Início / Notícias / Casa e Construção / Franquia Imóveis quer quadruplicar presença

Franquia Imóveis quer quadruplicar presença

A intenção é fechar o ano com 32 novos pontos em todo o Brasil

Franquia Imóveis quer quadruplicar presença

Compartilhe:   

A primeira franquia imobiliária do País, a Franquia Imóveis, fundada em 2007, tem planos ousados para este ano. De acordo com Renato Ticoulat, diretor de Franquias da empresa, a intenção é fechar o ano com 32 novos pontos em todo o Brasil .

Para solidificar os planos, a franquia pretende atacar cidades como Rio de Janeiro, Brasília, Goiânia, São Luis e Natal. "Além destas cidades focaremos o eixo Campinas-Santos, tanto que já inauguraremos uma imobiliária em Limeira, interior de Estado de São Paulo".

Outro fato que ele destaca é que hoje são oito franquias abertas. "Para o primeiro semestre deste ano já estão garantidas oito unidades novas (com contratos assinados) e até o fim do ano queremos chegar a 32. Temos muitos interessados". Ele relatou que em 2008 recebeu solicitações de 950 candidatos interessados na franquia e por isso deve alcançar a meta. "É um grande banco de dados para trabalhar", afirmou.

Uma das vantagens apontada por Ticoulat é que a Franquia Imóveis faz parte da Franchising Ventures - fundo de investimento - que detém mais oito franquias, como as redes Nobel, Sapataria do Futuro, Costura do Futuro Lavanderia do Futuro Zastras, Centro Britânica, Café Donuts, Nobex. Ao todo, o fundo possuí 450 pontos franqueados no País. "O franqueado conta com uma grande infraestrutura e logística. Além do que, a política da nossa marca é não fazer concorrência entre o franqueador e franqueado".

Para abrir uma unidade da imobiliária, o investidor gastará de R$ 70 e R$ 100 mil, o que incluí a reforma do ponto, placas, taxa de franquia, treinamento e manuais. "O que sentimos de diferença quando abrimos a franquia é que o corretor ganha vínculo empregatício e não vai sair em seis meses e migrar para outra imobiliária. Isto fideliza o cliente, pois este encontra um melhor atendimento".

De acordo com Ticoulat, o Brasil é o segundo país do mundo em potencial de investimento de imóveis, por causa do baixo preço e de uma classe média que quer comprar imóveis para gerar rendimentos.
 

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?