Franquia de Bijuterias: um dos setores mais promissores do país

O mercado de bijuterias, ao contrário de alguns segmentos, tem seguido o caminho contrário a economia.

Incertezas e oscilações parecem não ter afetado o setor, que movimenta por ano US$ 45 milhões, segundo dados da McKinsey Global Institute.

Os números são ainda mais positivos, alcançando a 2ª maior alta dos segmentos de varejo, com um crescimento de 9,7%, com expectativa do aumento se manter nos próximos 5 anos.

Um dos motivos para se manter em alta é, que por serem fabricados por matérias-primas relativamente mais baratas e fáceis de encontrar, as bijuterias podem ser comercializadas a preços acessíveis, o que atrai consumidores de várias classes sociais, com destaque para os consumidores das classes D e E.

Outros fatores é que a variedade de produtos estimula o consumo, já que o público feminino está sempre em busca de variações na hora de se produzir e acaba investindo até um pouco a mais em acessórios, e não apenas o feminino, mas também o masculino procura opções diferenciadas de acessórios para complementar o visual e o infantil também se interessa por alguns artigos.

 

Investir em franquia de bijuterias

Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), as franquias de bijuterias estão inseridas no segmento de Acessórios pessoais e calçados, que corresponde a 7,1% do faturamento do franchising, com mais de 10 mil unidades franqueadas.

Além disso, investir em franquia sempre está ligado a vantagens, o estudo de mercado e público alvo, planejamento estratégico e criação de novos produtos, a melhor forma de gestão e o suporte contínuo ao franqueado, entre tantas outras.

Conheça abaixo, algumas franquias no ramo de bijuterias e avalie a qual melhor se identifica:

 

Franquia de Bijuterias: Menina Biju

Apostando no conceito de preço único, a franquia Menina Biju vem alcançando cada vez mais espaço no mercado de bijuterias e é a rede que mais cresce. Oferece brincos, relógios, acessórios para cabelo, bolsas, chapéus, carteiras, chinelos e acessórios infantis. As peças são vendidas em lotes de 300, 500, 1000, 1500 e 2000 unidades, semanalmente.

Iniciando as atividades em 2015, em Rondonópolis, Mato Grosso, atualmente conta com mais de 80 lojas, em quase todos os estados brasileiros e o Distrito Federal.

A vantagem do franqueado está no baixo investimento, rápida aceitação do público e rápido retorno. O espaço mínimo ideal é a partir de 17m2, podendo adaptar a loja em outras medidas.

Investimento inicial: R$ 45.000

Retorno: 8 a 12 meses

 

Franquia de Bijuterias: Tutti Bijoux

O GrupoTutti Bijoux foi inaugurado em 1998, em Salvador, Bahia, com vários artigos para presentes. Devido à grande procura da linha feminina, foi criada, em 2003, a Tutti Bijoux, uma franquia de varejo, que comercializa bijuterias, semijoias. bolsas, cintos e acessórios, sempre seguindo as tendências da moda.

Entre as vantagens ao franqueado estão o suporte contínuo na pré e pós implantação da loja e treinamento.

Investimento total: R$ 325.000

 

Franquia de Bijuterias: Empório Bijux

A Empório Bijux é uma rede de lojas que segue as tendências da moda para criar peças exclusivas, valorizando a mulher através de produtos de qualidade e sofisticação.

No mercado de bijuterias desde 2004, conta com mais de 50 lojas espalhadas em 14 Estados, ocupando a 5ª posição em número de unidades franqueadas com sede no nordeste, segundo dados da ABF.

Investimento inicial: R$ 260.000

Faturamento médio mensal: R$ 70.000

Retorno: 18 a 24 meses

 

Franquia de Bijuterias: Balonè Fashion Bijoux

Marca pertencente ao Grupo Ornatus, com 30 anos à frente da criação, formatação e gestão de empresas e um dos mais respeitados do mercado, a Balonè foi criada para oferecer produtos fashion, com as principais apostas da estação voltada para clientes focadas em moda.

São mais de 30 lojas em operação em shoppings e ruas comerciais e a rede continua em plena expansão.

O franqueado tem a garantia de um Grupo que preza pela ética, respeito e transparência, dando suporte completo em todas as áreas, orientando através de treinamentos presenciais e à distância e acompanhando a gestão, para garantir o padrão e qualidade. O Grupo recebeu o Selo de Excelência em Franchising.

 

Investimento inicial: R$ 285.000

Faturamento médio: R$ 60.000

Retorno: 24 a 36 meses

 

Franquia de Bijuterias: Morana

Mais uma marca representadas pelo Grupo Ornatus, a Morana é uma das maiores redes de acessórios femininos do Brasil, presentes em mais de 300 pontos de venda em todo o território brasileiro e também em Portugal, Estados Unidos e Espanha.

A frente da marca, o Grupo já recebeu o prêmio Top 25 do Franchising brasileiro, Prêmio ABF Franqueador do Ano, Prêmio Melhores Empresas para Trabalhar do Great Place to Work e o Prêmio Excelência em Franchising por mais de 10 anos.

O principal diferencial é o conceito de peças com aparência de joias a preços de bijuteria, com qualidade e beleza impecáveis. Com 4 modelos de negócios, loja, quiosque, light (para municípios com população entre 70 e 200 mil habitantes) e seguindo às inovações, desenvolveu o projeto de loja container.

 

Investimento inicial: R$ 300.000

Faturamento médio: R$ 80.000

Retorno: 24 a 36 meses

 

Franquia de Bijuterias: Fundição Filomena

A Fundição Filomena trabalha com o diferencial de permitir ao cliente a liberdade de customizar suas peças, montando conforme o gosto pessoal. São diversos tipos de cordões, pulseiras, brincos, chaveiros, pingentes de todos os tamanhos e cores. Novas peças são lançadas toda semana, totalizando mais de mil novos formatos.

Iniciando o sistema de franquia em 2009, os modelos de negócio começam a partir de R$ 86 mil, no formato de quiosque de 6m2 e loja

 

Investimento inicial: a partir de R$ 86.000 a R$ 180.000

 

Franquia de Bijuterias: Josefina Rosa Cor

Fundada em 2006, por Mirella Ferraz, a Josefina Rosa Cor apresenta produtos inovadores, com estilo único, direcionado à mulheres de 20 a 50 anos, das classes A e B. Além das bijuterias, as clientes tem coleções de bolsas, calçados e acessórios, como óculos de sol, chaveiros, carteiras, necessaries e enfeites de cabelo.

O nome da loja e todo o projeto arquitetônico foram inspirados na imperatriz Josefina Bonaparte, transmitindo um espírito romântico, delicado e feminino, com paredes acolchoadas e sapatilhas de balé penduradas.

 

Franquia de Bijuterias: Ouvi Biju?

Melhores lançamentos, tendências e peças diferencias a um único preço, tudo por R$ 10. Essa é a proposta da Ouvi Biju?, criada em 2016, na cidade de Campinas, São Paulo. A aceitação foi tanta que em pouco tempo, a marca já tem 30 lojas espalhadas pelo Brasil.

 

Franquia de Bijuterias: Amoo Bijoux

A Amoo Bijoux foi fundada em 2011 por André e Janaina Rejani, experientes no segmento em fraquia, para oferecer ao consumidor acessórios de qualidade, a um baixo custo.

São dois modelos de negócios, a loja com área mínima de 10 a 50m2 e os quiosques de 6 a 13,5m2. O franqueado recebe assistência, treinamento, projeto organizacional e arquitetônico e material promocional

Investimento inicial: a partir de R$ 155.000

 

Franquia de Bijuterias: Moça Biju

A rede Moça Biju inaugurou sua primeira franquia no Estado do Paraná, em 2011 e, com o conceito de produtos diferenciados, de qualidade, a um preço único e acessível, em pouco tempo, o negócio expandiu para mais de 140 lojas em 16 Estados brasileiros.

Os produtos são importados diretamente do fabricante, localizados na China e Coreia do Sul, com coleções variadas, inspiradas nas tendências da moda.

 

Franquia de Bijuterias: Biju da Chica

A Biju da Chica foi a primeira franquia a lançar a proposta de vender bijuterias a um preço único e acessível. Tendo produtos de qualidade, com diversidade, alcançou uma forte clientela e mais de 100 lojas, presente em 18 Estados.

A rede traz ao franqueado um negócio de baixo investimento, com alta lucratividade, em pouco tempo, sendo o tamanho ideal para a franquia de 25 a 40m2, podendo também adaptar a outras medidas.

Investimento inicial: R$ 50.000

Faturamento: R$ 12.000 a R$ 25.000

Retorno: 12 a 24 meses

 

Franquia de Bijuterias: Bijulovers

Há mais de 25 anos no mercado de bijuterias, acessórios e cosméticos, a Bijulovers oferece variedade e qualidade a seus clientes.

Além do suporte operacional e gerencial, o franqueado pode contar com um equipe de design profissional, que acompanha as tendências da moda e um atendimento personalizado, com treinamentos, marketing e assessoria.

Investimento total: R$ 280.000

 

Encontre a melhor franquia para você: Franquias de Calçados e Acessórios

 

Fonte: Assessoria - www.suafranquia.com

Encontre a melhor franquia para você