Franquia de Cafeteria: conheça como entrar para um setor que cresce no Brasil

Tomar aquele cafezinho, para muitos, sempre foi o momento de tranquilidade, uma forma de recarregar as energias para começar, ou até mesmo para terminar, os afazeres do dia.

O Brasil é o 2° maior consumidor de café do mundo, com 1,7 milhão de toneladas ainda em 2017, segunda dados da Associação Brasileira de Indústria do Café (Abic) e existe uma perspectiva que esse consumo continue a crescer até 2021, com uma projeção de 3,6%.

Seguida a paixão pela bebida que já foi considerada o ouro preto nacional, está a tendência também crescente do brasileiro em se alimentar fora de casa. Dados do IBGE apontam um gasto de cerca de 25% da renda com alimentação fora do ar. Com o cotidiano cada vez mais atarefado e a necessidade de associar refeição a momentos de satisfação pessoal, momentos especiais e tomada de decisões, fez com que, cada vez mais, se procurassem lugares atrativos para isso.

 

As cafeterias existem desde o século XV

A ideia de se reunir em lugares específicos para tomar café, conversar e ouvir música surgiu no final do século XV, início do século XVI, em Meca, quando os religiosos mulçumanos se encontravam nas Kaveh Kanes com esse objetivo. Com o passar dos anos, muitos comerciantes resolviam negócios importantes acompanhados à bebida.

Viajantes europeus em visita ao oriente, levaram o café para o ocidente e logo agradou a muitos, incluindo o rei Luiz XIV. Em 1686, a primeira cafeteria, Lê Procope, abriria em Paris. As cafeterias se tornaram lugares influentes, frequentados por artistas, intelectuais, mercadores, banqueiros e eram onde se discutiam política e o desenvolvimento da sociedade.

 

Mercado das cafeterias cresce no Brasil

Para os coffee lovers de plantão e quem pensa em investir nesse segmento é animador saber que o mercado das cafeterias no Brasil mostra crescimento mesmo com a crise econômica. A ABIC mostrou que entre 2014 e 2019, o mercado deve crescer 7,7% e gerar uma receita de R$ 20 bilhões.

Muitas empresas tem ampliado e diversificado o negócio através de cafés premium e gourmet, a principal demanda, e o uso de cápsulas, que tem agradado bastante os consumidores. Como diferencial, incluíram

Se você está pensando em empreender nesse mercado de cafeterias, conheça as franquias no mercado de cafeterias

 

Franquia de Cafeteria: A Mineira Cafeteria

A Cafeteria Mineira é a primeiro sistema de franquias, que permite ao franqueado montar a cafeteria se adaptando ao investimento próprio, tendo a liberdade para comercializar os produtos direto da fábrica para seu estabelecimento.

A Pérola Mineira existe desde 2006, com sede na cidade de Sumaré, São Paulo, que distribui seus produtos em mais de 6 Estados brasileiros. Em 2011, veio a ideia de cafeteria outlet, a primeira do país, oferecendo aos clientes loja de fábrica e café, e em 2016, a empresa decidiu expandir esse serviço por meio de franquias.

O franqueado, após análise, passa por todo um processo de conhecimento, com treinamento prático direto na unidade piloto, vendo como é feita a produção, assim como entende o conceito e aprende através de degustação, atendimento e desenvolvimento.

A empresa oferece baixo valor de investimento e produtos de fabricação próprio a preços competitivos no mercado. Os projetos arquitetônicos são personalizados, contando com marcenarias homologadas prontas para montar a loja ou o quiosque conforme o espaço.

Investimento total: de R$ 88.242 a R$ 116.495

Faturamento médio mensal: R$ 50.000

Retorno: de 18 a 36 meses

SAIBA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE A FRANQUIA A MINEIRA CAFETERIA

 

Franquia de Cafeteria: Empório Mineiro Cheirin Bão

A Cheirin Bão é uma franquia integrada a Holding Universal Franchising, que preza por garantir ao franqueado todos os recursos necessários para se ter bons resultados.

Desde quando começou o processo de expansão em 2016, a empresa já conseguiu se estabelecer em 22 Estados das 5 regiões brasileiras, com 62 unidades em funcionamento e mais 42 em implantação e duas em Porto e Lisboa, em Portugal.

Os mais de 150 produtos são tipicamente mineiros, com cafés de sacas premiadas e cultivo artesanais, estando entre os melhores do mundo e os famosos pães de queijo, doces de leite com suas deliciosas variações, pimentas, entre outros.

Com baixo investimento, baixo custo operacional e retorno rápido em um negócio altamente lucrativo, o franqueado irá fazer parte de um mercado em constante crescimento e não vai estar sozinho, pois a franquia oferece todo o suporte

Investimento total: R$ 70.000

Faturamento médio mensal: R$ 42.612

Retorno: de 3 a 11 meses

 

Franquia de Cafeteria: Fran’s Café

Tradicional cafeteria bastante conhecida em São Paulo, a Fran’s Café existe desde 1972, ano em que Francisco Conte pensou em uma cafeteria onde as mulheres pudessem tomar café, o que era errado e proibido.

Em um ambiente elegante e descontraído e com a novidade de um serviço 24 horas, o sucesso não demoraria e a segunda loja era inaugurada. Em 1988, a marca abriria mais uma unidade no cobiçado Edifício Itália.

Já em 1992, percebendo uma grande aceitação do público, a marca decidiu entrar no sistema de franchising, se tornando uma das melhores empresa do setor, sendo uma rede de mais de 120 lojas.

São dois modelos de negócio: a loja, com área mínima de 60m2, pronta para oferecer também wi-fi e espaço de leitura; o formato station, com 11m2 de área mínima e tem o objetivo de ser um espaço com rápido atendimento.

A taxa inicial de franquia é de R$ 59.200 e o valor de investimento é uma estimativa, pois os valores podem mudar de acordo com a unidade.

O franqueado não precisa ter experiência, mas deve ser maior de 18 anos, ter curso superior e conhecimentos básicos em administração de empresas, além de disponibilidade de tempo, entre outras características.

Investimento total: de R$ 150.000 a R$ 280.000

 

Franquia de Cafeteria: Grão Espresso

De carrinhos autossuficientes a uma rede de 240 lojas presentes em 23 estados do Brasil, atendendo mais de 15 milhões de clientes todos os anos.

Esse é o resumo da Grão Espresso Cafeteria, que iniciou o negócio de franquias em 1995 e, em 2014, recebeu o Selo de Excelência da ABF.

O café espresso, e a empresa faz questão que a palavra seja escrita com “s”, o que significa que é extraído da máquina, sob pressão, tem textura e sabor únicos. Além disso, existe uma variedade de acompanhamentos, cappuccinos, as versões geladas e salgados, sanduíches e sobremesas.

O investimento inicial é de R$ 155.000, podendo ser variável conforme a localização. Os quiosques devem ter espaço de 12m2 a 15m2 e as lojas, de 20m2 a 35m2. Deve ser escolhido um local de grande concentração ou fluxo de pessoas, de fácil acesso e preferencialmente de esquina. As sugestões são shopping centers, hipermercados, galerias, pontos de rua, home centers.

Investimento total: de R$ 155.000 a R$ 215.000

Faturamento médio mensal: R$ 45.000

Retorno estimado: de 24 a 36 meses

 

Franquia de Cafeteria: Café do Ponto

Há mais de 60 anos produzindo cafés aromatizados e descafeinados, a Café do Ponto se orgulha em entender da arte de fazer cafés com sabores intensos.

São mais de 70 unidades espalhadas em 10 Estados brasileiros e o projeto é continuar se expandindo em todo o território nacional pelo modelo de franquias.

A marca oferece produtos como: suave e equilibrado, forte e encorpado, redondo e marcante, aromático e refinado, encorpado e harmônico, intenso e saboroso, aveludado e aromático, com grãos de safra especial e a união de amêndoas torradas e chocolate trufado em dois sabores exclusivos.

Investimento total: de R$ 235.000 a R$ 545.000

Faturamento médio mensal: R$ 60.000

Retorno: de 36 a 48 meses

 

Franquia de Cafeteria: Mr. Black Café

Seguindo o conceito de café gourmet, a Mr. Black Café surgiu em 2006, em Belo Horizonte, Minas Gerais, oferecendo produtos de qualidade a preços justos, com atendimento diferenciado.

Após 6 anos de sucesso na capital mineira, a marca iniciou o modelo de franquias, e já conta com unidades também em Pernambuco, Goiás e Espírito Santo.

Todos os produtos comercializado pela Mr. Black Café são produzidos pela Mr. Black Food Services, empresa de fornecimentos de alimentos, que fornece para hotéis e restaurantes.

A empresa trabalha com dois modelos de franquia: loja e quiosque, com taxa de franquia de R$ 40.000.

A loja em shopping ou rua tem um espaço entre 20m2 e 100m2. O quiosque dever ter uma área entre 15m2 e 60m2.

Investimento total: de R$ 180.000 a R$ 275.000

 

Franquia de Cafeteria: Sofá Café

A vontade de tomar um café especial em um ambiente que lembrasse o sofá de casa. Assim nasceu, em 2011, o Sofá Café, ideia de um engenheiro florestal que mudou de profissão e estudou a fundo tudo sobre o preparo de bebidas de café e se formou barista.

Já recebeu  vários prêmios, entre eles, foi eleita uma das melhores cafeterias de São Paulo, pela Revista da Folha – Melhores de SP e o melhor ambiente de Cafeteria de São Paulo e uma das melhores da cidade pela Revista Época.

Para ser dono de um sofá só seu, é preciso gostar de trabalhar com o público e servir bem, sabendo da responsabilidade de oferecer ao consumidor um café de altíssima qualidade.

O franqueado recebe manuais, fichas técnicas e procedimentos operacionais visando o funcionamento adequado da loja, que deve ter uma área mínima de 60m2.

Investimento inicial: a partir de R$ 280.000

Retorno: de 2 a 3 anos (conforme fluxo de vendas)

 

Franquia de Cafeteria: Sterna Café

 

Os fundadores da Sterna Café viajaram o mundo para buscar referências para criar um ambiente agradável e proporcionar uma boa experiência aos seus clientes no consumo do café.

Em dois anos, a empresa já tinha 15 lojas, um faturamento de R$ 4 milhões, com um crescimento de 16%

Além de um café espresso feito de torra média e textura aveludada, e a combinação de espresso com sorvete, o affogato, a loja também oferece refeições, sucos e sobremesas, associando o ramo de alimentação ao segmento de café gourmet.

São 4 modelos de franquia:

- loja, 40m2

- quiosque, 20m2

- To Go, 40m2. Um modelo de loja para locais de alta rotatividade de pessoas.

- Bistrô, 100m2

Investimento total: de R$ 169.000 a R$ 822.500

Retorno: de 24 a 36 meses

 

Franquia de Cafeteria: Café Donuts

Há mais de 15 anos no mercado, o Café Donuts conta com mais de 75 lojas, oferecendo café, donuts, salgados, bebidas quentes e frias, sobremesas, sopas, massas, saladas e os donutwiches. O produto mais conhecido são os donuts, pequenos bolos em formato de rosquinha com recheios e coberturas diversas.

As lojas têm visual prático e moderno, com operação simples e o mínimo de manipulação. Um ótimo investimento com grande rentabilidade.

São dois modelos de franquia: o quiosque, com espaço de 12m2 e as lojas, com espaço de 30m2.

O franqueado tem todo o suporte de um departamento de marketing, treinamento inicial e consultoria, com canal exclusivo com a franqueadora.

Investimento total: de R$ 149.000 a R$ 179.000

 

Franquia de Cafeteria: California Coffee

Por que o maior exportador de café do mundo não pode saborear o melhor café? Essa foi a pergunta que levou à criação da California Coffee, em 1999.

A intenção é servir aos clientes o café mais fino e da mais alta qualidade, indo mais além dos expressos e cappuccinos. Os diferencias estão nas versões ice blends, com sabores marcantes e os non coffee frozen, como o Very Berry, com suco de morango e cobertura de amora e framboesa.

Para saber mais informações de como se tornar um franqueado da marca, é preciso preencher o formulário de pré-qualificação e aguardar análise dos dados e o contato.

Investimento total: a partir de R$ 150.000

Retorno: de 30 a 60 meses.

 

Franquia de Cafeteria : Café Moinho

A experiência no ramo de cafeterias levou dois sócios a abrirem a própria marca, a Café Moinho, em 2006. Em 3 anos, com a grande aceitação do público, deu início ao processo de expansão por franquia, chegando a mais de 15 lojas na Grande São Paulo e mais 4 no interior.

A empresa trabalha com um café fino, torrado no ponto, forte e encorpado. Os clientes podem consumir os tradicionais expressos e também cappuccinos, chocolates, cafés gelados, bebidas, salgados e sobremesas

Investimento total: R$ 207.000

 

Franquia de Cafeteria: Amor & Chocolate

A Amor & Chocolate mostra a seus clientes, desde 2007, o conceito de chocolates finos e presentes especiais, com a melhor qualidade, comparados aos melhores do mundo.

Associado a ideia de trazer ao cliente um ambiente agradável, oferece também a opção de cafés expressos, especiais, cappuccinos, chocolates quentes, bebidas geladas, salgados e sobremesas.

A empresa trabalha com o franqueado em um sistema de parceria, dando atendimento diferenciado, em constante orientação. As campanhas não geram custo ao franqueado.

O designer permite aproveitar melhor o espaço disponível em sua área de atuação.

Investimento total: a partir de R$ 120.000

Retorno: de 24 a 36 meses

 

Franquia de Cafeteria: Café Cultura Brasil

O encontro de dois netos de italianos nos Estados Unidos juntaram a formação em Administração de empresas e a experiência na área de marketing dela e a vivência dele no meio gastronômico e o trabalho em cafeterias resultaram na rede de cafeterias Café Cultura, em 2004.

Em 2014, iniciaram o processo de expansão em franquia e, em menos de 3 anos, já 7 lojas franqueadas. Em 2018, inauguraram a loja conceito, com 700m2.

Recebeu o prêmio Melhor Café pela Revista Veja de Santa Catarina e prata na categoria Brand Design do Prêmio ABF+RDI.

Além de grãos selecionados garantindo um café de qualidade, a marca oferece cafésainda tem chás especiais, acessórios para a casa, cafés sazonais e os blends, feitos com grãos 100% arábica.

São 3 modelos de negócios: carrinhos, ilhas em shoppings e lojas de rua, todos adaptáveis a diferentes formatos. O franqueado recebe total apoio desde a escolha do ponto comercial, até treinamento, orientação para a contratação de equipe e consultoria de campo.

 

Encontre a melhor franquia para você: Franquias de Alimentação

Fonte: Assessoria -www.suafranquia.com

Encontre a melhor franquia para você