Início / Notícias / Casa e Construção / Lucro da Portobello cresce 73% no trimestre e 179% no acumulado do ano

Lucro da Portobello cresce 73% no trimestre e 179% no acumulado do ano

Lucro da Portobello cresce 73% no trimestre e 179% no acumulado do ano

Compartilhe:   

Acompanhando os resultados muito positivos obtidos ao longo do ano, a Portobello repetiu, no terceiro trimestre, o desempenho ocorrido nos seis primeiros meses do ano, gerando excelentes resultados no período. Os primeiros seis meses do ano foram desafiadores e o sucesso obtido nos três meses seguintes ocorreu devido à capacidade da empresa de potencializar as oportunidades do atual momento da construção civil nacional e pelas otimizações e racionalizações internas em curso nos últimos anos, que fazem parte da cultura interna da empresa.
 
As oportunidades proporcionadas pelo mercado permitiram que a Administração concentrasse seu foco no mercado interno ao mesmo passo em que aumentou sua participação no mercado externo. A produção foi concentrada em produtos de maior valor agregado e o modelo de produção híbrido, que combinou produção própria e subcontratada (“outrsourcing”) permitiu atender, com flexibilidade e velocidade, a demanda de produtos comerciais, principalmente para o segmento de construtoras e incorporadoras.
 
A maturidade do lançamento de produtos de 2011 que, em conjunto com os lançamentos 2012, representou 30% das vendas no acumulado de 2012, aliada à agressividade nas ações comerciais, contribuiu para o aumento da margem e para crescimento acima do mercado, haja vista que o crescimento das vendas no mercado interno foram superiores ao apontado pelos indicadores setoriais, que registrou 7% de crescimento face aos 18% da empresa catarinense. Esta combinação permitiu que a Companhia aumentasse a margem bruta em 2 p.p.. Este desempenho reforça a posição da Portobello como líder em inovação, design e expertise no seu ramo de negócio tanto no Brasil, como na América do Sul.
 
O excelente resultado neste trimestre, aliado à otimização do uso de capital de giro, permitiu realizar investimentos em melhoria no parque fabril, aprimorar o modelo logístico e ainda reduzir o endividamento em R$ 30 milhões nos últimos 12 meses.
 
O desempenho do volume de vendas da Portobello é representado pelo sucesso de seus canais de distribuição. No mercado brasileiro, a Portobello escoa sua produção por meio de sua rede de franquia, a Portobello Shop – que abriu 20 lojas somente este ano –, o de Engenharia – que atende a empresas de construção civil (construtoras e incorporadoras), para obras residenciais, comerciais ou públicas – e também por meio de Lojas Multimarcas de revenda de materiais de construção, que revendem os produtos para o consumidor final e pequenos construtores.
 
Somente no segmento da rede Portobello Shop, a empresa estima aumentar em 30% a presença no mercado brasileiro com a abertura de mais 40 lojas em 2013. Rio de Janeiro, Bahia, Pernambuco, Pará, Acre, Amapá e São Paulo são alguns dos estados que estão no foco do plano de expansão da rede. Aliado a isso, a participação mais agressiva da Portobello nos mercados externos com produtos de maior rentabilidade, são fatores que impactaram diretamente no resultado nos nove primeiros meses de 2012. Entre os canais de distribuição, o de Exportação é o mais rentável para a empresa, que confirma os avanços da companhia em busca de competitividade internacional. Atualmente, a Portobello atua em 56 países da Europa, Ásia, América do Norte, Oceania, Oriente Médio e África, além da América Latina com equipe própria e representantes independentes.
 
Para o último trimestre de 2012, ainda que haja sinais de desaquecimento da economia brasileira, a Portobello espera dar continuidade da maior demanda para materiais de construção e por materiais de acabamento de maior valor agregado, segmento onde está inserida, também influenciada pela alíquota zero de IPI para produtos cerâmicos até o final de 2012.

Também, a Portobello considera importantes as medidas que estão em análise pelos órgãos governamentais sobre a revisão das taxas de importação dos porcelanatos técnicos. Esta ferramenta permitirá a regularização da competitividade industrial brasileira deste segmento.

>> Assista: Jornal Sua Franquia TV com Portobello Shop
>> Conheça o modelo de negócio da Portobello Shop

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?