Seguindo modelo de tradição e confiança, Sigbol Fashion é exemplo de sucesso

Um método exclusivo de modelagem para confecção, criado nos anos 1970 por uma estilista italiana em São Paulo, consistia em “seguir as bolinhas” marcadas no molde. Simples e eficiente, o método foi conquistando cada vez mais pessoas interessadas em aprendê-lo e assim surgiu a Sigbol (junção do termo “siga as bolinhas”), inicialmente uma editora de moldes.

Seguindo as sugestões dos próprios clientes, a Sigbol foi gradativamente deixando de ser uma editora para se tornar uma escola de corte e costura na década seguinte, em 1982. “Comprando o método, o consumidor tinha direito a uma aula de manuseio, um processo muito simples. A partir desse manuseio, o próprio cliente começou a demandar algo mais e, por força da necessidade, começamos a formatar a escola com um curso básico de corte e costura”, lembra Aluizio de Freitas, diretor da Sigbol.

O negócio continuou crescendo na medida em que os próprios clientes Sigbol demandavam novos cursos, confiando na formação técnica que recebiam. Com o intuito de levar essa formação para os bairros mais distantes da cidade, já nos anos 90, a Sigbol abriu uma segunda unidade, em Itaquera, na zona leste de São Paulo, bem distante da Vila Mariana, na zona sul, berço e sede da escola. Segundo o executivo, o foco na demanda regional foi levando à abertura de unidades regionais, nas zonas sul, leste, oeste, Grande São Paulo e interior do estado.

Hoje, já consolidada como uma escola de moda, a Sigbol Fashion segue em expansão como franquia. “O negócio se tornou um sucesso, tem um resultado bom em número de alunos, em crescimento e aí decidimos partir para a expansão por franquia para dividir o sucesso do negócio e o gerenciamento com nossos franqueados”, explica o diretor, que ressalta ainda a vantagem de ser um negócio de baixo custo de implantação com operações bem enxutas.

Seguindo a tradição e excelência

Um dos diferenciais da franquia Sigbol Fashion está na tradição e excelência da marca como escola de moda. Para um mercado que carece de mão de obra qualificada, a Sigbol de fato saiu na frente.

E foi justamente a força e credibilidade da marca Sigbol que atraíram o interesse de Bia Urbano, advogada que descobriu seu espírito empreendedor trabalhando no Terceiro Setor, em projetos na área de desenvolvimento socioeconômico em comunidades latino-americanas, depois de viver uma temporada em Londres (Inglaterra) onde cursou mestrado nessa área. “Com ‘improváveis microempreendedores’ aprendi bastante, pois, às vezes, em realidades muito controversas (baixa renda, pouca infraestrutura), as pessoas conquistaram melhoras significativas em suas vidas através dos seus ofícios, realizados de maneira dedicada e organizada”, relata.

E assim, como que ligando os pontos de sua vivência com esses “improváveis microempreendedores” à sua paixão pelo “aprimoramento profissional voltado para um ofício ligado à arte e criatividade, e cuja importância na sociedade é histórica”, diz Bia, a advogada iniciou sua trajetória empreendedora por meio de uma franquia Sigbol Fashion. A abertura de sua unidade ocorreu na segunda-feira, 27/8, em Mogi das Cruzes, cidade da região metropolitana de São Paulo onde nasceu.

Em contato com a área de Expansão do Grupo BITTENCOURT, responsável pela seleção de franqueados da rede de escolas de moda, Bia acabou decidindo por investir na marca. “A Sigbol Fashion tem tradição e excelência na área de cursos de moda, dando maior segurança para o investidor. Além disso, desde o primeiro contato, tive as minhas questões respondidas pronta e claramente. Então, minha identificação inicial com o core business foi sendo reforçada pelo processo de adesão à franquia, tornando esta inserção no empreendedorismo muito mais fácil”, afirma.

Ao longo de mais de três décadas de história, seguramente mais de 50 mil alunos já se formaram na Sigbol. Atualmente, estima-se que a rede atenda perto de 2.500 estudantes entre nove unidades próprias e quatro franquias em operação. As mulheres compõem quase 100% do quadro de alunos. “Ainda hoje o mercado de confecção emprega a maioria esmagadora de mulheres e os alunos que procuram a escola são na maioria mulheres, apenas de 3 a 5% são homens”, diz Aluizio.

Em setembro, três novas franquias Sigbol Fashion serão abertas, em Ribeirão Preto e Osasco (SP), e Divinópolis (MG). Além da expansão nesses estados, o foco da Sigbol Fashion é atender o mercado do Rio de Janeiro, capital e estado. A rede, aliás, participará junto com o Grupo BITTENCOURT da próxima edição da Rio Franchising Business, a segunda maior feira de franquias do Brasil, que acontece de 27 a 29 de setembro no Riocentro. “O objetivo é manter o mínimo de 110 alunos por unidade e o franqueado vende cursos o ano inteiro já que o nosso sistema de ensino é exclusivo e individualizado. Sigbol vende 365 dias por ano”, completa o executivo.

 

Saiba mais sobre: Franquia Sigbol
Confira mais opções de franquias em: Franquias de Educação e Treinamento

Encontre a melhor franquia para você

-->