçados para crianças de 0 a 9 anos, a marca conta com mais de 150 operações, que são distribuídas pelo Brasil e na América Latina. O modelo de negócio da rede aposta na experiência dos pequenos e pais, apostando em diferentes interações dentro da loja.

  Para ser um franqueado da Bibi, o investimento é de a partir de R580 mil, com prazo de retorno de 36 meses e lucro mensal de 12% a 15% sob o faturamento da operação.

 

2 - Twice

O Twice é uma microfranquia comandada por Maria Claudia Amaro que oferece um sistema de ensino bilíngue de fácil implementação nas escolas parceiras, com um modelo de negócio simples, pático e com rápido retorno sobre o investimento.

Raio X: O modelo de negócio é Home based e conta com investimento inicial a partir de R20.00,00, com prazo de retorno de 12 a 18 meses.

 

3 - Fast Escova

Em 2018, Michelle Wadhy junto a Marcia Queirós fundaram a Fast Escova. O empreendimento tem como objetivo fazer com que as mulheres se sintam bem consigo mesmas, através de tratamentos que façam bom usufruto de seu tempo. Os serviços são realizados em até 40 minutos, sem a necessidade de agendamento com antecedência. O resultado dessa proposta foi um crescimento ascendente, que levou a marca a conquistar mais de 170 unidades, 114 inauguradas.

Raio X: O modelo de negócio oferece investimento a partir de R350 mil, com prazo de retorno de 18 a 24 meses e lucro médio mensal de R 19 mil por unidade.

 

4 - Lebriju

A Lebriju foi fundada em 2016 por Ana Shen, uma jovem chinesa de 34 anos, que chegou ao Brasil na adolescência. Juntamente com o marido, Jeferson Jin, ela dirige a marca, que tem 13 lojas e quiosques, sendo quatro deles franqueados e nove próprios. É uma rede de acessórios de moda diversa, que lança tendência e é ideal para quem preza por conceitos inovadores de varejo, com lojas open space, super atuais.

Raio X: Numa Lebriju, investe-se a partir de R 390 mil, já com a taxa de franquia, e a marca tem interesse em abrir lojas nos melhores shoppings do Brasil, com foco nos públicos B, AB e A.

 

5 - Neo Delivery

Fundada em 2019 por Julie Ane Guimarães, a empresa nasceu com o objetivo principal de ofertar soluções até então carentes no mercado - rota otimizada, máquina de cartão integrada, economia de tempo e custos, tudo reunido numa plataforma de entregas inteligentes com tecnologia de ponta.

Raio X: A Neo Delivery tem modelo de franquia sem ponto comercial e investimento inicial a partir de R10 mil. O faturamento anual da marca gira em torno dos R9 milhões, o prazo para retorno é de 10 a 11 meses e a empresa segue em expansão.

 

6 - Clube Turismo

A Clube Turismo é comandada por Ana Virginia Falcão que ingressou na rede como estagiária e alcançou o cargo de CEO, bem como formatou o negócio no modelo de franquia. O segmento de atuação é hotelaria e turismo e é considerada a maior e mais premiada microfranquia de turismo do país.

Raio X: A Clube turismo tem três formatos de negócio: home Office, Home Office Prime e Loja com taxa de adesão R 6.900,00 (Home Office) - R22.000,00 (Home Office Prime) e R25.000,00 para lojas em cidades com até 100mil habitantes, e R30.000,00 para lojas em cidades com mais de 100mil habitantes, com prazo de retorno de 18 meses e faturamento médio mensal de R250.000,00 (Loja), R40.000,00 (Home Office Prime), já no modelo home office a média de vendas é variável.

 

7 - Torky

Márcia Gregini é sócia-fundadora da microfranquia de reparo de instrumentos musicais. O modelo de negócio principal, o Case Torky, consiste em uma bag reparadora de instrumentos musicais que inclui 50 ferramentas onde o franqueado realiza cerca de 70 serviços, como regulagem, troca de trastes, limpeza, blindagem, troca de captadores, revisão elétrica, etc.

Raio X: O investimento inicial é a partir de R 18.800,00 com prazo de retorno de 12 a 15 meses e lucro médio mensal entre R 4 a 8 mil.

 

8 - Minds Idiomas

A Minds Idiomas, Centro de Formação de Ensino da língua inglesa, fundada por Leiza Oliveira, possui mais de 70 unidades de franquias espalhadas pelo Brasil. O objetivo é proporcionar oportunidades no mercado de trabalho às pessoas que pretendem ter o seu próprio negócio no segmento da educação.

Raio X: O modelo de negócio PP é uma microfranquia e conta com investimento inicial a partir de R 69 mil, com prazo de retorno em até 18 meses e faturamento médio de R 35 mil, mensal. A taxa de franquia é de R 19 mil.

 

9 - Sóbrancelhas

A Sóbrancelhas, rede de estética facial, fundada por Luzia Costa, possui modelos de franquias apropriadas para shopping: Quiosque e Unidade Padrão. A marca também possui produtos próprios e é líder no mercado de estética facial avançada e tem planos para o futuro de alcançar novos mercados e países. A Sóbrancelhas, rede de estética facial, conta com mais de 200 unidades espalhadas em 3 países da América Latina (Brasil, Argentina e Bolívia).

Raio X: No estilo de negócio Quiosque, o empreendedor pode ter um faturamento líquido mensal por mês de R 40 mil, com a taxa de franquia de R 40 mil, com um prazo médio de retorno de 12 meses.

 

10 - PaperMall

PaperMall é uma franquia recém-lançada no sistema de franchising. A papelaria conta com o diferencial de oferecer, além dos três formatos de franquias, um planejamento e treinamento especializado em marketing digital. Ela é comandada pela Ana Oliveira e oferece dois modelos aos futuros investidores: a Virada de Bandeira, onde um dono de papelaria pode reestruturar o seu negócio com a licença de marca da PaperMall, juntamente com a aplicação das estratégias de marketing de vendas exclusivas da rede para captação de clientes. Já a segunda, se enquadra em um modelo mais tradicional de franquia, onde o empreendedor começa o negócio do zero vinculado à PaperMall. Nesse último formato, é possível escolher entre o formato de quiosque ou loja.

Raio X: O investimento inicial de um quiosque, gira a partir de R 117 mil, enquanto o de uma loja é de R 310 mil. Já a taxa de franquia é fixa para ambos os modelos, de R 35 mil. Já a previsão de retorno do investimento de um quiosque da PaperMall é de 15 meses, enquanto o de uma loja é de 29 meses.

 

11 - Kekala

A Kekala Custom Picolé é uma rede de franquias comandada por Amanda Tonon. A empresa oferece uma experiência completamente customizável desde o pedido até a retirada no balcão. A marca desenvolveu ainda uma vitrine inédita, por meio da qual o cliente, além de assistir à montagem, retira o produto em um suporte estilizado. São mais de 300 combinações entre base, recheio e cobertura.

Raio X: O investimento inicial a partir de R 169.000,00, com prazo de retorno de 12 a 24 meses e faturamento médio mensal de R 45.000,00 a R 120.000,00.

 

12 - Clinicão Veterinária

A Clinicão Veterinária tem quase 30 anos de mercado e é comandada pela veterinária carioca Monique Rodrigues que, atualmente, conta com 4 unidades no estado de São Paulo. A rede conta também com um modelo de clube de assinaturas, o Clinicão Plus, que oferece assessoria virtual, valores diferenciados nos atendimentos nas unidades Clinicão e farmácias de manipulação parceiras, além de conteúdos pet exclusivos.

Raio X: A marca possui dois modelos de negócios, o formato de Consultório (50 a 100m²) com investimento inicial a partir de R 271.649,00, e o formato de Clínica (acima de 100m²), de investimento inicial a partir de R 385.276,00. Ambos os formatos possuem um prazo retorno estimado entre 26 a 36 meses, já a lucratividade média mensal é de cerca de 20% sobre o faturamento.

 

13 - Cuidare

A Cuidare, foi criada em 2016, em Natal (RN), pela enfermeira Izabelly Miranda para atender, de forma humanizada e com qualificação técnica, a demanda da região. Hoje, com mais de 70 unidades espalhadas pelo Brasil, além de Portugal, a marca se orgulha de ter 80% dos seus postos de liderança ocupados por mulheres. Um grande diferencial da marca, é o seu software de gerenciamento onde, tanto o franqueado quanto o cliente, conseguem ter um controle sobre os cuidadores, os procedimentos realizados no paciente e seus respectivos horários.

Raio X: Trata-se de uma microfranquia com investimento inicial de R 35 mil a R 50 mil, a depender do tamanho da cidade, prazo de retorno entre 12 e 18 meses e faturamento médio mensal de R 54 mil a 180 mil.

 

14 - LypeDepyl

A criadora da rede de franquias de depilação avançada a laser LypeDepyl, a catarinense Leydejota Ludwig Pereira, possui mais de 15 anos de atuação no segmento de franquias e levou todo o seu conhecimento para a criação de sua marca. Dispondo de um atendimento humanizado e personalizado com profissionais capacitados, a marca disponibiliza ainda, produtos home care como opção de cuidados pré e pós-depilação. Com o total de 12 unidades vendidas e 3 implantadas, a marca dispõe de um suporte 

Raio X: A LypeDepyl possui dois modelos de negócio, ambos para lojas acima de 50m². O investimento inicial total fica entre R 347 mil (Smart) e R 397 mil (Premium) e geram um lucro líquido de 20% a 30% do faturamento.

Quer saber mais sobre franquias e oportunidades de negócios, clique aqui. 

Fonte

Divulgação

 

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?