A trajetória de Alexandre Costa, fundador da Cacau Show

O espírito empreendedor de Alexandre Tadeu da Costa tornou a marca referência no mercado nacional

A trajetória de Alexandre Costa, fundador da Cacau Show: O espírito empreendedor de Alexandre Tadeu da Costa tornou a marca referência no mercado nacional


A Cacau Show surgiu na Páscoa de 1988, quando Alexandre Tadeu da Costa, aos 17 anos, resolveu revender chocolates e logo conseguiu uma encomenda de 2 mil ovos de 50 gramas. Quando o jovem empreendedor chegou com o pedido na fábrica, para a sua surpresa, foi informado que não havia possibilidade de produzir os produtos com esse peso. Para honrar o compromisso assumido, Costa resolveu produzi-los por conta própria. Comprou a matéria-prima e contratou uma senhora que fazia chocolate caseiro para ajudá-lo com o desafio. Assim, após três dias e com jornadas de trabalho de 18 horas, o pedido foi entregue conforme prometido.

O lucro dessa primeira encomenda, aproximadamente US$ 500, foi o capital inicial para que o empresário criasse a Cacau Show. Na época, o empreendimento se estabeleceu em uma sala na empresa dos pais do fundador, no bairro da Casa Verde, zona norte de São Paulo. Logo depois, Alexandre Costa obteve capital suficiente para passar a pagar um aluguel pelo espaço. O empresário se orgulha em dizer que, durante toda a história da empresa, em nenhum momento contou com capital externo ou empréstimos bancários.

A primeira loja da Cacau Show nasceu no final de 2001, e o negócio cresceu rapidamente. No ano seguinte, eram 18 pontos de venda padronizados com a marca da empresa. Logo depois, já eram 46 e, na sequência, 130. Mais um ano e totalizavam 230, o que já fazia da Cacau Show a maior rede de chocolates finos do Brasil em número de lojas. Em 2005, Costa foi condecorado com o prêmio Melhor Franquia do Ano, promovido pela Editora Globo em parceria com a Fundação Getúlio Vargas. Em 2008, a Cacau Show ultrapassou a norte-americana Rocky Mountain e se tornou a maior rede de lojas de chocolates finos do mundo. O império estava formado, mas os planos de Costa continuavam: sua meta era chegar ao final de 2010 com mil lojas no Brasil. E conseguiu.

Além do reconhecimento como empresário de sucesso, Costa é membro da Academia Brasileira de Marketing. Com muitas histórias para contar, representa uma equipe de mais de 7 mil pessoas Brasil afora, incluindo os colaboradores da fábrica, área administrativa, fraqueados, vendedores das lojas, além de todos os envolvidos na cadeia produtiva da Cacau Show, onde os chocolates são feios com tanta paixão.

Hoje, a empresa conta com 2 mil franquias em todo o País. A fábrica, instalada em 2006 em Itapevi, interior de São Paulo, possui 70 mil m², sendo 55 mil m² de área construída e produz uma diversidade de tipos de produtos, o que varia de acordo com a campanha. Com cinco fábricas – duas em Itapevi (SP), Campos do Jordão (SP), São Paulo (SP) e Curitiba (PR) – e uma produção de mais de 12 mil toneladas de chocolate ao ano, a Cacau Show está em constante inovação e é uma especialista em trufas.

Um dos destaques é a caixa Intensidade, que contém minitabletes de diferentes graduações de cacau para uma experiência única na degustação do chocolate. Além dessa, vale ressaltar a renomada linha Mais Leite, que trouxe em seu diferencial a adição de leite na formulação, que proporciona a sensação de derretimento do chocolate a cada mordida, e o carro chefe da marca, as tradicionais trufas, com mais de 25 sabores. Há ainda outras linhas de produtos, como chocolates finos artesanais, caixas especiais e gourmet, fondue, café, chás e cookies, que garantem o sucesso da empresa.

As datas importantes no calendário comercial, como a Páscoa e o Natal, representam os períodos de maior atividade e venda para a marca. A especialidade em trufas também tornou a Cacau Show referência quando o assunto é ovo de Páscoa.

Empreendedor do Ano

Alexandre Costa foi eleito o Empreendedor do Ano 2011 pela Ernst & Young Terco, e foi o único brasileiro a representar o País no circuito mundial da premiação, realizada em Monte Carlo, no Principado de Mônaco. Na ocasião, o empresário foi um dos cinco finalistas entre mais de 50 concorrentes de todo o mundo.

O espírito empreendedor de Alexandre Tadeu da Costa tornou a marca referência no mercado nacional. Para o francês Fabrice Lenud, um dos mais consagrados pâtissiers do Brasil, Costa é o “Bill Gates do chocolate”. Mas, para o empresário, tudo isso tem um significado ainda maior: cada trufa, tablete ou bombom é uma forma de despertar um sorriso. Por isso, a Cacau Show se esforça ao máximo para oferecer uma variedade de produtos e sabores para todos os gostos e momentos.

Prêmio Internacional

Em outubro de 2013 a Cacau Show ganha um prêmio internacional. Alexandre Costa, presidente da marca, esteve no World Retail Awards (WRA), uma das mais importantes premiações do universo varejista, no Salle Wagram, em Paris. A empresa foi a vencedora na categoria Varejista do Ano de Mercados Emergentes.

A Cacau Show concorreu com outras cinco empresas de diferentes países: a brasileira Marisa; The MAP Group, da Indonésia; Max, dos Emirados Árabes Unidos; Mr Price Group, da África do Sul; e Sefam, do Paquistão.

A categoria é composta por empresas originadas nos mercados emergentes que se destacam mundialmente pela originalidade, inovação e trajetória de sucesso empresarial. Empresas brasileiras, como o Grupo Pão de Açúcar, já foram premiadas nessa categoria.

A premiação é promovida anualmente durante o World Retail Congress (WRC), congresso com a participação de cerca de 1.500 grandes executivos de 45 países, que acompanham uma programação com mais de 150 palestrantes entre os principais nomes do varejo mundial.

Instituto Cacau Show

Fundado em 24 de dezembro de 2009, em Itapevi (SP), o Instituto Cacau Show tem o objetivo de promover serviços, programas, projetos de proteção básica e direitos sócios assistenciais por meio de atividades educacionais, culturais, ambientais, esportivas, jurídicas e profissionalizantes, atingindo todas as faixas etárias. Com isso, o Instituto vem possibilitando uma melhor perspectiva de futuro à comunidade menos favorecida de Itapevi e região.

Para aumentar o limite de atendimento, o Instituto Cacau Show realizou uma parceria com o Núcleo Betânia. Para tanto, reformou todo espaço e hoje atende cerca de 500 pessoas, sendo 455 crianças e adolescentes, com aulas de esporte, informática e reforço escolar; e quase 50 ‘jovens idosos’, com arte terapia, alongamento e música.

Já as instituições de Itapevi, cadastradas no Instituto, receberam a doação de 52 toneladas de chocolates, atingido uma média de 36.650 pessoas por mês, somente em 2011. Outra ação que rendeu bons frutos foi a Campanha do Agasalho do Instituto Cacau Show, que arrecadou 600 cobertores, entregues no período de inverno à comunidade menos favorecida da região.

O Instituto conta com verba advinda de palestras do presidente da Cacau Show, Alexandre Costa, pelo Brasil, além do dinheiro arrecadado com a venda do seu último livro “Uma trufa e...1000 lojas depois!”, lançado no final de 2010. Para esse ano, o objetivo é iniciar novos projetos, os quais o Instituto conta com a participação de voluntários para florescer ainda mais essa semente do bem.

Fazendas Cacau Show

Em setembro de 2011, Alexandre Costa adquiriu três fazendas de cacau em Linhares (ES). Chamadas São José, Ceará e Dedo de Deus, as novas aquisições têm como objetivo suprir primeiro a qualidade e a quantidade de produtos da marca. Com isso, Costa expande sua atuação, para se tornar um “empreendedor do campo” e conduzir a elaboração do chocolate desde o plantio até o consumidor final. Esse mercado ainda está em formação, e o objetivo é que, novamente, a Cacau Show seja uma das responsáveis por incentivar a cultura de consumir chocolates de qualidade e ensinar aos atuais e novos consumidores a arte de apurar o paladar.

Criação da holding Cacau Par

A partir de setembro de 2013, a marca passou a fazer parte da Cacau Par, holding criada por Alexandre Costa, presidente da Cacau Show, e que também possui o controle de 50,1% da rede Brigaderia. Atualmente, conta com mais de 1.770 franquias nos principais shoppings, avenidas e ruas comerciais de todo o Brasil. A holding Cacau Par recebeu investimentos de US$ 50 milhões e está apoiada em três pilares de atuação: comprar empresas de pequeno porte, com grande potencial de crescimento, e ajudá-las a crescer de forma sustentável; trazer negócios do exterior para o Brasil; e, por fim, a criação de novas empresas.

 

SAIBA MAIS: FRANQUIA CACAU SHOW

VEJA OUTRAS OPORTUNIDADES: FRANQUIAS DE ALIMENTAÇÃO

Encontre a melhor franquia para você