Notícias / Educação e Treinamento / Franquia completa 30 anos de mercado no Brasil

Franquia completa 30 anos de mercado no Brasil

Compartilhe:   

MANAUS, 12 de janeiro de 2007 - O começo foi tímido na cidade de Londrina, em 1977. Naquela época, palavras como ""franchising"", eram praticamente desconhecidas no Brasil. O objetivo de Suzana Kabe, a primeira franqueada brasileira, era o de atuar dentro do segmento de educação, com uma marca séria e respeitada em outros países e que tinha muito potencial para o crescimento. Justamente naquela época -há 30 anos- o Brasil conheceria o Kumon, rede de ensino, que hoje tem presença em 44 países e é a segunda maior franqueadora do Brasil, com mais de 2.000 unidades espalhadas por todas as regiões brasileiras, que ensinam matemática, português, japonês e inglês a cerca de 97 mil alunos.

Quando chegou ao Brasil, o Kumon já tinha uma história de mais de 20 anos de sucesso. Criado em 1954 no Japão, pelo professor de Matemática Toru Kumon, o método nasceu do amor de um pai e da sua preocupação de que o filho tivesse uma vida plena e feliz, desenvolvendo ao máximo o seu potencial, para conseguir trilhar o próprio futuro. O filho, que não ia bem na escola, teve à sua disposição um material didático auto-instrutivo, para estudar sem depender dos ensinamentos de alguém e orientando-se conforme o seu próprio ritmo de aprendizagem. Takeshi alcançou conteúdos de nível universitário ainda na 6ª série e desenvolveu autonomia, autoconfiança e a postura de buscar novos conhecimentos.

Os resultados de Takeshi se espalharam e atualmente, o método Kumon está presente nos
cinco continentes, com mais de 3,8 milhões de alunos. A forma encontrada para expandir e levar o método ao maior número de pessoas foi o sistema de franchising. Atualmente, o Kumon está presente em diversos países, como: Japão, Estados Unidos, Espanha, Canadá, África do Sul, Tailândia, Indonésia, Hong Kong, México, Inglaterra, Alemanha, Cingapura, Malásia, Filipinas, Chile, Argentina, Colômbia, Peru, Bolívia, Uruguai e Brasil.Um fator que contribuiu para esse crescimento foi a lucratividade que a franquia proporciona: o Kumon figura como a quinta maior franquia por lucro no Brasil, o que, sem dúvida, estimula os novos franqueados. Desde outubro, o Kumon reiniciou seu processo de expansão, buscando interessados em todo o país. O investimento inicial no negócio varia entre R$ 5.000 e R$ 15 mil, com faturamento estimado de R$ 3.200 e retorno financeiro previsto para 9 meses. Outras informações no www.kumon.com.br ou no (11) 3059-3700. (Jornal do Commercio (AM)).

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?