Início / Notícias / Casa e Construção / ALUNOS SENDO CAPACITADOS PARA A CONSTRUÇÃO CIVIL

ALUNOS SENDO CAPACITADOS PARA A CONSTRUÇÃO CIVIL

ALUNOS SENDO CAPACITADOS PARA A CONSTRUÇÃO CIVIL

Compartilhe:   

Eles frequentam aulas do Instituto da Construção do Campo Limpo, unidade que registra aproximadamente 125 matrículas por mês.

Esta é uma das seis unidades presentes na capital. Aulas para formação de mestre de obras, instaladores hidráulicos e eletricistas são algumas presentes no portfólio de cursos

Ainda existe informalidade no mercado da construção civil, mas essa característica já não tem mais o mesmo peso de anos atrás. Somente em São Paulo, no bairro do Campo Limpo, cerca de 1.500 pessoas estão em salas de aula, sendo capacitadas para cargos como mestre de obras, instalador de alvenaria assentador e revestidor, eletricista instalador, entre outras funções. Pela média de número de matrículas realizadas na unidade, a expectativa é que 1.000 profissionais estejam formados até o final deste semestre em São Paulo.

O Instituto da Construção é uma franquia pioneira no segmento de educação e treinamento no setor da construção. Hoje, a bandeira já conta com 75 unidades no Brasil. Os sócios do Instituto da Construção do Campo Limpo, Leandro Malluf e Felipe Pugliesi, inauguraram a franquia em dezembro de 2012 e já formaram 400 profissionais. “O primeiro ano de atuação foi essencial para nossa consolidação na região. Temos muitas histórias de alunos que mudaram de vida após terem feito um curso e isso contribuiu também para a propaganda boca a boca. Muito mais que adquirir uma formação, as pessoas vem atrás de uma oportunidade para darem uma guinada em suas vidas, “ afirma Malluf. Além dos cursos já citados, o Instituto da Construção também oferece aulas de gesso acartonado, instalador hidráulico, pintor de obras, instalador de alvenaria azulejista, decoração, paisagismo, jardinagem e poda de árvore e oficial de manutenção predial.

Segundo Maluff, 50% das pessoas que procuram o Instituto da Construção trabalham na construção civil, mas almejam promoções. “Por exemplo, o pedreiro quer ser mestre de obras e assim ter um salário maior,” explica. “Já os outros 50% são pessoas de outras áreas, algumas completamente distintas da construção civil, que estão interessadas nos cursos porque o mercado paga muito bem. O salário de um mestre de obras pode chegar a R$ 12 mil,” completa.

São Paulo conta com mais seis unidade nos bairros Lapa, Santana, Itaquera, Tatuapé e Vila Madalena. Já o estado tem mais 20 franquias em cidades como Americana, São José dos Campos, Sorocaba, entre outras. O curso de maior duração e também mais procurado é o de mestre de obras. Este leva 15 meses para ser concluído. “Os cursos têm essa vantagem de não serem longos demais e todos contam com aulas práticas em oficinas,” explica. “Este ano esperamos dobrar o número de alunos, um benefício para nós, para eles e também para o mercado que receberá muito em breve novos profissionais comprovadamente capacitados,” finaliza.

Sobre o Instituto da Construção

Esta é uma rede de franquias da holding Resolve Franchising, presidida pelo empresário David Pinto, também criador da Doutor Resolve Reparos e Reformas. Foi criada em 2011 e atualmente conta com 75 unidades que oferecem cursos profissionalizantes específicos para capacitação de mão de obra de segmentos da construção civil. Site oficial: www.institutodaconstrucao.com.br.

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?